NFL

Listão Free Agency 2017 da NFL: trocas, dispensas e novos contratos

(Crédito: Twitter/reprodução)

A NFL está com a Free Agency aberta e isso significa que uma das épocas mais legais da liga de futebol americano, sem bola voando, está acontecendo. Alguns jogadores vão receber contratos multimilionários das franquias que já atuaram. Outros vão procurar uma piscina de dinheiro em um lugar novo.

E ainda tem as dispensas que abrem a possibilidade de negócio.

E como você já sabe, você acompanha tudo aqui no Quinto Quarto. E como não tem nada que a gente goste mais do que um listão, aqui vai mais um. Acompanhe aqui tudo que está rolando na National Football League e dê aquela compartilhada com os amigos no Facebook. Nosso contador agradece.

Veja time a time como estão as movimentações de free agents

Chicago Bears

WR Deonte Thompson: devido às diversas lesões dos Bears no ataque, Thompson ganhou chances e nesta offseason foi premiado com um contrato de um ano

QB Mark Sanchez: o rei do Butt Fumble continua na NFL, agora ligado aos Bears e provavelmente reserva de Glennon

QB Mike Glennon: três anos, US$ 45 milhões, US$ 19 milhões garantidos. Como é bom ser quarterback na NFL.

S Quintin Demps: três anos, US$ 13,5 milhões

CB Prince Amukamara: depois de não ter causado impacto nos Jaguars, Amukamara ganha chance nos Bears

WR Kendall Wright: precisando de ajuda no corpo de recebedores, os Bears pagaram pouco por Wright. Um ano e US$ 4 milhões.

CB Marcus Cooper: ex- Cardinals, Cooper foi contratado pelos Bears. O acordo é de três anos

WR Markus Wheaton: o recebedor nunca explodiu de verdade nos Steelers e agora a situação não será tão boa como em Pittsburgh (Big Ben, Antonio Brown de seu lado). Pelo menos ele deve ter mais a bola

QB Jay Cutler: o rei das expressões faciais encerrou sua passagem pelo Chicago Bears

Cincinnati Bengals

LB Rey Maualuga: o linebacker não faz mais parte do elenco dos Bengals

RB Cedric Peerman: depois de se destacar nos special teams e ir para o Pro Bowl, Peerman continua nos Bengals com contrato de um ano.

CB Dre Kirkpatrick: os Bengals estão quietos até o momento, mas uma das tarefas a realizar foi completa: Kirkpatrick ganhou novo contrato, de cinco anos, US$ 52,5 milhões, com apenas US$ 12 milhões garantidos

WR Brandon LaFell: o wide receiver pode não ter incendiado Cincinnati. Mas a franquia de Ohio deu um novo contrato para ele, dois anos e US$ 10 milhões.

OT Andre Smith: depois de uma temporada nos Vikings, Smith volta para os Bengals, onde jogou por sete anos.

LB Kevin Minter: para dar aquela ajuda no pass rush, Minter chega do Arizona Cardinals para jogar na franquia do Ohio

Buffalo Bills

WR Brandon Tate: os Bills vão manter o recebedor, depois de terem perdido Goodwin (49ers), Woods (Rams) e Harvin (aposentadoria).

FB Mike Tolbert: o cheinho Tolbert sairá do Carolina Panthers para o frio de Buffalo

QB Tyrod Taylor: Taylor não foi o quarterback dos sonhos na temporada passada, mas com o contrato reestruturado ele continua em Buffalo

DB Micah Hyde: o polivalente jogador, que atua como cornerback, safety e retornador, acertou um contrato de cinco anos, US$ 30 milhões, US$ 14 milhões garantidos

K Steve Hauschka: o ex-kicker dos Seahawks foi por anos considerado um dos melhores da posição, mas não foi bem em 2016/17. Os Bills pagam para ver, com um contrato de quatro anos e US$ 12,4 milhões.

S Corey Graham: homem de confiança de Rex Ryan, sendo titular em todos os jogos das duas últimas temporadas, o safety de 31 anos foi dispensado nessa nova reconstrução dos Bills

LB Lorenzo Alexander: no meio de uma reconstrução, os Bills decidiram manter Alexander, com um novo contrato de duas temporadas.

WR Percy Harvin: o último time de Harvin parece mesmo ser os Bills. O agente dele disse que o recebedor não está disponível mais

WR Andre Holmes: depois de perder Goodwin (49ers) e Woods (Rams), os Bills precisavam de recebedores. A solução encontrada foi o ex-Raiders Holmes. A ESPN antecipou a contratação (três anos, US$ 4,5 milhões) depois de ter acesso a documentos da associação de jogadores

Denver Broncos

G Ronald Leary: quatro anos, US$ 36 milhões, US$ 20 milhões garantidos

OT Menelik Jackson: ex-Raiders, o tackle foi contratado pelos Broncos, que precisam urgentemente de força na linha ofensiva. Contrato é de três anos e US$ 18,5 milhões

DT Domata Peko: Peko não é mais um patrimônio de Cincinnati. O defensive tackle vai jogar nos Broncos, com um contrato de dois anos e US$ 7,5 milhões, com US$ 3,8 milhões garantidos.

OLB DeMarcus Ware: dono de uma carreira sensacional, Ware anuncia a aposentadoria e faz os fãs de Broncos e Cowboys já terem saudades

Cleveland Browns

G Kevin Zeitler: o guard vai virar a casaca na AFC North, saindo dos Bengals para os Browns. Contrato é de cinco anos e US$ 60 milhões, com US$ 31,5 milhões garantidos.

G Joel Bitonio: os Browns estão reforçando bem sua linha ofensiva. Bitonio fica em Cleveland. Seis anos de contrato, US$ 51 milhões com US$ 23,7 milhões garantidos

QB Brock Osweiler: na negociação mais surpreendente até agora, os Browns assumem o contrato de Osweiler e ganham escolhas no Draft em troca

QB Robert Griffin III: lesão e jogos nada impressionantes fizeram a era RGIII em Cleveland terminar após apenas um ano

WR Kenny Britt: sem receivers de qualidade no elenco, os Browns vão pagar caro por Britt: quatro anos e US$ 32,5 milhões.

C J.C. Tretter: NFL, tema a linha ofensiva dos Browns. Tretter chega dos Packers com um contrato de três anos, US$ 16,75 milhões, US$ 10 milhões garantidos.

Tampa Bay Buccaneers

WR DeSean Jackson: o veterano recebedor assinou um contrato de três anos, US$ 33,5 milhões com US$ 20 milhões garantidos

DL Chris Baker: o linha defensiva é outro que sai de Washington para a Flórida. Baker vai reforçar o front seven dos Bucs, com um contrato de três anos e mais de US$ 6 milhões por temporada, segundo Ian Rapoport (NFL.com)

S J.J. Wilcox: precisando de ajuda na secundária, os Bucs contrataram Wilcox, ex-Cowboys. Contrato é de dois anos e US$ 8 milhões

C Joe Hawley: os Bucs gostaram da química de Hawley com Jameis Winston e trouxe o center de volta com um contrato de dois anos, sem valores divulgados.

K Kevin Folk: Roberto Aguayo teve muitas dificuldades na sua primeira temporada após uma seleção alta no Draft. E agora terá o veterano Folk para concorrer

Arizona Cardinals

Antoine Bethea: o safety sai de San Francisco e vai para o Arizona Cardinals, que deve mesmo perder Tony Jefferson

C A.Q. Shipley: o center vai continuar no Arizona, depois de ser o center titular na temporada 2016/17

TE Jermaine Gresham: antes mesmo da free agency começar, os Cardinals fecharam contrato com o tight end

K Phil Dawson: a péssima temporada de Chandler Catanzaro fez os Cardinals irem ao mercado e contratarem o veterano Dawson.

DE Chandler Jones: cinco anos, US$ 83 milhões, US$ 53 milhões garantidos

RB Andre Ellington: apesar de ter David Johnson, os Cardinals ainda gostam de Ellington e firmaram um novo acordo, de um ano. Não foram divulgados valores.

LB Jarvis Jones: draftado pelos Steelers, Jones teve alguns altos e muitos baixos em Pittsburgh. E agora ele terá uma nova chance em Arizona

DT Frostee Rucker: os Cardinals já perderam Calais Campbell, então perder Rucker também já seria demais. O veterano assinou por um ano

Los Angeles Chargers

RB Branden Oliver: Oliver aproveitou as oportunidades que os Chargers ofereceram e vai mudar com o time para Los Angeles

RB Kenjon Barner: os Chargers tinham quatro running backs, mas com a saída de Woodhead (Ravens), a franquia quis mais um e assinou com Barner, ex-Eagles e Panthers

OT Russell Okung: Okung não durou muito o Denver Broncos e vai reforçar o rival de AFC West. Quatro anos, US$ 53 milhões, US$ 13,25 milhões garantidos

S Jahleel Addae: um dos muitos safeties no mercado, Addae vai ficar onde já estava. Só que a franquia mudou de lugar.

OT King Dunlap: já esperado, o veterano linha ofensiva foi mesmo cortado pelos Chargers

Kansas City Chiefs

S Daniel Sorensen: o safety assinou com os Chiefs um novo contrato, de quatro anos e US$ 16 milhões, com mais US$ 2 milhões em incentivos.

RB Jamaal Charles: a bela história nos Chiefs não impediu que Charles fosse dispensado nesta offseason.

DT Bennie Logan: ainda tímido na offseason, a franquia de Kansas City acertou um contrato de um ano com Logan

Indianapolis Colts

DT Arthur Jones: ninguém estava feliz com a defesa dos Colts, então além dos reforços que chegam, outros são dispensados. Jones é um destes.

WR Kamar Aiken: Andrew Luck ganhou um novo brinquedinho em Aiken. Contrato é de um ano.

DE/OLB Jabaal Sheard: Sheard perdeu espaço nos Patriots no decorrer da última temporada, mas os Colts confiaram no pass rusher

OLB John Simon: Simon virou a casaca na AFC South, trocando os Texans pelos necessitados Colts no corpo de linebackers. Contrato é de três anos, sem valores divulgados.

TE Jack Doyle: Doyle conquistou corações nos Colts na temporada passada e ganhou um contrato de três anos, US$ 18,9 milhões, US$ 7,5 milhões garantidos.

RB Robert Turbin: o running back ex-Seahawks causou boa impressão em Indy e ganhou um acordo de dois anos, US$ 4,2 milhões.

DE Margus Hunt: o estoniano vai seguir na NFL. Depois de não ter explodido nos Bengals, Hunt vai tentar sua sorte nos Colts, com um acordo de dois anos.

Dallas Cowboys

QB Tony Romo: a dúvida era se ele seria trocado, dispensado ou aposentaria. No fim, foi a opção C. (pobre Houston Texans)

TE Jason Witten: se Romo decidiu se aposentar, o outro ídolo dos veteranos está garantido com uma extensão

RB Darren McFadden: Ezekiel Elliott é uma fera, mas nem ele consegue jogar todos os snaps ofensivos. Por isso McFadden ganhou mais um contrato no Texas

WR Terrance Williams: Williams segue com adeptos em Arlington, assinando um contrato de 4 anos e US$ 17 milhões com os Cowboys

CB Nolan Carroll: ajuda na secundária é sempre bom e os texanos acertaram com Carroll por três anos e US$ 10 milhões

OT Doug Free: um dos nomes da excelente linha ofensiva dos Cowboys nos últimos anos, Free avisou o time que está se aposentando

OL Jonathan Cooper: Cooper falhou nos Patriots depois de ser envolvido na troca de Chandler Jones. Mas os Cowboys precisam de corpos depois de perder Leary (Broncos) e Free (aposentadoria)

QB Kellen Moore: enquanto a novela Romo não chegava ao fim (ele acabou se aposentando), os Cowboys assinaram com Moore para ser banco de Dak Prescott.

Miami Dolphins

LB Kiko Alonso: o começo de carreira de Alonso foi conturbado, mas agora parece que Miami é sua casa, com uma boa extensão.

WR Kenny Stills: quatro anos, US$ 32 milhões, US$ 20 milhões garantidos

S Reshad Jones: o safety assinou uma bela extensão de contrato: cinco anos, US$ 60 milhões, US$ 35 milhões garantidos

DE William Hayes: os Dolphins deram uma ligada para os Rams e reforçaram sua linha defensiva com Hayes

LB Lawrence Timmons: dois anos, US$ 12 milhões

DE Andre Branch: depois de ganhar a posição na luta contra Mario Williams, Branch foi recompensado com um contrato de três anos e US$ 27 milhões.

TE Julius Thomas: o tight end continua na Flórida, mas agora ele jogará em Miami pelos Dolphins

Philadelphia Eagles

CB Patrick Robinson: a secundária dos Eagles precisava de gente e Robinson, ex-Saints, chega com um contrato de um ano apenas.

DE Chris Long: campeão pelos Patriots, Long disse que queria jogar mais snaps. Nos Eagles ele deve ter essa oportunidade.

WR Alshon Jeffery: um ano, US$ 14,5 milhões

WR Torrey Smith: três anos, US$ 15 milhões, US$ 5 milhões garantidos

OT Stefen Wisniewski: o polivalente linha ofensiva ganhou um contrato de três anos e US$ 9 milhões, que pode chegar a US$ 15 milhões caso ele cumpra as metas estabelecidas

G Chance Warmack: os Eagles anunciaram em seu Twitter que o guard chega com um contrato de um ano

QB Nick Foles: o bom filho à casa torna. Depois de ter três QBs, os Eagles trocaram Bradford, cortaram Daniel e trouxeram de volta Foles.

QB Chase Daniel: a passagem do quarterback por Philadelphia durou pouco

Atlanta Falcons

DT Dontari Poe: o magrinho Poe vai reforçar a linha defensiva dos atuais campeões da Conferência Nacional

WR Andre Roberts: o wide receiver. ex-Detroit Lions, está indo para a franquia da Geórgia sob contrato de um ano, com valor de US$ 1,8 milhão, com US$ 750 mil garantidos.

New York Giants

RB Shaun DraughnDraughn teve números modestos como running back reserva dos Niners e deve ter a mesma função em Nova York

WR Brandon Marshall: dois anos, US$ 12 milhões

OT D.J. Fluker: apesar de dispensado dos Chargers, Fluker conseguiu um trabalho rapidamente. Os Giants querem ele para proteger Eli Manning.

OL John Jerry: os Giants seguem investindo em sua linha ofensiva. Jerry está nos Giants desde 2014 e ganhou um contrato de três anos e US$ 10 milhões, com US$ 4,25 milhões garantidos.

DE Jason Pierre-Paul: finalmente JPP ganhou seu grande contrato com os Giants. US$ 62 milhões, com US$ 40 milhões garantidos.

QB Geno Smith: Geno faz o mesmo caminho que Brandon Marshall, trocando de time em NY, dos Jets para os Giants

Jacksonville Jaguars

TE Mychal Rivera: depois de ter trocado Thomas para os Dolphins, os Jaguars demoraram mas trouxeram um tight end. Rivera chega dos Raiders com contrato de um ano e US$ 6,75 milhões caso complete todas as metas

DT Calais Campbell: 4 anos, US$ 60 milhões, US$30 milhões garantidos

CB A.J. Bouye: 5 anos, US$ 67,5 milhões, US$ 26 milhões garantidos

S Barry Church: o safety vai sair dos Cowboys para jogar na Flórida. Contrato é de 4 anos e cerca de US$ 6 milhões por temporada

New York Jets

WR Quinton Patton: depois de uma passagem pelos Niners, Patton chega para reforçar o corpo de recebedores dos Jets

CB Darrelle Revis: ídolo dos Jets, isso não impediu Revis de ser dispensado, ainda mais depois de ser preso.

OT Kelvin Beechum: os Jets estão reforçando sua linha ofensiva depois de terem perdido jogadores de peso

K Chandler Catanzaro: o kicker perdeu o emprego nos Cardinals, mas achou uma nova casa nos Jets

CB Morris Claiborne: os Cowboys perderam seus dois CBs titulares. Claiborne saiu depois de Carr (Ravens) e vai jogar nos Jets. A franquia de NY precisava de um substituto para Darrelle Revis

QB Josh McCown: precisando de quarterback, os Jets trouxeram McCown, que não empolga nem o mais iludido torcedor da franquia nova-iorquina.

Detroit Lions

LB Paul Worrilow: Worrilow perdeu espaço no Atlanta Falcons e vai tentar reerguer sua carreira no Michigan

CB D.J. Hayden: decepção até o momento, depois de ter sido selecionado em 12º no Draft de 2013 pelos Raiders, Hayden vai ter mais uma chance, agora nos Lions.

G T.J. Lang: Lang está virando a casa na NFC North, saindo dos Packers para os Lions. Mas é por uma boa razão: três anos, US$ 28,5 milhões, US$ 19 milhões garantidos.

OT Rick Wagner: os Lions estão investindo em sua linha ofensiva depois de perder Reiff (Vikings) e Warford (Saints). Wagner chega com contrato de cinco anos e US$ 47,5 milhões.

Green Bay Packers

TE Lance Kendricks: nativo de Wisconsin, Kendricks jogará na maior instituição do seu estado natal e complementará Bennett.

DT Ricky Jean François: por um ano e US$ 3 milhões, um dos nomes mais carismáticos da NFL se encontra com os Packers

RB Christine Michael: se Eddie Lacy foi embora, Michael vai ficar com um contrato de um ano.

LB Nick Perry: 5 anos, US$ 60 milhões, US$ 18,5 milhões garantidos

TE Martellus Bennett: com seu anel de campeão, Bennett volta para a NFC North, para jogar nos Packers

CB Davon House: House ganhou um bom dinheiro nos Jaguars. E solto no mercado, ele poderá voltar para Green Bay.

Carolina Panthers

RB Jonathan Stewart: Tolbert pode ter ido embora (Bills) mas Stewart continua, tendo seu contrato renovado pelos Panthers

WR Kelvin Benjamin: principal receiver dos Panthers, Benjamin jogará mais um ano com seu contrato de calouro.

DE Charles Johnson: veterano da franquia, Johnson continua com um novo contrato de mais dois anos

OLB Julius Peppers: o veterano volta para casa, com um contrato de um ano e US$ 3,5 milhões

CB Captain Munnerlyn: os Panthers gostaram de trazer velhos conhecidos. Para reforçar a necessitada secundária, Munnerlyn ganhou um contrato de quatro anos, US$ 21 milhões, com US$ 10,5 milhões garantidos

S Mike Adams: e pode colocar mais um veterano na conta dos Panthers. Adams, 35 anos, reforçará a secundária do time. Não faz muito tempo, ele era um dos melhores da NFL na posição, com Pro Bowls em 2014 e 2015.

OT Matt Kalil: em uma das negociações mais inexplicáveis, os Panthers jogaram dinheiro demais nas mãos de Kalil, irmão de Ryan Kalil, center da equipe. O irmão mais novo assinou um acordo de cinco anos e US$ 55,5 milhões.

WR Russell Shepard: o recebedor ex-Buccaneers chega no rival de divisão com um contrato de US$ 10 milhões, com US$ 2,1 milhões garantidos, por três anos.

New England Patriots

LB Dont'a Hightower: principal pendência dos atuais campeões, o linebacker finalmente parou de assustar os torcedores e continua na equipe.

CB Stephon Gilmore: o defensive back deve assinar com os Patriots. Especula-se que o contrato será de cinco anos, US$ 65 milhões, com US$ 40 milhões garantidos.

TE Dwayne Allen: os atuais campeões trouxeram Allen em uma troca com o Indianapolis Colts

DE Alan Branch: o defensive end vai ficar onde já estava, com um contrato de dois anos e US$ 12 milhões

WR Brandin Cooks: os Patriots estão fortes na free agency e abriram mão de escolhas para dar um alvo rápido para Brady

DE Kony Ealy: em mais uma troca com escolhas de Draft envolvidas, os Patriots trazem Ealy e reforçam sua linha defensiva

DL Lawrence Guy: outro reforço para a linha defensiva dos atuais campeões. Guy chega com um contrato de quatro anos e US$ 20 milhões

RB Rex Burkhead: Belichick ama um running back versátil e Burkhead é mais um pro grupo. Ele corre com a bola, recebe e também joga nos special teams.

Oakland Raiders

QB E.J. Manuel: depois de sofrer com a lesão de Carr, os Raiders trouxeram um QB reserva de mais nome em Manuel. Mas nada que faça uma nova perda por Carr ser algo de boa

LB Jelani Jenkins: já com Jenkins dá para se empolgar mais, com sua boa combinação de força e rapidez.

TE Jared Cook: Aaron Rodgers adorou ter Cook, especialmente contra os Cowboys nos playoffs. Agora Derek Carr vai aproveitar o tight end.

WR Cordarrelle Patterson: o wide receiver mas especialmente retornador vai poder usar e abusar de sua velocidade em Oakland. E provar que pode fazer parte do ataque de Derek Carr

Los Angeles Rams

OLB Connor Barwin: Wade Phillips ganhou um reforço para pressionar o QB rival. Barwin teve bons anos nos Eagles e chega barato

RB Lance Dunbar: jogador para compor elenco, Dunbar chega dos Cowboys, onde era reserva de Ezekiel Elliott, para ser reserva de Todd Gurley

OT Andrew Whitworth: o competente veterano deve reforçar a linha ofensiva dos Rams com um contrato de três anos, US$ 36 milhões, US$ 15 milhões garantidos.

RB Tre Mason: escolha de 3ª rodada dos Rams em 2014, Mason causou mais problemas fora de campo que soluções dentro e foi dispensado

WR Robert Woods: podemos ter aqui um dos piores contratos assinados. Woods nunca convenceu e ganhou um contrato de cinco anos, US$ 39 milhões, com US$ 15 milhões garantidos

K Greg Zuerlein: Greg The Leg vai continuar em Los Angeles. Um dos únicos jogadores interessantes dos Rams, o kicker assinou um contrato de três anos com a franquia

Baltimore Ravens

CB Brandon Carr: Carr vai ter pesadelos com Odell Beckham Jr. para sempre, mas pelo menos ele vai poder seguir a carreira sem ter que pegar o camisa 13 duas vezes por temporada nos Ravens.

NT Brandon Williams: 5 anos, US$ 54 milhões, US$ 27,5 milhões garantidos

RB Danny Woodhead: depois de uma passagem pela Califórnia, Woodhead volta para o Leste dos Estados Unidos para jogar nos Ravens

S Tony Jefferson: o safety é subestimado por boa parte da NFL, mas os Ravens sabem o valor do safety e devem acertar o contrato em breve.

S Lardarius Webb: draftado em 2009 pelos Ravens, Webb foi dispensado depois que a franquia contratou Tony Jefferson.  Mas em uma virada de eventos, o time trouxe ele de volta para reforçar o elenco.

OLB Elvis Dumervil: o pass rusher não tinha tanto tempo de casa como Webb, mas teve o mesmo fim, sendo dispensado

Washington Redskins

WR Brian Quick: os Redskins precisam de jogadores quick mesmo, depois de perder Jackson (Buccaneers) e Garçon (49ers) e chamaram Brian Quick para reforçar o corpo de recebedores

DT Terrell McClain: McClain virou a casaca na NFC East e chega nos Redskins com um contrato de quatro anos e US$ 21 milhões

TE Vernon Davis: os Redskins confiam no veterano e acertaram um contrato de três anos com Davis para fazer dupla com Jordan Reed

WR Terrelle Pryor: depois de se tornar um WR e ir bem nos Browns, Pryor chega nos Redskins, que perderam DeSean Jackson e Pierre Garçon

QB Kirk Cousins: depois de uma certa tensão, Cousins assinará a franchise tag com os Redskins

S D.J. Swearinger: o safety assinou por três anos e US$ 4,5 milhões por temporada com os Redskins

DT Stacy McGee: precisando de ajuda na linha defensiva depois da saída de Chris Baker, os Redskins contrataram McGee, que teve bons anos no Oakland Raiders, mas preocupa por causa do histórico de lesões. Contrato é de cinco anos e US$ 25 milhões.

DT Ziggy Hood: Hood teve uma boa performance na temporada passada, sendo titular em 14 jogos e somando números bons. Por isso ele ganhou um novo contrato dos Redskins.

DE Ricky Jean François: já François, titular em seis jogos da franquia, seria um reserva caro e acabou cortado, com os Redskins poupando US$ 4 milhões no teto salarial

New Orleans Saints

DE Darryl Tapp: os Saints estão preocupados com o pass rush e trouxeram o já conhecido Tapp, que apesar de não ter sido titular com frequência, jogou em todas as partidas da temporada regular. Contrato é de um ano

CB Sterling Moore: ainda não se sabe se Butler será dos Saints, mas o veterano Moore volta para a franquia depois de ter convencido na temporada passada

LB Manti Te'o: Te'o passou as primeiras quatro temporadas em San Diego com altos e baixos e muitas lesões. Drew Brees fez a mesma mudança…

G Larry Warford: os Saints vão reforçar a linha ofensiva para o jogo corrido e Drew Brees terem menos trabalho. Warford chega bem credenciado dos Lions

DT Nick Fairley: Já Fairley também passou pelos Lions, mas os Saints já o conheciam depois de ter assinado um contrato de uma temporada com ele para 2016/17. E pelo visto ele convenceu.

WR Ted Ginn Jr: o veterano vai jogar por mais um time na sua carreira. Os Saints já anunciaram a contratação do receiver.

OLB Alex Okafor: que a defesa dos Saints precisa de gente, qualquer um sabe. Okafor, ex-Cardinals, chega para pressionar o QB rival e deve jogar também como defensive end

Seattle Seahawks

K John Lunsford: Hauschka (Bills) faz parte do passado e os Seahawks foram atrás de Walsh e Lungsford, com passagens por Buccaneers e 49ers, para brigar pela posição

K Blair Walsh: os Seahawks têm ótimas lembranças de Walsh. Foi ele o kicker que errou o field goal de 27 jardas no fim do jogo de playoffs na congelada Minneapolis que terminou com vitória de Seattle. O mundo dá mesmo voltas.

S Bradley McDougald: os Seahawks aprenderam na pele que é bom ter elenco para a secundária e assinaram com McDougald, ex-Bucs, por um ano e US$ 2 milhões

OT Luke Joeckel: depois de decepcionar no Jacksonville Jaguars, o segundo escolhido no Draft de 2013 vai tentar ajudar a melhorar a péssima linha ofensiva dos Seahawks. Contrato de um ano e US$ 8 milhões.

RB Eddie Lacy: as balanças de Seattle vão ter um teste de peso nos próximos meses. Lacy é o novo reforço dos Seahawks.

TE Luke Willson: o tight end vai continuar na franquia de Seattle com um contrato de um ano

CB DeShawn Shead: Shead foi titular em 15 jogos dos Seahawks na temporada passada antes de se machucar. E ganhou a confiança da franquia.

Pittsburgh Steelers

WR Justin Hunter: quieto na free agency, os Steelers tiveram que ir pro mercado para contratar um wide receiver depois que Markus Wheaton foi para os Bears. Hunter, ex-Bills, chega com um ano de contrato

CB Coty Sensabaugh: os Steelers reforçaram a secundária com um contrato de dois anos para Sensabaugh

RB Knile Davis: o running back, que teve seus melhores momentos nos Chiefs, foi contratado pelos Steelers para ser reserva de Le'Veon Bell.

DL Tyson Alualu: dois anos e US$ 6 milhões para o ex-jogador dos Jaguars para ajudar na linha defensiva dos Steelers

Minnesota Vikings

RB Latavius Murray: Murray foi contratado para substituir Peterson, mas já chegou dizendo que não quer comparações.

WR Adam Thielen: o wide receiver foi bem em 2016/17 e por isso vai ter uma bela ida ao banco por causa de seu novo contrato

RB Adrian Peterson: ídolo da franquia, Peterson foi cortado pelos Vikings em uma ação para abrir espaço no teto salarial. Raiders e Seahawks são os favoritos na disputa pelos serviços do veterano.

OT Riley Reiff: grande problema na temporada passada, os Vikings querem e precisam reforçar a linha ofensiva. E Reiff, ex-Lions, está próximo de ser contratado.

OT Mike Remmers: e a importância para a secundária continua, com os Vikes acertando um acordo de cinco anos e US$ 30 milhões com Remmers, ex-Panthers

DE/OLB Datone Jones: Jones sai dos Packers, por quem foi selecionado na primeira rodada, para jogar nos Vikings

CB Terence Newman: o interminável Newman está de volta. Os Vikings assinaram novo contrato com o cornerback de 38 anos

Tennessee Titans

OL Tim Lelito: Lelito não conseguiu se firmar em New Orleans, apesar de sua versatilidade. Mas os Titans confiam nele para brigar por espaço nas posições de guard ou center

CB Logan Ryan: campeão do Super Bowl LI com os Patriots, Ryan segue na AFC mas vai para o Sul.

S Jonathan Cyprien: ex-Jaguars, Cyprien deve continuar na AFC South, reforçando a secundária dos Titans

DE Karl Klug: apesar de lesão no tendão de Aquiles, Klug ganhou a confiança dos Titans e um novo contrato da franquia.

LB Wesley Woodyard: o linebacker assinou uma extensão de dois anos com os Titans. A medida é para cortar o impacto do veterano na folha salarial, fazendo seu salário cair de US$ 4,75 milhões para US$ 2,2 milhões, mais bônus por desempenho.

San Francisco 49ers

QB Brian Hoyer: dois anos, US$ 12 milhões

C Jeremy Zuttah: o center ia ser dispensado pelos Ravens, mas os 49ers acabaram ligando antes e conseguiram o jogador com uma troca sem tanto valor.

WR Pierre Garçon: o wide receiver, ex-Colts e Redskins, vai reforçar os Niners. Contrato é de dois anos e com US$ 16 milhões só na 1ª temporada, segundo Chris Mortensen da ESPN americana.

WR Marquise Goodwin: atacando as necessidades no corpo dos recebedores, os Niners também vão assinar com o veloz Goodwin, ex-Bills.

FB Kyle Juszczyk: o fullback foi para seu primeiro Pro Bowl na temporada passada e agora sai dos Ravens para os 49ers

QB Matt Barkley: os 49ers parecem ter sido os únicos a gostar dos quarterbacks dos Bears em 2016. Depois de contratar Hoyer, a franquia também trouxe Barkley em um contrato de dois anos, sem valor anunciado.

WR Aldrick Robinson: Kyle Shanahan conhece Robinson, que vem do Atlanta Falcons, campeão da NFC. Contrato também é de dois anos.

LB Malcolm Smith: MVP do Super Bowl XLVIII, Smith volta para a NFC West para jogar nos 49ers. Contrato é gordo: cinco anos, US$ 26,5 milhões, com US$ 13 milhões garantidos.

 

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top