NFL

Frank Gore deve desfalcar o Miami Dolphins pelo restante da temporada 2018

Frank Gore, running back do Miami Dolphins

(Crédito: Instagram/reprodução)

O running back Frank Gore, do Miami Dolphins, não deve mais atuar na temporada 2018 da National Football League, como apurou o jornalista Adam Schefter, da ‘ESPN’ norte-americana, nesta segunda-feira (17).

Isso possivelmente deve encerrar a carreira do atleta, um potencial futuro Hall of Famer, que não perde um jogo desde a temporada 2010 da NFL.

Gore passou por mais exames em seu pé torcido nesta segunda, depois de sair de campo neste domingo (16) com a lesão sofrida durante a derrota por 41 a 17 para o Minnesota Vikings.

Ainda segundo Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, Gore verá como seu pé vai reagir ao tratamento antes de ser determinado se ele precisará de cirurgia ou não.

Atualmente com 35 anos de idade e cinco vezes selecionado para o Pro Bowl em sua carreira, Gore está em sua primeira temporada vestindo a camisa dos Dolphins, depois de assinar um contrato de um ano de duração na offseason para ter a chance de jogar na cidade onde ele foi astro no futebol americano universitário. Ele jogou pela Universidade de Miami antes de entrar na NFL.

Frank Gore está na primeira posição entre jogadores em atividade, com 14.748 jardas corridas, e é o quarto na lista de todos os tempos, ficando apenas atrás de Barry Sanders, Walter Payton e Emmitt Smith, todos membros do Pro Football Hall of Fame (PFHOF).

Em 14 jogos na temporada 2018, Gore soma 156 corridas para 722 jardas, além de 12 recepções para 124 jardas e um touchdown.

O running back calouro Kalen Ballage deve assumiu uma boa parte da carga de trabalho que era de Gore. O jovem ganhou 123 jardas em 12 carregadas durante a derrota para os Vikings, anotando um touchdown em corrida de 75 jardas.

Comments
To Top