NFL

Indianapolis Colts demite treinador de linha ofensiva Dave DeGuglielmo

Dave DeGuglielmo, treinador de linha ofensiva

(Crédito: Twitter/reprodução)

Mesmo depois de uma temporada surpreendente em termos positivos, o Indianapolis Colts está mexendo em sua comissão técnica. A franquia anunciou nesta terça-feira (15) que Dave DeGuglielmo, treinador de linha ofensiva, foi demitido do cargo.

Além disso, a equipe de Indiana anunciou que o treinador assistente de linha ofensiva Bobby Johnson está mudando de ares para assumir a função de treinador de linha ofensiva do Buffalo Bills.

A decisão é surpreendente se considerarmos a evolução demonstrada pela linha ofensiva dos Colts no primeiro ano sob o comando da nova comissão técnica. Contudo, é preciso contextualizar as mudanças.

DeGuglielmo foi o único treinador ofensivo contratado antes de Josh McDaniels recusar o emprego de head coach dos Colts, depois de estar apalavrado com a organização. E, agora, o técnico principal Frank Reich deseja trazer um cara dos seus, segundo o jornalista Mike Garafolo, da ‘NFL Network’.

O jornalista Tom Pelissero, também da ‘NFL Network’, acrescentou que já haviam rumores de uma possível mudança ao longo do último mês, já que Reich e DeGuglielmo não estavam em sintonia apesar do sucesso.

O Indianapolis Colts ficou ranqueado em segundo na NFL em bloqueio em jogadas de passe e em quarto em bloqueios de jogadas de corrida, segundo as métricas do Football Outsiders.

DeGuglielmo passou apenas uma temporada nos Colts, depois de exercer a função de treinador de linha ofensiva do Miami Dolphins em 2017. Atualmente com 50 anos de idade, ele tem 13 anos de experiência como assistente na NFL, incluindo dois títulos de Super Bowl neste período (New York Giants no Super Bowl XLII e New England Patriots no Super Bowl XLIX).

Considerando sua experiência e a procura por estabilidade nas linhas ofensivas ao redor da NFL, DeGuglielmo não deve ter problemas para arranjar um emprego em breve. Garafolo acrescentou que Reich está indicando o assistente para outros técnicos.

A vaga em aberto nos Colts deve ser cobiçada, já que o time possui uma linha ofensiva talentosa liderada por jovens como o guard calouro Quenton Nelson, selecionado para o time All-Pro, o right tackle calouro Braden Smith e o center Ryan Kelly, ex-escolha de primeira rodada de draft.

Bobby Johnson anteriormente foi treinador assistente de linha ofensiva do Buffalo Bills em 2010 e 2011, treinador de tight ends do Jacksonville Jaguars, em 2012, treinador de tight ends e treinador assistente de linha ofensiva do Detroit Lions, em 2013 e 2014, e então treinador de tight ends do Oakland Raiders entre 2015 e 2017 antes de chegar aos Colts.

Comments
To Top