NFL

Hunter Henry sofre fratura no joelho esquerdo; veja boletim de lesões da NFL

Hunter Henry, tight end do Los Angeles Chargers

O tight end Hunter Henry, do Los Angeles Chargers, sofreu uma fratura no platô tibial do joelho esquerdo durante o jogo do último domingo contra o Indianapolis Colts, como anunciou a franquia californiana nesta quarta-feira (11).

Os Chargers esperam que Henry fique afastado por um período entre quatro e seis semanas, como apurou o jornalista Adam Schefter, da ‘ESPN’ norte-americana. Apesar disso, nenhum cronograma oficial para o retorno do TE foi dado e o L.A. Chargers vai continuar a avaliar a contusão.

Segundo Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, os Chargers não vão colocar Henry na injured reserve.

“Ele encarou de forma complicada, mas está indo bem. Ele quer estar aqui com seus companheiros de equipe. Ele quer jogar. E, não estando lá fora com eles, ele sente que os está decepcionando. Mas ele não está. Você não pode controlar essas coisas. Você só pode controlar o que pode controlar. Ele estará de volta, contudo. Vai ficar bem”, declarou o técnico Anthony Lynn.

Henry sofreu a lesão quando um defensor dos Colts lhe atingiu nas pernas para derrubá-lo durante a segunda metade da vitória dos Chargers por 30 a 24. Henry acabou até retornando ao jogo, atuando em 55 dos 59 snaps ofensivos na semana 1.

Selecionado na segunda rodada do draft de 2016, Henry batalhou contra as lesões ao longo de sua carreira nos Chargers. Ele perdeu toda a temporada regular de 2018 com uma ruptura no ligamento cruzado anterior do joelho, atuando em apenas 14 snaps na rodada de divisão dos playoffs da AFC contra o New England Patriots.

Henry também sofreu uma laceração no rim que o forçou a perder os últimos dois jogos da temporada 2017. Já em sua temporada de calouro, o TE perdeu uma partida por causa de uma contusão no joelho.

Apesar dos problemas físicos, Henry lidera os Chargers com 12 recepções para touchdown desde o começo da temporada 2016.

O Los Angeles Chargers também está preocupado com o wide receiver Mike Williams, que está lidando com uma lesão no joelho sofrida na mesma partida contra os Colts. A equipe não sabe se poderá contar com o wideout para o duelo de domingo contra o Detroit Lions.

Os Chargers estão contratando o cornerback Dontae Johnson, segundo Mike Garafolo, da ‘NFL Network’.

Confira mais notícias de lesões ao redor da NFL nesta quarta (11):

– O Kansas City Chiefs descartou o wide receiver Tyreek Hill para o jogo de domingo contra o Oakland Raiders, mas a equipe espera que ele não demore tanto para se recuperar da lesão na clavícula. De acordo com Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, Hill não será colocado na injured reserve e deve ficar afastado por um período entre quatro e seis semanas.

“Eu sei que há muitas especulações sobre quanto tempo (Hill não vai jogar), mas realmente é uma lesão de semana a semana”, falou o preparador físico Rick Bukholder, dos Chiefs.

Hill lesionou a clavícula e o esterno durante a vitória sobre o Jacksonville Jaguars, mas Burkholder frisou que o procedimento para reduzir a articulação esternoclavicular foi bem-sucedido. “Não houve danos a seus órgãos vitais ou a seus vasos”, ressaltou.

Em outra notícia do departamento médico dos Chiefs, qualquer preocupação com a lesão no tornozelo do quarterback Patrick Mahomes deve ser esquecida. O técnico Andy Reid disse que o signal caller ia treinar normalmente nesta quarta, depois de sofrer uma entorse durante a vitória sobre o Jacksonville Jaguars.

“Neste momento, ele se sente muito bem”, disse Reid, segundo Nate Taylor, do ‘The Athletic’.

Além de Mahomes, o safety Tyrann Mathieu (ombro) e o defensive end Frank Clark (pescoço) também treinaram normalmente.

– O wide receiver Quincy Enunwa, do New York Jets, vai perder o restante da temporada 2019 devido a uma lesão não especificada no pescoço, sendo essa a segunda lesão significativa sofrida pelo WR no local nos últimos 25 meses.

O técnico Adam Gase, que confirmou a lesão nesta quarta, não comentou se ela ameaça a sequência da carreira profissional do recebedor. Ele disse também que ainda é muito cedo para dizer se Enunwa, que tem 27 anos de idade, precisará passar por cirurgia.

Enunwa deve passar por mais exames na segunda-feira, segundo uma fonte consultada por Rich Cimini, da ‘ESPN’, e eles vão determinar o curso da ação. Há dois anos, ele sofreu uma hérnia de disco durante um treino no training camp e perdeu toda a temporada 2017.

Em outras notícias de lesões dos Jets, Gase expressou otimismo de que o linebacker C.J. Mosley (virilha) e o defensive tackle Quinnen Williams (tornozelo) poderão atuar no Monday Night Football contra o Cleveland Browns. O quarterback Sam Darnold foi mandado de volta para a casa com dores de garganta, mas deve atuar também.

– No Cincinnati Bengals, o wide receiver A.J. Green não está utilizando mais a bota protetora e está avançando na recuperação de uma cirurgia no tornozelo pela qual passou na pré-temporada. Apesar disso, ainda não há prazo estabelecido para o retorno do astro.

Green disse que correu por cerca de 10 minutos na terça e fez trabalho de perna com o preparador físico Joey Boese, dos Bengals, nesta quarta. O WR observou que, ainda que seu alcance de movimentos ainda esteja limitado, ele se sente bem.

Também nos Bengals, o running back Joe Mixon (tornozelo) está sendo avaliado dia a dia e o técnico Zac Taylor vai dosar a carga de Mixon nos treinos para que ele tenha mais chances de jogar no domingo. Mixon se lesionou na estreia do time na temporada e uma ressonância magnética mostrou que não houve dano estrutural.

O offensive tackle Cordy Glenn segue no protocolo de concussão e os Bengals dispensaram o quarterback Jeff Driskel com um acordo de lesão.

– No Oakland Raiders, o safety calouro Jonathan Abram vai passar por cirurgia no ombro e deve perder o restante de sua primeira temporada na NFL, como afirmou o técnico Jon Gruden. O head coach ainda frisou que Abram será colocado na injured reserve.

Abram sofreu a lesão durante o primeiro quarto da vitória dos Raiders sobre o Denver Broncos, no Monday Night Football da semana 1.

O cornerback Gareon Conley (pescoço) treinou de forma limitada nesta quarta, mas esteve em campo apenas dois dias depois de sofrer uma lesão assustadora no Monday Night Football. O guard Gabe Jackson (joelho), o safety Johnathan Abram (ombro) e o wide receiver J.J. Nelson (tornozelo) não treinaram, enquanto que o defensive tackle Corey Liuget (joelho) treinou de forma limitada.

– Vindo do que ele chamou de seu “pior jogo de todos”, o wide receiver Donte Moncrief, do Pittsburgh Steelers, vai continuar a jogar com um dedo deslocado da mão que ele sofreu no training camp.

Em outras notícias dos Steelers, o quarterback Ben Roethlisberger não treinou nesta quarta por decisão dos treinadores. O center Maurkice Pouncey (tornozelo) e o cornerback Joe Haden (ombro) não treinaram, assim como o fullback Roosevelt Nix (joelho). O wide receiver JuJu Smith-Schuster (dedo do pé), o running back James Conner (doença) e o linebacker T.J. Watt (quadril) treinaram de forma limitada, assim como os safeties Sean Davis (tornozelo) e Terrell Edmunds (glúteo) e o offensive tackle Zach Banner (doença).

– No Denver Broncos, o right tackle Ja’Wuan James ficará fora por algum tempo, mas não por toda a temporada. Os jornalistas Ian Rapoport e Tom Pelissero, da ‘NFL Network’, noticiaram nesta quarta que James sofreu uma lesão no joelho que não vai encerrar sua temporada.

Ainda não se sabe quanto tempo o offensive tackle ficará afastado, mas já é uma boa notícia para Denver saber que seu right tackle não perderá o restante do campeonato.

– No Carolina Panthers, o edge rusher Bruce Irvin (músculo posterior da coxa) foi descartado para o Thursday Night Football contra o Tampa Bay Buccaneers. O tight end Greg Olsen (costas) treinou normalmente nesta quarta e foi oficialmente listado como questionável.

O tackle calouro Greg Little (concussão) treinou normalmente durante toda a semana, depois de estar no protocolo de concussão durante toda a semana 1. O safety Rashaan Gaulden (virilha) também foi listado como questionável depois de treinar de forma limitada na véspera do jogo.

– No Tampa Bay Buccaneers, o quarterback reserva Blaine Gabbert (ombro esquerdo) não treinou durante toda a semana e está fora do Thursday Night Football. Gabbert é o único jogador dos Bucs com designação de lesão nesta semana mais curta.

– No Chicago Bears, o tight end Trey Burton (virilha) está sendo avaliado dia a dia, segundo o técnico Matt Nagy, que frisou também que sua disponibilidade para o jogo contra o Denver Broncos será definida no dia da partida.

O time também anunciou que dispensou o defensive lineman Abdullah Anderson e trouxe o tight end J.P. Holtz.

– O Dallas Cowboys listou os seguintes jogadores no relatório de lesões desta quarta: o wide receiver Tavon Austin (concussão), o defensive end Tyrone Crawford (quadril), o linebacker Luke Gifford (tornozelo) e o guard Zack Martin (costas) – esses todos não treinaram – e os safeties Darian Thompson e Donovan Wilson – que estão com lesões no tornozelo e treinaram de forma limitada.

– No Washington Redskins, o tight end Jordan Reed (concussão) participou dos treinos da equipe na quarta-feira, revelou o técnico Jay Gruden. Reed sofreu uma concussão no penúltimo jogo da pré-temporada, que o manteve fora da semana 1. O safety Montae Nicholson (pé) perdeu o treino.

A equipe da capital posteriormente divulgou o relatório de lesões completo e listou os seguintes jogadores: o defensive lineman Jonathan Allen (joelho), o defensive tackle Caleb Brantley, o running back Derrius Guice (joelho) e o quarterback Colt McCoy (fíbula) também não treinaram. Os cornerbacks Quinton Dunbar (joelho) e Fabian Moreau (tornozelo) foram participantes limitados.

– No San Francisco 49ers, o edge rusher Nick Bosa (tornozelo) não treinou na quarta-feira devido às dores. Bosa jogou a maioria das jogadas defensivas no domingo passado e até fez um sack em sua estreia na NFL, mas saiu mancando de campo após a última jogada graças ao mesmo tornozelo que o manteve fora durante a maior parte da offseason. O safety Jimmie Ward (mão) treinou de forma limitada, enquanto os wide receiver Jalen Hurd (costas) e Trent Taylor (pé) não treinaram.

– No New York Giants, o wide receiver Sterling Shepard (concussão) não treinou nesta quarta, enquanto que o guard Kevin Zeitler (ombro), o defensive lineman Dexter Lawrence e o linebacker Markus Golden (ombro) treinaram de forma limitada.

Os Giants também anunciaram a recontratação do wide receiver TJ Jones. E, em uma decisão correspondente, o linebacker Kareem Martin foi colocado na injured reserve.

– No Indianapolis Colts, os defensive end Jabaal Sheard (joelho) e Kemoko Turay (pescoço) não treinaram.

– O Philadelphia Eagles dispensou o tight end Richard Rodgers, que estava na injured reserve, com um acordo de lesão.

O cornerback Craig James foi promovido para o elenco ativo. E o tight end Alex Ellis foi contratado para o elenco de treinamento (practice squad).

– O Houston Texans divulgou atualizações de vários jogadores lesionados: o quarterback Deshaun Watson (costas), o safety Justin Reid (ombro), o guard Tytus Howard (dedo) e o wide receiver Keke Coutee (tornozelo) estiveram entre os que treinaram normalmente nesta quarta. Coutee esteve afastado das atividades desde que machucou o tornozelo no primeiro jogo da pré-temporada. Já Watson saiu duas vezes de campo na noite da última segunda contra o New Orleans Saints após lesionar as costas durante um mergulho na end zone.

Os wide receivers DeAndre Hopkins (costelas) e Will Fuller (não relacionado à lesão) estiveram entre os participantes limitados.

– O Jacksonville Jaguars divulgou atualizações de vários jogadores lesionados: o defensive lineman Calais Campbell (pé), o defensive end Yannick Ngakoue (músculo posterior da coxa), o offensive lineman Cedric Ogbuehi (músculo posterior da coxa) e o tight end Josh Oliver (músculo posterior da coxa) não treinaram. O defensive tackle Marcell Dareus, o offensive lineman Cam Robinson e o linebacker Quincy Williams treinaram de forma limitada.

– No Los Angeles Rams, o safety Eric Weddle, que sofreu uma concussão e uma laceração na cabeça no último domingo, treinou nesta quarta e parece que estará “pronto” para o jogo contra o New Orleans Saints, segundo Steve Wyche, da ‘NFL Network’.

– No Minnesota Vikings, o cornerback Mackenzie Alexander (cotovelo) e o guard Pat Elflein (joelho) não treinaram na quarta-feira, enquanto que o linebacker Anthony Barr (joelho), o wide receiver Josh Doctson (músculo posterior da coxa)), o defensive back Mike Hughes (joelho), o tight end Tyler Conklin (costelas) e Mark Fields (virilha) treinaram de forma limitada.

– No Baltimore Ravens, os três principais cornerbacks não participaram do treino: Brandon Carr (não relacionado a lesão), Marlon Humphrey (costas) e Jimmy Smith (joelho). O running back Mark Ingram (ombro) e o wide receiver calouro Marquise Brown (quadril) treinaram de forma limitada.

– No Arizona Cardinals, o wide receiver Larry Fitzgerald e o tight end Charles Clay não treinaram por motivos não relacionados a lesões. O defensive lineman Jonathan Bullard (músculo posterior da coxa) também não treinou.

– No New Orleans Saints, o wide receiver Ted Ginn não treinou nesta quarta, enquanto permanece afastado devido a uma doença. O defensive tackle Mario Edwards (músculo posterior da coxa), o defensive tackle Sheldon Rankins (tendão de Aquiles), o linebacker Craig Robertson (músculo posterior da coxa) e o safety Marcus Williams (virilha) treinaram de forma limitada.

– No Seattle Seahawks, o defensive end Jadeveon Clowney treinou de forma limitada nesta quarta, mas não foi relacionado à lesão.

O restante do relatório de lesões dos Seahawks foi o seguinte: o center Joey Hunt (tornozelo), o defensive tackle Poona Ford (panturrilha), o safety Tedric Thompson (músculo posterior da coxa), o cornerback Neiko Thorpe (músculo posterior da coxa), o center Justin Britt (joelho) e o wide receiver Tyler Lockett (costas) não treinaram. O guard Mike Iupati (pé), o wide receiver David Moore (ombro), o defensive end L.J. Collier (tornozelo), o defensive end Ezekiel Ansah (ombro) e o safety Ugo Amadi (ombro) treinaram de forma limitada. Já o tackle Duane Brown (joelho), o tackle George Fant (tornozelo) e o tight end Will Dissly (joelho) treinaram normalmente.

Comments
To Top