NFL

Giovani Bernard ficará afastado por até quatro semanas; Joe Mixon volta

Giovani Bernard, running back do Cincinnati Bengals

(Crédito: Twitter/reprodução)

O Cincinnati Bengals está tendo que lidar com movimentações em seu grupo de running backs. Enquanto Joe Mixon está voltando após perder dois jogos devido a uma lesão no joelho, o reserva Giovani Bernard ficará afastado por um período entre duas e quatro semanas por causa de uma entorse no ligamento colateral medial do joelho.

A informação foi apurada nesta sexta-feira (5) pelo jornalista Tom Pelissero, da ‘NFL Network’.

A ausência de Bernard será um duro golpe no ataque terrestre da franquia de Ohio, que atualmente é apenas o 22º da National Football League nesta temporada.

Ainda que Mixon seja um corredor mais explosivo, Bernard se mostrou um reserva extremamente capaz e, nas semanas 3 e 4, ele somou 182 jardas (130 jardas corridas), tendo uma média de 4,8 jardas por carregada neste período.

Os Bengals folgam na semana 9 da temporada e, baseada na projeção de tempo em que Bernard ficará afastado, o camisa 25 tem chances de voltar apenas na semana 10, caso precise mesmo de quatro semanas cheias para se reabilitar completamente.

Em relação a Mixon, ele perdeu os jogos contra Carolina Panthers e Atlanta Falcons depois de passar por um pequeno procedimento cirúrgico para remover particular soltas em seu joelho, operação essa que o deixou afastado das atividades por duas semanas.

Agora, ele deve estar em campo neste domingo (7) para medir forças com o Miami Dolphins.

Ainda que Mixon ainda esteja utilizando uma braçadeira em seu joelho, ele voltou aos treinos nesta semana e não apareceu no relatório de lesionados desta sexta, o que significa que ele está liberado para jogar.

Não se sabe ainda se Mixon terá uma alta carga de trabalho por conta da ausência de Bernard, mas os Bengals devem dar boas chances ao calouro Mark Walton para aliviar um pouco o peso nas costas de Mixon em seu retorno aos gramados.

“Se ele tiver a oportunidade de jogar, obviamente ele não vai estar, em termos de condicionamento, onde esteve antes de perder as duas semanas, então vamos avaliar isso enquanto seguimos”, declarou o técnico Marvin Lewis.

Os Bengals também estarão ainda sem o center Billy Price, que segue utilizando uma bota protetora e disse que tem ao menos duas semanas ainda antes de os médicos avaliarem novamente sua lesão no pé. O wide receiver John Ross, que lesionou a virilha contra os Falcons, também foi descartado para o jogo deste final de semana.

A boa notícia para Cincinnati é o retorno do linebacker Vontaze Burfict, que foi colocado de volta no elenco ativo depois de cumprir suspensão de quatro jogos devido a uma violação da política de substâncias para melhoria de desempenho da NFL.

Comments
To Top