NFL

Hall of Famers visitam Israel para impulsionar futebol americano no país

Joe Montana, ex-quarterback do San Francisco 49ers

(Crédito: Twitter/reprodução)

Em mais uma iniciativa para promover o futebol americano mundo afora, 18 membros do Hall da Fama do Futebol Americano Profissional (PFHOF) chegaram a Israel no final desta última semana e conheceram alguns dos praticantes da modalidade, aprendendo também sobre o crescimento da bola oval no país.

Jim Montana, Jim Brown, Roger Staubach e Mike Singletary estiveram entre os 18 Hall of Famers que chegaram a Israel para a visita de uma semana de duração.

A viagem, conhecida como ‘Touchdown in Israel II’, foi organizada por Robert Kraft, proprietário do New England Patriots, para “honrar os heróis do jogo, preservar sua história, promover seus valores e celebrar a excelência em todos os lugares”. Kraft promove o esporte em Israel desde que a missão foi lançada por lá, em 1999.

“Eu amo o futebol americano. Amo Israel. Amo os Estados Unidos. Eu acho que as crianças nos Estados Unidos morreriam para ter esse grupo de jogadores vindo vê-las. O futebol americano ensina a você lições da vida que nada mais faz”, frisou Kraft, em entrevista à ‘Associated Press’.

Ainda que esteja bem atrás do futebol e do basquete em termos de popularidade, o futebol americano teve grandes avanços nos níveis de base, graças às transmissões ao vivo da National Football League no país e à expansão da Israel Football League, que agora tem 10 anos de existência.

O esporte tem decolado na liga de colegial, onde nove times jogos em Israel, e as bolas ovais são vistas com cada vez mais frequência nas praças públicas.

Na última quinta (15), os astros da NFL assistiram a apresentações entre vários times colegiais, incluindo os seis vezes campeões Kfar Saba Hawks.

Juntamente com as oito ligas de flag football para homens, mulheres e crianças, há cerca de 80 times jogando futebol americano em Israel na atualidade.

“Isso só vai ficar maior e melhor aqui por causa dele”, falou o lendário ex-quarterback Joe Montana, referindo-se a Robert Kraft.

Eric Dickerson, que ainda é detentor do recorde de jardas corridas em uma única temporada da NLF (2.105 jardas em 1984), afirmou que não sabia que o futebol americano era praticado em Israel antes de viagem.

“O futebol americano realmente se tornou um esporte universal. Realmente é. Eu acho que toda jovem criança gosta de correr, der agarrar e cair no chão. O futebol americano é apenas uma maneira de fazer isso, de tirar a agressividade para fora, então acho que é ótimo ter futebol americano aqui em Israel”, observou o ex-jogador, em entrevista à ‘Associated Press’.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top