NFL

Houston Texans fecha contrato de um ano com o safety Tyrann Mathieu

Tyrann Mathieu, safety da NFL

(Crédito: Twitter/reprodução)

O Houston Texans chegou a um acordo com o safety Tyrann Mathieu e o jogador está assinando um contrato de um ano de duração, com valor de US$ 7 milhões.

Os detalhes contratuais do acordo, selado no final da noite desta sexta-feira (16), foram noticiados por Adam Schefter, da ‘ESPN’ norte-americana, e Tom Pelissero, da ‘NFL Network’.

Mathieu foi dispensado pelo Arizona Cardinals na última quarta (14), depois de se recusar a aceitar um corte salarial. Ele foi cortado horas antes de US$ 5,75 milhões de seu salário de 2018 e US$ 8 milhões de seu salário de 2019 se tornarem completamente garantidos.

O defensive end J.J. Watt, astro dos Texans, parece ter ficado bastante satisfeito com a chegada do ‘Honey Badger’ (texugo do mel), que é o apelido de Mathieu.

Brian Gaine, novo general manager dos Texans, tem feito um grande trabalho nestes primeiros dias de free agency, resolvendo problemas em um dos setores mais carentes da equipe, que é a secundária.

Além da contratação de Mathieu, o executivo renovou com o veterano defensive back Johnathan Joseph, trouxe o cornerback Aaron Colvin, ex-Jacksonville Jaguars, e o special teamer/defensive back Johnson Bademosi.

Em 66 partidas de temporadas regulares com a camisa dos Cardinals, Mathieu somou 11 interceptações (uma retornada para touchdown), 41 passes defendidos, quatro fumbles forçados e 308 tackles combinados, além de quatro sacks.

Na temporada 2017, em 16 jogos, ele fez duas interceptações e defendeu sete passes, além de ter feito 78 tackles no total, forçado um fumble e aplicado um sack.

Mathieu sofreu com problemas físicos em sua carreira até agora, mas quando esteve saudável, ele foi um dos melhores jogadores de secundária da NFL. Ele sempre foi um defensor versátil e que nunca teve receio de ir atrás da bola.

Atualmente com 25 anos, Mathieu terminou três de suas cinco temporadas na NFL na injured reserve, devido a suas lesões graves no joelho: uma ruptura do ligamento cruzado anterior e do ligamento colateral lateral em 2013, e uma ruptura do ligamento cruzado anterior em 2015.

Esta última contusão encerrou uma das melhores temporadas de sua carreira, quando seu nome estava na disputa pelo Jogador Defensivo do Ano da NFL. Em 2015, o safety dos Cardinals foi nomeado para o primeiro time All-Pro e para o Pro Bowl.

Já a temporada 2016 de Tyrann foi encerrada precocemente devido a uma lesão no ombro.

A temporada 2017 foi a primeira em que Mathieu atuou em todos os 16 jogos de seu time, mas seu desempenho não foi dos melhores, enquanto ele continuava se reabilitando mental e fisicamente dos últimos anos complicados em termos de problemas físicos.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top