NFL

GM dos Saints não vê pressa para acerto de novo contrato com Drew Brees

Drew Brees, quarterback do New Orleans Saints

(Crédito: Twitter/reprodução)

Recentemente, o quarterback Drew Brees, do New Orleans Saints, afirmou que não planeja pressionar a franquia para que uma renovação de contrato seja acertada. E Mickey Loomis, general manager da organização da Louisiana, seguiu a linha de pensamento do jogador nesta semana.

“Eu acho que ele já falou sobre isso, não é mesmo? Então, eu não tenho nada a oferecer a vocês nesse respeito. Vocês sabem, Drew está naquele ponto de sua carreira em que, para ele, eu acho que é algo como: ‘ei, como eu me sinto?’. Ele teve uma grande temporada e está planejando ter outra grande temporada. Então vamos partir disso”, declarou Loomis, nesta terça-feira (24).

No ano passado, as conversas sobre uma extensão de Drew Brees foram muito intensas durante a offseason e, no final das contas, o camisa 9 2 pouco antes de o campeonato começar. Em 2017, contudo, não parece que as duas partes estão muito preocupadas com uma renovação, mesmo diante do fato de o QB novamente estar entrando no último ano de seu acordo.

Ao ser questionado por que a situação desse ano é diferente de 2016, Loomis desconversou.

“Eu não sei que é. Eu não pensei nisso ainda. Nós acabamos de terminar a temporada e estamos apenas começando o processo para a próxima temporada. Então, eu não pensei nada sobre isso”, observou.

Brees, que acabou de completar 38 anos de idade, teve mais uma temporada incrível em termos estatísticos em 2016 e, em 16 jogos como titular dos Saints, ele acertou 70% de seus passes para 5.208 jardas, 37 touchdowns e 15 interceptações, liderando a NFL em jardas aéreas.

Aparentemente, a realidade é que o New Orleans Saints parece estar contente em resolver um ano de cada vez em relação ao contrato de Brees nesse estágio da carreira do quarterback. O jogador vem provando, entretanto, que ainda é um dos QBs de elite da NFL e que pode continuar a render em alto nível mesmo perto dos 40 anos

E Mickey Loomis ressalta que a franquia ainda não pensou em sua vida pós-Brees.

“Estamos focados em ‘ei, como podemos fazer nosso time ser melhor agora para a temporada 2017?’. Drew foi muito bom esse ano. Ele não mostrou nenhum sinal de desaceleração. Então, estou animado com isso”, prosseguiu.

Certo é que, vindo de três temporadas seguidas com sete vitórias e nove derrotas, o New Orleans Saints precisa pensar em reconstrução e, é claro, isso passa também por achar um futuro substituto para Brees. Um quarterback selecionado nas primeiras rodadas do draft pode ser a solução para essa parte do problema.

Os Saints parecem preparados para arriscarem tudo em 2017, aproveitando que Brees ainda está rendendo bastante e que o time mostrou sinais de evolução em 2016, sobretudo na reta final da temporada.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top