NFL

Panini revela que alguns autógrafos de Prescott “podem não ser autênticos”

Dak Prescott, quarterback do Dallas Cowboys

(Crédito: Instagram/reprodução)

A Panini, empresa acusada de distribuir cartões autografados por Dak Prescott que foram, supostamente, assinados por uma máquina, afirmou nesta sexta-feira (7) que conduziu uma investigação e descobriu que algumas das assinaturas “podem não ser autênticas”.

Em comunicado oficial, a Panini America falou que os representantes do quarterback do Dallas Cowboys “não têm conhecimento” sobre como os cartões em questão foram enviados de volta à Panini. A empresa, normalmente, inclui uma declaração juramentada em todos os produtos destinados a serem autografados e o documento certifica que o item em questão foi assinado pelo atleta manualmente.

Uma mensagem enviada pela ‘ESPN’ norte-americana aos representantes de Prescott não foi imediatamente respondida.

A empresa disse que está recebendo de volta 167 cartões enviados a seus clientes e garantiu que eles serão substituídos por outros com autógrafos autênticos de Dak Prescott. Ainda segundo a Panini, os cartões novos terão um holograma especial de Prescott.

Oficiais da Panini disseram que a empresa acertou um novo contrato com Prescott na última quinta-feira (6), um dia depois de a ‘ESPN’ noticiar que a empresa Beckett Grading Services, que avalia itens colecionáveis, se recusou a autenticar a assinatura de Prescott em um conjunto Prizm 2016 da Panini.

Steve Grad, principal autenticador da Beckett, afirmou que a empresa examinou cinco cartões autografados de colecionadores que receberam resgates de assinaturas. E Grad logo notou que eles tinham sido assinados com autopen, uma máquina que imita assinaturas.

Comments
NFL, NBA e MLB. Notícias, relatos e colunas. E uma pitada de humor de tiozão. Contato: [email protected]
Copyright © 2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18


Jogue com responsabilidade


To Top