NFL

Freddie Kitchens: campanha 7-8-1 é “inaceitável” para o Cleveland Browns

Freddie Kitchens, head coach do Cleveland Browns

(Crédito: Twitter/reprodução)

O general manager John Dorsey teve a honra de apresentar Freddie Kitchens como o novo head coach do Cleveland Browns nesta segunda-feira. O ponto mais marcante da entrevista coletiva do novo treinador é que 2018 foi só o começo do que virá para a franquia de Ohio.

“Me deixa louco o fato de as pessoas estarem felizes com uma campanha 7-8-1. Isso me deixa literalmente louco. E, se estivéssemos em um cenário diferente, meu vocabulário mostraria isso. Mas isso não é aceitável. Ninguém aqui quer isso”, declarou o técnico de 44 anos que reconheceu o avanço após desempenho de 1-31 combinando 2016 e 2017. “Entendemos que houve uma melhora, mas em nenhuma circunstância isso será aceitável. Nós temos apenas um objetivo aqui e é erguer o troféu Vinci Lombardi”.

Kitchens começou sua passagem nos Browns como treinador de running back e após a saída do head coach Hue Jackson e do coordenador ofensivo Todd Haley depois da semana 8, ele passou a ser o responsável pelo ataque interinamente. Comandado pelo quarterback calouro Baker Mayfield, o time de Cleveland passou a ter resultados ofensivos, o que lhe deu a oportunidade de ser entrevistado para o cargo de treinador.

Com uma comissão técnica experiente, que conta com Steve Wilks como coordenador defensivo e Todd Monken como coordenador ofensivo, Kitchens irá manter a responsabilidade pelas jogadas chamadas. “Eu falei a Todd ontem, eu não queria contratar alguém e apenas dar a ele o título de coordenador ofensivo. Eu queria um coordenador ofensivo que só não irá chamar as jogadas”, comentou antes de destacar que quer criar uma cultura baseada nas pessoas.

A boa relação com o quarterback Baker Mayfield foi um dos fatores que ajudaram ele a conquistar o posto de head coach, já que o time de Ohio não quer aumentar sua extensa lista de signal callers. O treinador falou sobre um dos seus principais jogadores.

“Acho que Baker faz um bom trabalho em entender seu papel e seu trabalho. Eu disse a ele, ele nunca será um produto finalizado. Enquanto ele mantiver esse mantra vivo, ele seguirá melhorando dia a dia e estaremos em uma boa posição”.

Comments
To Top