NFL

Everson Griffen está de saída do Minnesota Vikings; veja boletim

Everson Griffen, defensive end da NFL

O Minnesota Vikings perdeu mais uma importante peça de sua defesa nesta sexta-feira (20). Isso porque o defensive end Everson Griffen, que vestiu a camisa da franquia por dez temporadas, anunciou que está de saída.

Selecionado pelos Vikings na quarta rodada do draft de 2010, Griffen disse adeus à torcida e ao estado de Minnesota em uma postagem em sua conta no Instagram.

“Embora seja com dor no coração que digo adeus, deixo Minnesota na melhor forma física e mental que já estive e tenho muitas temporadas de Pro Bowl por vir! Onde quer que minha próxima parada seja, sempre serei grato e estarei torcendo pelos Vikings”, escreveu Griffen no Instagram.

 

Ver essa foto no Instagram

 

When I came to Minnesota as a fourth-round pick out of USC, I had no idea how much my life would change over the next 10 years. I realized my dream of playing in the NFL, went to four Pro Bowls and came within one game of playing in the Super Bowl in front of the best fans in the country. More importantly, I became a husband, a dad, and met teammates who became brothers for life. I also stumbled a few times on my journey and could not be more grateful for the unconditional support and love I received from SKOL Nation. While it is with a heavy heart that I say goodbye, I leave Minnesota in the best physical and mental shape I have ever been and have many Pro Bowl seasons to come! Wherever my next stop is, I will always be grateful to and cheering for the Vikings. Thank you all for the love, support and memories.

Uma publicação compartilhada por Everson Griffen (@eversongriffen) em

Atualmente com 32 anos de idade, Griffen anulou os últimos três anos de seu contrato (2020 a 2022) em fevereiro depois que ele chegou a dois valores na temporada passada (seis ou mais sacks e atuar em 57% ou mais dos snaps defensivos).

Vários contrários se anulam automaticamente quando um atleta chega a certas marcas. Griffen era um de dois jogadores na temporada passada que tinha uma cláusula desse tipo, controlada pelo jogador, em seus contratos, segundo a ‘ESPN’ norte-americana.

A saída do pass rusher abriu US$ 13,1 milhões em espaço no teto salarial dos Vikings.

No mês passado, durante o NFL Scouting Combine, o técnico Mike Zimmer deixou claro que queria que Griffen seguisse na franquia para 2020.

Quatro vezes selecionado ao Pro Bowl, Griffen somou 87 jogos como titular desde que se tornou um titular em tempo integral em 2014. Na temporada 2014, Griffen somou oito sacks e 24 knockdowns.

Griffen é o quarto na história dos Vikings com 74,5 sacks, atingindo 13 sacks (maior marca de sua carreira) durante a temporada 2017.

Em setembro de 2018, dois incidentes envolvendo a polícia levaram Griffen a se afastar do futebol americano por cinco semanas para buscar tratamento para problemas de cunho de saúde mental e bem-estar. Ele retornou na semana 8 daquela temporada, somando 4,5 de seus 5,5 sacks do ano depois do retorno.

Na temporada passada, o defensor acertou um corte salarial para continuar nos Vikings. Agora, contudo, ele quer buscar novos ares.

A defesa dos Vikings vem sofrendo com uma grande saída de jogadores. O time cortou o defensive lineman Linval Joseph e o cornerback Xavier Rhodes, e também perdeu os cornerbacks Trae Waynes e Mackensie Alexander, e os safeties Andrew Sendejo e Jayron Kearse na free agency.

Confira mais movimentações importantes na NFL nesta sexta (20):

– Em uma raríssima troca entre rivais da divisão AFC North, o Baltimore Ravens mandou o defensive end Chris Wormley e uma escolha de sétima rodada do draft de 2021 ao Pittsburgh Steelers em troca por uma escolha de quinta rodada do draft de 2021.

Os times anunciaram a troca, que apenas será oficializada após um teste físico no jogador.

A única outra troca de jogadores entre os arquirrivais aconteceu em 1997, quando os Ravens adquiriram o offensive lineman Bernard Dafney dos Steelers.

Atualmente com 26 anos de idade, Wormley foi titular em sete jogos em 2019 na quarta melhor defesa da NFL. Selecionado na terceira rodada do draft de 2017, ele ficou em 11º na temporada passada, com 33 tackles, e fez 1,5 sacks.

Ao trocar Wormley, os Ravens abriram US$ 2,133 milhões no salary cap, algo muito importante para a equipe.

Ele se tornou uma peça dispensável para a franquia de Maryland depois que os Ravens melhoraram sua linha ofensiva com a troca para adquirir Calais Campbell junto ao Jacksonville Jaguars e a contratação de Michael Brockers. Baltimore ainda renovou com os defensive linemen Jihad Ward e Justin Ellis.

– O New Orleans Saints resolveu abrir o bolso para manter o offensive lineman Andrus Peat. A franquia da Louisiana chegou a um acordo de cinco anos, com valor de US$ 57,5 milhões, sendo US$ 33 milhões em garantias.

A renovação foi confirmada pelos Saints.

O versátil jogador de linha atuou tanto na função de tackle quanto na de guard nos últimos cinco anos com a camisa dos Saints, desde que foi selecionado na primeira rodada do draft de 2015. No total, são 60 jogos como titular no currículo.

Atualmente com 26 anos de idade, Peat foi titular em 10 jogos em 2019, enquanto lutou contra uma lesão no antebraço no final da temporada. Ele ainda retornou a tempo de participar da derrota para o Minnesota Vikings, nos playoffs.

– O New England Patriots perdeu Tom Brady para o Tampa Bay Buccaneers e, pela primeira vez desde 1992, a franquia de Foxborough tem um enorme problema para resolver na principal posição do futebol americano.

E não espere que a resposta para esse problema atenda pelo nome de Jameis Winston.

É “improvável que o ex-quarterback dos Bucs chegue à equipe comandada por Bill Belichick, segundo Mike Giardi, da ‘NFL Network’.

– O Dallas Cowboys acertou um novo contrato com o cornerback C.J. Goodwin. O acordo é de um ano, com valor de pouco mais de US$ 1 milhão, segundo Ian Rapoport, da ‘NFL Network’.

– Os times da NFL poderão começar a contratar jogadores da XFL a partir da próxima segunda (23), como apurou Tom Pelissero, da ‘NFL Network’. A XFL oficialmente cancelou o restante de sua temporada 2020 nesta sexta, algo que já havia sido noticiado anteriormente.

– O Tampa Bay Buccaneers contratou o offensive lineman Joe Haeg sob contrato de um ano de duração, com valor de US$ 2,3 milhões, podendo chegar a até US$ 3,3 milhões. As informações foram apuradas por Ian Rapoport e Mike Garafolo, da ‘NFL Network’.

– O safety Deon Bush fechou contrato de um ano, com valor de US$ 1,4 milhão, com o Chicago Bears, segundo Ian Rapoport, da ‘NFL Network’.

– O Houston Texans contratou o defensive back Jaylen Watkins, ex-Chargers, sob contrato de dois anos, com valor de US$ 3 milhões, segundo Tom Pelissero, da ‘NFL Network’.

– O Indianapolis Colts está renovando com o offensive lineman La’Raven Clark, segundo Tom Pelissero, da ‘NFL Network’.

– O linebacker Lerentee McCray está voltando ao Jacksonville Jaguars, segundo o agente do jogador.

– O New York Jets chegou a um acordo com o linebacker Neville Hewitt. O contrato é de um ano, com valor de US$ 2 milhões, segundo Ian Rapoport, da ‘NFL Network’.

– O Carolina Panthers anunciou a contratação do wide receiver/retornador Pharoh Cooper, que passou a maior parte da temporada 2019 no Arizona Cardinals e foi selecionado para o primeiro time All-Pro em 2017. Os Panthers também contrataram o cornerback Juston Burris e o tight end Seth DeValve.

– O New Orleans Saints chegou a um acordo de um ano com o defensive back Justin Hardee.

– O Atlanta Falcons dispensou o punter Ryan Allen nesta sexta, mas devem recontratá-lo, segundo Tom Pelissero, da ‘NFL Network’, que deixa claro que a decisão é apenas um procedimento.

– O New England Patriots está contratando o fullback Danny Vitale, como noticiou o jornalista Tom Pelissero, da ‘NFL Network’.

– O Kansas City Chiefs está contratando o cornerback Antonio Hamilton, ex-New York Giants, sob contrato de um ano de duração. A informação é de Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, que acrescenta que Hamilton recusou mais dinheiro de outros times para ir aos atuais campeões do Super Bowl.

– O Detroit Lions anunciou a contratação do safety Miles Killebrew, mas não divulgou os detalhes.

Comments
To Top