NFL

Glennon e Trubisky vão bem, e Bears batem Titans; veja resumo dos jogos

Mike Glennon e Mitchell Trubisky, quarterbacks do Chicago Bears

(Crédito: Instagram/reprodução)

Mike Glennon fez um bom trabalho para demonstrar que pode ser o quarterback titular do Chicago Bears em 2017 e, neste domingo, ele desempenhou um papel importante na vitória do time sobre o Tennessee Titans pelo placar de 19 a 7.

No duelo disputado no Nissan Stadium, casa dos Titans, Glennon abriu a partida comandando uma campanha ofensiva de 15 jogadas, 96 jardas, que terminou com o camisa 8 conectando um passe de uma jarda para touchdown com Dion Sims. Ainda na primeira metade do duelo, Glennon comandou um drive que terminou com field goal de 41 jardas convertido por Connor Barth para dar uma vantagem de 12 a 0 à franquia de Illinois.

Ao todo, Mike Glennon acertou 11 passes de 18 para 134 jardas e um touchdown, desempenho que pode ter convencido o técnico John Fox de mantê-lo como titular para a abertura da temporada regular. O head coach, inclusive, frisou após a partida que Glennon se beneficiou ao ter uma semana cheia de preparação e falou que ele atuou “muito bem”.

Porém, se Glennon fez a sua parte, o calouro Mitchell Trubisky também não deixou nada a desejar. Jogando em boa parte da segunda metade de partida, o jovem voltou a ter boa atuação na pré-temporada e liderou uma campanha que terminou com passe dele de 45 jardas para Tanner Gentry que resultou em touchdown, o último do duelo.

Selecionado com a segunda escolha geral do draft de 2017, Trubisky fechou o jogo com 10 passes certos de 15 para 128 jardas e um touchdown, mostrando assim que está na cola de Glennon e que pode aproveitar um deslize do veterano para conquistar a vaga de titular.

Do outro lado, o Tennessee Titans enfrentou muitas dificuldades, sobretudo no ataque, e deve ter deixado o técnico Mike Mularkey bem preocupado. As dificuldades ofensivas até fizeram o head coach a manter o quarterback titular Marcus Mariota até o começo do último quarto, quando ele conectou um passe para touchdown de três jardas com o running back Derrick Henry e evitou que a franquia de Nashville saísse de campo zerada.

Em termos gerais, Mariota teve bons números e acertou 12 passes de 21 para 193 jardas e um TD.

Pelo lado triste, o jogo ficou marcado também pela lesão do wide receiver Cameron Meredith, dos Bears, que parece ter sofrido uma ruptura no ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo.

Vamos agora aos outros jogos deste domingo que encerraram a semana 3 da pré-temporada:

Washington Redskins 23 x 17 Cincinnati Bengals

Em uma partida no qual o quarterback Andy Dalton e o ataque titular do Cincinnati Bengals mostraram que estão melhores em relação ao começo da pré-temporada, a franquia de Ohio perdeu para o Washington Redskins.

Apesar da vitória dos Redskins, Kirk Cousins e companhia não tiveram uma atuação muito boa e mostraram que ainda precisam fazer alguns ajustes antes do início da temporada 2017. Cousins saiu de campo com 10 passes certos de 19 para 109 jardas, mas foi interceptado por Vontaze Burfict no começo do segundo quarto, vendo o linebacker dos Bengals retornar 62 jardas para anotar o touchdown.

Do lado dos Bengals, Dalton conectou oito passes de 13 para 70 jardas e comandou uma campanha que resultou em touchdown corrido de três jardas de Jeremy Hill, no primeiro quarto.

A partida também um lance curioso protagonizado pelo punter Kevin Huber, dos Bengals, que fez uma jogada de basquete, como você pode conferir abaixo.

Minnesota Vikings 32 x 31 San Francisco 49ers

No último jogo deste domingo, o Minnesota Vikings conquistou uma bela vitória de virada, mas a noite foi mesmo de Brian Hoyer.

O quarterback do San Francisco 49ers teve uma atuação muito consistente na primeira metade de confronto, comandando duas campanhas que resultaram em touchdowns, ambos anotados em passes seus. Assim, o camisa 2 saiu de campo com 12 passes certos de 17 para 176 jardas e dois touchdowns.

No primeiro quarto, Hoyer acertou lançamento de 46 jardas para Marquise Goodwin e, no segundo quarto, a conexão foi de 24 jardas com Carlos Hyde para deixar o placar em 14 a 0. A segunda metade de partida, contudo, foi muito mais dos Vikings, que viraram o jogo com uma conversão de dois pontos anotada em corrida do quarterback Taylor Heinicke, após Terrell Newby fazer um TD corrido de uma jarda.

A preocupação dos Vikings diz respeito ao ataque titular, que simplesmente não produziu pontos. O quarterback Sam Bradford fechou com 17 passes certos de 21 para 134 jardas, mas todas as campanhas ofensivas que ele comandou terminaram em punt. Case Keenum, por exemplo, teve desempenho mais satisfatório liderando os Vikings e acertou 10 passes de 14 para 139 jardas e dois touchdowns.

Em 13 posses de bola do time titular ao longo dos três primeiros jogos de pré-temporada, os Vikings chutaram 11 punts e anotaram apenas um field goal. Absolutamente horroroso!

Comments
To Top