NFL

Golden Tate diz que aceitaria redução salarial para permanecer nos Seahawks

(Crédito: Jeff Roberson/AP)

(Crédito: Jeff Roberson/AP)

Golden Tate, wide receiver do Seattle Seahawks, não quer largar a cidade onde é idolatrado. Em entrevista ao programa de rádio “Sports Radio 950 KJR” de Seattle, Tate garantiu que vai continuar na equipe para 2014 mesmo se uma redução salarial for necessária. Marcado para ser um free agent irrestrito nesta offseason, o jogador provocou outras equipes da NFL ao insistir na sua vontade.

“Talvez eu nem possa falar isso agora, mas eu vou ficar de qualquer jeito porque eu amo Seattle. Honestamente, eu prefiro ganhar um pouco menos e ser feliz ganhando jogos do que faturar mais e ir para uma cidade fraca onde os torcedores nem ligam pro time e você ganha uma partida por mês”, declarou Tate.

Com jogadores de sobra na posição, Seattle deve negociar wide receivers no período de free agency. Além de Golden Tate, o time conta com Percy Harvin, Jermaine Kearse e Doug Baldwin, que jogaram pouco na temporada devido a lesões mas foram decisivos na vitória impressionante contra o Denver Broncos no Super Bowl XLVIII. Segundo a NFL Network, a franquia deve dispensar Sidney Rice, que jogou oito partidas em 2013. A negociação do WR criaria um espaço de 7,3 milhões de dólares no teto salarial do time, facilitando as renovações de Richard Sherman e Earl Thomas. 

Tate acumulou na gloriosa última temporada 64 recepções para 898 jardas (líder da equipe nesses quesitos) e 5 touchdowns. Além disso, o jogador foi o retornador “oficial” do time em punts com uma boa média de 11,5 jardas por retorno.

Comments
To Top