NFL

Joe Flacco será desfalque do Denver Broncos nesta semana; veja boletim de lesões

O quarterback Joe Flacco, do Denver Broncos, vai perder o jogo de domingo (3) contra o Cleveland Browns com uma hérnia de disco no pescoço. Além disso, a temporada do signal caller pode estar ameaçada caso a franquia do Colorado não receba um relatório médico favorável após a semana de folga do time, que é a semana 10.

Brandon Allen, trazido no dia 1º de setembro, após ser dispensado pelo Los Angeles Rams, será o titular dos Broncos contra os Browns.

O técnico Vic Fangio, do time de Denver, disse nesta segunda que o time ainda vai decidir mais adiante nesta semana se Brett Rypien será contratado e promovido do elenco de treinamento (practice squad) para o elenco ativo, ou se o calouro Drew Lock será ativado da injured reserve para ser o reserva de Allen.

“Joe não vai jogar nesta semana. Ele tem uma lesão de disco ou pescoço. Ele definitivamente vai perder esta semana e, então, vamos reavaliar depois do bye e ver onde ele está”, frisou o head coach.

Durante a segunda metade da derrota por 15 a 13 para o Indianapolis Colts, Flacco passou boa parte do tempo entre cada campanha ofensiva dos Broncos recebendo atendimento da equipe médica, que examinava o pescoço do QB. Depois do jogo, Flacco disse que sentiu ao menos alguma dor no pescoço “há algumas semanas” e que não sabia se havia tomado uma pancada no local durante o duelo contra os Colts.

Flacco sofreu três sacks contra os Colts, incluindo na última jogada da partida, e 11 vezes no total nos últimos dois jogos. Em oito jogos como titular nesta temporada 2019, Flacco sofreu 26 sacks.

Apenas dois QBs na liga sofreram mais sacks: Andy Dalton, do Cincinnati Bengals, e Jameis Winston, do Tampa Bay Buccaneers.

Ao ser questionado se Flacco precisaria de cirurgia, Fangio disse: “eles não sabem isso ainda. Acho que, neste minuto, eles não acham, mas essas coisas são fluidas”.

E, ao ser perguntado se Flacco poderia potencialmente ser movido para a injured reserve, o head coach completou: “não (até esta segunda), mas possivelmente, sabe, ainda estamos coletando informações”.

Os três QBs além de Flacco no elenco dos Broncos ainda não participaram de uma jogada sequer em um jogo de temporada regular da NFL.

Em outra notícia do departamento médico dos Broncos, o right tackle Ja’Wuan James agravou a lesão no mesmo joelho anteriormente lesionado, de acordo com Ian Rapoport, da ‘NFL Network’.

Confira mais notícias de lesões ao redor da NFL nesta segunda (28):

– O defensive end J.J. Watt, do Houston Texans, vai passar por cirurgia nesta semana depois de sofrer uma ruptura no músculo peitoral no último domingo. Ele não vai jogar mais nesta temporada 2019.

O jornalista Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, noticiou nesta segunda que Watt passará pelo procedimento cirúrgico no meio da semana, segundo fontes.

O prazo para recuperação de Watt gira em torno de quatro meses, o que deixaria o pass rusher apto a participar das OTAs (organized team activities) e do restante do programa de treinamentos de offseason em 2020, a menos que haja um contratempo na reabilitação.

Bill O’Brien, técnico dos Texans, disse aos repórteres nesta segunda que a chance de Houston fechar uma troca para reforçar a linha defensiva antes do prazo final para trocas, que é nesta terça, é “pequena a quase nula”.

Watt rompeu o músculo peitoral na primeira metade da vitória sobre o Oakland Raiders, neste domingo, e não retornou à partida.

A contusão significa que o três vezes Jogador Defensivo do Ano da NFL irá para a injured reserve pela terceira vez nos últimos quatro anos.

Em outra notícia do DM dos Texans, a lesão no ombro do left tackle Laremy Tunsil é considerada leve, segundo Rapoport.

– No New York Jets, o linebacker C.J. Mosley, que perdeu cinco dos últimos seis jogos devido a uma severa lesão na virilha, deve ficar afastado por mais cinco ou seis anos. Isso pode colocar o restante da temporada 2019 do defensor em risco.

Mosley “pode ter a oportunidade de voltar”, segundo o técnico Adam Gase disse nesta segunda, mas isso depende de uma variedade de fatores.

“Para nós, é melhor mantê-lo no elenco, meio que ver onde estamos quando chegarmos a esse ponto, ver onde estamos com nossa temporada e fazer uma determinação após isso”, frisou Gase.

O melhor prazo de retorno coloca uma possível meta para o começo de dezembro.

Mosley, que sofreu a lesão na estreia na temporada contra o Buffalo Bills, optou por não fazer cirurgia na época. Ele se consultou com especialistas, já que a lesão durou mais que o esperado.

E os Jets têm mais problemas com lesões. O quarterback Sam Darnold está lidando com uma entorse no polegar esquerdo, contusão sofrida na derrota para o Jacksonville Jaguars, neste domingo. Apesar do problema, o signal caller não saiu da partida.

Nesta segunda, Darnold se referiu à lesão como uma “questão de tolerância à dor”, insistindo que ele ficará bem.

Em notícias mais positivas, os Jets, que enfrentam o Miami Dolphins fora de casa no final de semana, podem ter o tight end Chris Herndon (músculo posterior da coxa) e o left tackle Kelvin Beachum (tornozelo) de volta para a semana 9.

– No Philadelphia Eagles, o técnico Doug Pederson disse que o wide receiver DeSean Jackson, afastado desde a semana 2 devido a uma lesão abdominal, deve retornar aos treinos nesta semana. Jackson tem se limitado a correr e a fazer reabilitação nos últimos dois meses.

O WR veterano será incorporado ao time na quarta, segundo Pederson, e isso significa que o status do jogador para o jogo de domingo contra o Chicago Bears segue sendo incerto.

Apesar disso, o wide receiver querido pela torcida parece estar cada dia mais próximo de voltar. Na estreia nesta temporada com os Eagles, Jackson liderou o time com oito recepções para 154 jardas e dois touchdowns.

E Jackson não é o único jogador que voltará às atividades. Pederson afirmou que o running back Darren Sproles (quadríceps) vai participar das atividades de quarta. Além disso, o running back calouro Miles Sanders está sendo avaliado dia a dia depois que os exames realizados no seu ombro não apontaram lesão grave.

Doug Pederson ainda disse que o offensive tackle Jason Peters (joelho) não vai treinar nesta semana e o linebacker Nigel Bradham (tornozelo) também não está pronto para voltar às atividades.

– No Carolina Panthers, o técnico Ron Rivera anunciou que o quarterback Kyle Allen será titular novamente nesta semana enquanto Cam Newton (pé) continua com sua reabilitação. Os Panthers recebem o Tennessee Titans no domingo.

Rivera também disse que o tackle Greg Little ainda está no protocolo de concussão e não há prazo para seu retorno. Mas o head coach não acredita que ele ficará fora do restante da temporada.

– No Oakland Raiders, os exames de raios-x realizados no center Rodney Hudson não apontaram fratura, mas o jogador passará por mais exames em seu tornozelo lesionado, segundo Ian Rapoport, da ‘NFL Network’. O offensive lineman saiu durante a derrota para o Houston Texans com a contusão.

– No Arizona Cardinals, o running back Chase Edmonds deve perder algumas semanas devido a uma distensão no músculo posterior da coxa, segundo Tom Pelissero, da ‘NFL Network’. Os Cardinals acertaram uma troca com o Miami Dolphins para adquirir o running back Kenyan Drake nesta segunda.

– No Washington Redskins, o técnico Bill Callahan disse que o quarterback Case Keenum não treinou nesta segunda e segue no protocolo de concussão. Callahan acrescentou que Dwayne Haskins será o titular no domingo contra o Buffalo Bills caso Keenum não esteja à disposição.

Também nos Redskins, o running back Derrius Guice retornou aos treinos nesta segunda. O time de Washington espera que Guice retornou na semana 11 contra o New York Jets. O jogador disputou apenas um jogo nesta temporada devido a uma ruptura no menisco.

– No Atlanta Falcons, o técnico Dan Quinn disse que, se o time tivesse um jogo neste próximo final de semana, ele acredita que o quarterback Matt Ryan (tornozelo) seria capaz de jogar. Ele prevê que Ryan consiga atuar quando os Falcons retornarem da bye week.

Quinn também falou que o defensive end John Cominsky sofreu uma entorse no tornozelo neste domingo e espera que o calouro consiga jogar na semana 10 contra o New Orleans Saints.

– No Seattle Seahawks, o técnico Pete Carroll confirmou que o center Justin Britt sofreu uma ruptura no ligamento cruzado anterior do joelho, durante a vitória sobre o Atlanta Falcons, e precisará passar por cirurgia. Ele não joga mais nesta temporada.

– O Miami Dolphins ativou o defensive tackle Robert Nkemdiche da lista de jogadores sem condições físicas de desempenhar (PUP list). O time de Miami também trouxe o cornerback Xavier Crawford, ex-Houston Texans, mas a transação só será completada nesta terça.

Os Dolphins deixaram os seguintes jogadores entre os inativos para o Monday Night Football contra o Pittsburgh Steelers: o safety Reshad Jones, o running back Myles Gaskin, o center Daniel Kilgore, o center/guard Keaton Sutherland, o tackle Andrew Donnal, o wide receiver Isaiah Ford e o defensive end Avery Moss.

Durante a derrota por 27 a 14 para os Steelers, no MNF, o cornerback Ken Webster (tornozelo) e o cornerback Xavien Howard (joelho) saíram de campo e não retornaram para a partida. O técnico Brian Flores disse aos repórteres que Howard vai passar por uma ressonância magnética no joelho nesta terça.

– O Pittsburgh Steelers listou os seguintes inativos para o Monday Night Football contra o Miami Dolphins: o quarterback Paxton Lynch, o cornerback Justin Layne, o running back Jaylen Samuels, o linebacker Ulysees Gilbert III, o offensive lineman Chukwuma Okarafor, o tight end Zach Gentry e o defensive end L.T. Walton.

Na vitória por 27 a 14 sobre o Miami Dolphins no MNF, o guard Ramon Foster saiu do jogo para ser avaliado com suspeita de concussão e não voltou, enquanto que o running back Benny Snell não voltou após lesionar o joelho. O técnico Mike Tomlin afirmou após a partida que Foster está no protocolo de concussão.

Tomlin acrescentou que o running back James Conner sofreu uma contusão no ombro e terá a sua junta acromioclavicular examinada.

Conner foi visto deixando o vestiário dos Steelers, no Heinz Field, com o braço direito apoiado em uma tipóia e ele não conversou com os jornalistas após a partida, de acordo com Mike Giardi, da ‘NFL Network’.

1 Comment

1 Comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popular

NFL, NBA MMA e MLB. Notícias, relatos e colunas. E uma pitada de humor de tiozão. Contato: contact@quintoquartobr.com
Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright © 2015 The Mag Theme. Theme by MVP Themes, powered by Wordpress.

To Top