NFL

Frank Gore elogia Kenyan Drake: eu posso ver por que eles trocaram Jay Ajayi

Kenyan Drake, running back do Miami Dolphins

(Crédito: Twitter/reprodução)

O backfield ofensivo do Miami Dolphins está mais povoado este ano com a experiência de Frank Gore e a qualidade de Kenyan Drake. Os dois lideram o grupo de running back e o técnico Adam Gase até brincou essa semana que ambos são titulares.

E ainda que Gore, com seus 14 anos de experiência na NFL, chegue querendo jogar e mostrar que tem um pouco de gasolina no tanque, ele sabe que Drake tende a receber a maior parte da carga de trabalho. Aparentemente, tudo bem com isso.

No ano passado, quando ainda vestia a camisa do Indianapolis Colts, Gore assistiu um vídeo de jogo do atual companheiro de time e ficou impressionado com o desempenho de 120 jardas terrestres de Drake contra a forte defesa do Denver Broncos.

“Eu fiquei tipo: ‘cara, eu meio que vejo por que eles trocaram Jay Ajayi’”, afirmou Gore nesta semana, segundo o ‘Palm Beach Post’. “Ele é muito talentoso. Jay Ajayi era um grande back também, mas Kenyan é um cara muito talentoso. Ele é inteligente. Ele pode fazer tudo em campo. Eu acho que eu e ele podemos realmente ajudar o time a ter sucesso neste ano”, completou.

Nas cinco semanas finais da temporada passada, Drake liderou a NFL com 444 jardas corridas, dando uma mostra de sua explosão.

Agora, resta saber como Gase vai dividir a carga entre Drake e Gore. Independentemente do caso, certo é que esse é um problema bom para o head coach dos Dolphins.

Comments
To Top