NFL

Ex-técnico Ben McAdoo vê New York Giants vencendo a NFC East em 2018

Ben McAdoo, ex-técnico do New York Giants

(Crédito: Twitter/reprodução)

Ben McAdoo, ex-técnico do New York Giants, falou pela primeira vez publicamente desde que foi demitido pela franquia, em dezembro do ano passado, e engana-se quem acha que ele demonstrou algum ressentimento.

O ex-head coach fez uma avaliação bastante positiva de seu antigo empregador e ainda destruiu os rivais dos Giants na divisão NFC East.

“Eu acho que eles vão ganhar a divisão”, falou McAdoo sobre os Giants, em entrevista ao jornal ‘New York Post’. “Eu acho que Philly, quanto sucesso Philly teve? Eu acho que eles vão ter dificuldade em lidar com o sucesso. Dallas, eu gosto da linha ofensiva deles, mas há quanto tempo estamos dizendo isso? A defesa deles, eles têm um monte de caras jovens jogando como DBs (defensive backs). Sean Lee está bem baleado e a linha defensiva deles tem um monte de caras se metendo em encrenca o tempo todo. E Washington é Washington, certo?”, prosseguiu.

McAdoo também observou que gostou das movimentações dos Giants nesta offseason.

“Eu acho que eles fizeram muitas mudanças que eu queria fazer”, ressaltou.

Essa observação de McAdoo pode dar a entender que as dificuldades que ele enfrentou durante sua passagem como head coach dos Giants podem ser creditadas ao ex-general manager Jerry Reese, que construiu o elenco anterior.

“Eles fizeram as movimentações para melhorar na linha ofensiva, deixaram os caras certos saírem, eles tiveram que fazer isso com Weston (Richburg) e (Justin) Pugh – eu acho que isso foi inteligente. Trazer o guard (Will Hernandez) para lá, eu não o conheço, mas se ele tiver metade do que dizem, ele pode lutar. Isso vai ajudá-los, ter aquele cara durão no interior, porque ter opções no pocket é muito importante com Eli (Manning). Ele não pode enfrentar pressão no meio e ser bem-sucedido. Eu ficaria preocupado com o center. Acho que Brett Jones provavelmente será o center. Eu tenho dificuldades para imaginar o outro cara (Jon Halapio) fazendo isso”, frisou.

McAdoo não crê que Nate Solder valha a grande quantia em dinheiro que os Giants investiram nele, mas o ex-treinador de New York sabe que contratar um grande left tackle foi uma decisão inteligente por parte da organização.

“Conseguir um left tackle lá vai ajudá-los de muitas maneiras. Eu não acho que ele seja um jogador muito bom, mas eu acho que isso vai ajudá-los de várias formas onde eles precisavam de ajuda naquele grupo no passado e não tinham ninguém para fazer isso”, analisou. “Foi bom eles terem se livrado do salário do (defensive end Jason Pierre-Paul). Eu acho que simplesmente trocou JPP por Solder, e eu acho que é uma boa decisão, realmente”, finalizou.

Ben McAdoo durou menos de duas temporadas como técnico principal do Giants, com um retrospecto de 13 vitórias e 15 derrotas, incluindo duas vitórias e 10 derrotas na temporada 2017 antes de ser demitido. Nem uma vaga nos playoffs em sua primeira temporada no posto o salvou do corte.

O ataque de McAdoo foi um dos grandes pontos fracos dos Giants, com médias de apenas 17,8 pontos por jogo e 314,7 jardas por partida, sendo está última a terceira pior marca de toda a NFL.

Comments
To Top