NFL

Frank Reich nega que decisão de Brissett lançar Hail Mary tenha relação com ombro de Luck

Andrew Luck, quarterback do Indianapolis Colts

(Crédito: Instagram/reprodução)

O torcedor do Indianapolis Colts ligou o alerta na última campanha da derrota por 20 a 16 para o Indianapolis Colts neste domingo. O quarterback Andrew Luck, que está voltando de uma temporada sem jogar por causa de cirurgia no ombro, deixou a partida na última jogada para Jacoby Brissett fazer uma Hail Mary.

“Isso não tem nada a ver com (o ombro) e tudo a ver com colocar a bola na end zone”, declarou o head coach Frank Reich.

A franquia de Indiana começou sua útima campanha na linha de jardas do campo defensivo. Luck levou a bola até a linha de 46 jardas e deu lugar a Brissett, que fez a última jogada da partida. O signal caller reserva fez cinco lançamentos de aquecimento antes de ir a campo tentar o Hail Mary da vitória. Ele fez um lançamento de mais de 60 jardas, colocando a bola no fundo da end zone.

“Demorou um segundo para eu entender o que estava acontecendo. Mas eu apoio a decisão 100%. Jacoby fez um baita passe. Ganhou algum tempo e colocou a bola lá”, declarou Andrew Luck.

Neste domingo, Luck fez seu terceiro jogo desde que passou por cirurgia em janeiro de 2017, O quarterback declarou na pré-temporada que poderia fazer todos os lançamentos necessários em uma partida. Contudo, a decisão deste domingo traz dúvidas a essa declaração.

“Jacoby tem um braço mais forte que o meu. É isso que vi no treino e o treinador Reich obviamente pensa o mesmo. Continuarei trabalhando meu braço para fazer arremessos de 80 jardas. Nenhum problema nessa decisão”, completou.

Comments
To Top