NFL

Irritado com perguntas sobre Garoppolo, Belichick afirma: “sou técnico, não médico”

Bill Belichick, técnico do New England Patriots

(Crédito: Twitter/reprodução)

O quarterback Jimmy Garoppolo, do New England Patriots, treinou de maneira limitada nesta terça-feira (20), depois de lesionar o ombro direito no último domingo, e a notícia pode indicar que o camisa 10 tem chances de estar no elenco ativo para a partida desta quinta-feira (22) à noite, contra o Houston Texans.

Garoppolo não foi visto em campo na parte do treino aberto à imprensa, então o quarterback só treinou depois que os jornalistas foram embora. E a franquia de Foxborough não parece estar disposta a dar muitos detalhes sobre a condição física do signal caller. Muito menos o técnico Bill Belichick.

O head coach dos Pats concedeu entrevista coletiva e não falou muito sobre o quarterback. Ao ser questionado várias vezes sobre o reserva de Tom Brady, o treinador se mostrou irritado e se esquivou de várias perguntas.

“Eu sou um técnico de futebol americano, não sou médico. A equipe médica é a equipe médica. Eu treino o time, a equipe médica lida com as lesões. Eles não chamam jogadas. Eu não faço cirurgias. Nós temos um excelente acordo. Ele funciona bem”, respondeu o comandante, sempre ‘ranzinza’.

Visivelmente incomodado com os questionamentos sobre Jimmy Garoppolo, Belichick chegou a perder a paciência com um jornalista.

“A situação pessoal de um jogador, a sua saúde, sempre vem em primeiro lugar. Essa não é uma decisão de futebol americano. Essa é uma decisão médica. Decisões de futebol são baseadas no que é melhor para o time. Isso é o que sempre fizemos aqui, e é isso que sempre vamos fazer enquanto eu estiver aqui. Isso nunca vai mudar. Vamos sempre fazer o que é melhor para a equipe. Isso é o que conduz tudo”, observou.

De maneira geral, o head coach do New England Patriots não descartou a chance de o quarterback ser decidido pouco antes do jogo contra os Texans.

Ed Werder, jornalista da ‘ESPN’ norte-americana, noticiou que os Patriots ainda acreditam que há a possibilidade de Jimmy Garoppolo conseguir tolerar a dor de sua junta acromioclavicular lesionada.

Os quarterbacks free agents T.J. Yates e Sean Renfree foram trazidos pela franquia para fazerem testes, segundo Adam Schefter, também da ‘ESPN’, mas a equipe não contratou nenhum deles, o que também pode indicar que as chances de Garoppolo estar ativo na quinta são consideráveis.

Foi o segundo teste realizado por Renfree nos Patriots neste último mês. Já Yates está tentando retornar ao futebol americano, depois que seu agente Brian Ayrault anunciou no dia 30 de agosto que ele estava liberado para voltar às atividades.

Yates rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho em dezembro do ano passado, quando o Houston Texans, ex-time do quarterback, enfrentava o Indianapolis Colts, na semana 15 da temporada 2015.

Comments
To Top