NFL

Irsay projeta renovação de contrato de Andrew Luck para antes do training camp

(Crédito: Indianapolis Colts/divulgação)

(Crédito: Indianapolis Colts/divulgação)

O Indianapolis Colts vê em Andrew Luck o quarterback do futuro da organização e isso é claro. Além de qualidade dentro de campo, o jogador acrescenta cultura aos companheiros e é um atleta exemplar. E, de acordo com Jim Irsay, o torcedor pode ficar tranquilo com a renovação de contrato do signal caller.

Neste sábado (30), o proprietário da franquia de Indiana afirmou que as negociações contratuais com o camisa 12 se tornaram mais sérias e ele projetou uma extensão do vínculo do QB para antes do início do training camp, em julho.

“As conversas estão progredindo bem. Fizemos progresso. Eu mencionei o Quatro de Julho (feriado) anteriormente. Eu não acho que essa marca é algo que precise ser visto como um indicador. Nós devemos ser capazes de chegar a um acordo. Até você conseguir, ainda temos coisas para fazer. Não há dúvidas em relação a isso. É um contrato complicado. É um que tem que funcionar para as duas partes, de forma a assegurar que seremos capazes de construir um grande time de futebol americano”, falou Irsay aos jornalistas, durante o último dia de draft da NFL.

Durante o encontro de proprietário da National Football League, realizado em março, Jim Irsay afirmou que esperava um contrato de “nove dígitos” sendo fechado com Luck perto do feriado de Independência dos Estados Unidos. E, mesmo que a data não seja essa, é improvável que o quarterback entre no training camp sem um novo acordo.

No ano passado, os Colts chegaram a novos contratos com o wide receiver T.Y. Hilton e o offensive tackle Anthony Castonzo antes do começo da temporada regular.

“Eu acho que me lembro de selar o último contrato (de Peyton Manning) no training camp. Obviamente, antes de chegarmos ao training (camp), gostaríamos de tê-lo. Há vezes em que você entra no camp, você está na pré-temporada e ainda consegue fechar algo”, frisou.

Caso as duas partes não cheguem a um acordo, Andrew Luck vai atuar em 2016 sob o último ano de seu contrato de calouro.

Selecionado com a primeira escolha geral do draft de 2012 pelos Colts, Luck completou 58,1% de seus passes para 14.838 jardas e 101 touchdowns, tendo sofrido 55 interceptações, em 55 jogos disputados como profissional. Na temporada 2015, o QB sofreu com lesões e, em apenas sete jogos nos quais esteve em campo, ele lançou para 1.881 jardas e 15 TDs, piores marcas de sua carreira na NFL, tendo sido interceptado em 12 oportunidades.

Comments
To Top