NFL

Esposa de Brent Grimes ataca diretoria dos Dolphins com linguagem antissemita

(Crédito: Instagram/reprodução)

(Crédito: Instagram/reprodução)

Miko Grimes, esposa do cornerback Brent Grimes, ex-jogador do Miami Dolphins e atual membro do Tampa Bay Buccaneers, voltou a atacar a franquia de Miami nesta segunda-feira (11) e ela utilizou linguagem antissemita em seu Twitter.

Referindo-se a Stephen Ross, proprietário dos Dolphins, e Mike Tannenbaum, vice-presidente de operações da franquia, Miko escreveu no Twitter:

“Tem que respeitar Ross por manter seus amigos judeus empregados, mas ele não viu como Tannenbaum colocou os Jets no lixo com aquele acordo com (Mark) Sanchez?”, escreveu Miko Grimes, citando a passagem do Tannenbaum como general manager do New York Jets e relembrando a seleção do quarterback Mark Sanchez no draft de 2009.

Posteriormente, Miko Grimes esclareceu sua postagem também pelo Twitter: “pensam que eu vou tweetar comentários racistas em uma tentativa de ofender DUAS PESSOAS? Por que eu faria? Por que eu gostaria de ofender os judeus?”.

Miko Grimes também enviou uma nota à ‘ESPN’ dos Estados Unidos esclarecendo a declaração.

“Quando eu escrevi ‘amigos judeus’ eu estava falando como muitas comunidades (judaica, cristã, gays, algumas vezes fraternidades e irmandades) vão contratar suas ‘próprias pessoas’ para empregos antes de outros. Isso é um fato! Por que as pessoas acham esses fatos ofensivos é estranho para mim. E agora sou uma racista? Muitas risadas! Como?”, falou. “Se o que eu disse é racista ou antissemita, por que também não é racista contratarem os seus? Os Estados Unidos são um lugar facilmente ofendido, de reações falsas. (…) Qualquer um que pensa que sou racista precisa construir uma me*** de uma ponte e passar por cima disso. Eu não sou racista, sou realista”, completou.

Malcolm Glazer, falecido proprietário do Tampa Bay Buccaneers, atual time de Brent Grimes, tem família com descendentes de imigrantes judeus da Lituânia e eles perderam parentes no Holocausto. Inclusive, Malcolm Glazer contribuiu para a construção da Sinagoga de Palm Beach antes de sua morte.

A equipe de relações públicas do Tampa Bay Buccaneers afirmou estar ciente dos tweets de Miko Grimes.

Também via Twitter, a esposa do cornerback dos Bucs afirmou que as coisas ficaram tão ruins para seu marido que ele chegou a cogitar a aposentadoria antes de selar um acordo com o Tampa Bay Buccaneers nesta offseason.

“Meu marido ia se aposentar se ficasse nos Dolphins, então eu falei com ele para não pensar nisso e o tirei de seu contrato. Agora temos Jameis!”, escreveu Miko, citando o quarterback dos Bucs. “De jeito nenhum eu ia deixar ele se aposentar com uns vagabundos como QB, GM e proprietário. Vamos agora para cima com um QB REAL, não um WR como QB”, prosseguiu, referindo-se também a Ryan Tannehill, quarterback do Miami Dolphins, que chegou a jogar de wide receiver na faculdade.

Miko Grimes não parou por aí ao falar do marido: “agora ele está feliz novamente! Mal pode esperar para jogar! Ele tem esperança! Ele tem um verdadeiro GM! Um verdadeiro proprietário! Um verdadeiro QB! Tudo é possível”.

A esposa de Brent Grimes já causou muito problema nas redes sociais e, no ano passado, por exemplo, ela criticou publicamente Ryan Tannehill, que lançou 24 touchdowns e 12 interceptações em 2015.

No encontro de proprietários da NFL, realizado em março, Stephen Ross admitiu que as postagens de Miko Grimes nas redes sociais pesaram na decisão dos Dolphins de cortar o cornerback do time.

“Eu acho que todo sabe o que ela representava. Eu achei que foi melhor para os Dolphins se separar de Brent e Miko”, falou o dono da franquia na época.

Prestes a completar 33 anos de idade (faz aniversário no dia 19 deste mês), Brent Grimes assinou contrato de dois anos com o Tampa Bay Buccaneers em março.

Comments
To Top