NFL

Eric Weddle se aposenta após 13 temporadas na NFL; veja boletim

Eric Weddle, safety da NFL

Um dos maiores defensive backs de sua geração resolveu pendurar o capacete. O safety Eric Weddle, atualmente com 35 anos de idade, anunciou sua aposentadoria nesta quinta-feira (6).

Ele jogou 13 temporadas na National Football League, tendo passado pelo então San Diego Chargers, por Baltimore Ravens e pelo Los Angeles Rams.

Weddle fez o anúncio em uma postagem em seu Twitter, com uma foto de um bloco de notas com suas estatísticas durante toda a carreira, somando jogos de temporada regular e de pós-temporada.

Levando em conta apenas jogos de temporada regular, foram 201 partidas ao todo, com 29 interceptações (quatro retornadas para touchdown), 99 passes defendidos, oito fumbles forçados, cinco fumbles recuperados e 1.178 tackles totais, além de 9,5 sacks.

Após passar por sua primeira cirurgia em mais de uma década de carreira da NFL (no menisco), algo extremamente raro na liga, Weddle afirmou que tiraria um tempo para tomar uma decisão. E, nesta quinta, ela foi tomada.

Com os Rams rejuvenescendo sua secundária, já parecia que a breve passagem de Weddle por Los Angeles estava chegando ao final. Assim, o safety decidiu parar em vez de buscar outra equipe na NFL.

Weddle deixa a NFL como um dos grandes nomes de sua posição, sendo conhecido pela extrema inteligência e capacidade de fazer jogadas.

Nas últimas nove temporadas, Weddle foi selecionado seis vezes ao Pro Bowl, foi duas vezes ao primeiro time All-Pro e liderou a NFL em interceptações em 2011.

Eric Weddle entrou na NFL em 2007, quando foi selecionado pelos Chargers na segunda rodada do draft, e logo se estabeleceu como um grande ‘buscador’ de bolas. Após nove temporadas no time de San Diego, ele se mudou para o Baltimore Ravens, onde atuou por três temporadas antes de assinar um contrato de dois anos com os Rams em 2019.

Confira mais movimentações importantes na NFL nesta quinta (6):

– O kicker Joey Slye assinou uma extensão de contrato com o Carolina Panthers nesta quinta, como anunciou a franquia da Carolina do Norte de maneira oficial.

Os Panthers foram forçados a encontrar um novo kicker pouco antes do início da temporada 2019 devido a uma lesão grave na perna de Graham Gano. E Slye correspondeu às expectativas colocadas sobre ele.

O jovem kicker de 23 anos de idade acertou 25 de seus 32 field goals chutados (incluindo oito de 11 tentativas de 50 jardas ou mais de distância) e converteu 31 de 35 extra points em sua primeira temporada completa na NFL.

A renovação com Slye é curiosa, já que significa provavelmente que os Panthers estão se separando de Gano, atualmente com 32 anos de idade.

– O Cleveland Browns contratou seu novo coordenador defensivo e acertou com Joe Woods, como apurou Tom Pelissero, da ‘NFL Network’.

Woods passou 2019 como treinador de defensive backs e coordenador de jogo de passe do San Francisco 49ers, liderando um grupo que tinha nomes como o cornerback veterano Richard Sherman. E a unidade terminou com a melhor em defesa contra o passe na NFL.

Ele tem uma passagem de quatro anos pelo Denver Broncos, onde foi coordenador defensivo em 2017 e 2018, e treinador de defensive backs em 2015 e 2016.

– O Baltimore Ravens anunciou nesta quinta que renovou o contrato do offensive tackle Andre Smith por um ano. Os detalhes do contrato não foram divulgados.

O jogador de linha ofensiva tem experiência de 12 anos na NFL.

Smith foi inicialmente contratado pelos Ravens no dia 8 de janeiro, depois que a equipe colocou o guard Parker Ehinger na injured reserve. Smith havia sido dispensado pelo Cincinnati Bengals no dia 30 de novembro, o que o deixou livre para assinar com os Ravens antes dos playoffs.

Apesar disso, Andre Smith não atuou na pós-temporada.

Smith foi titular em cinco dos seis jogos que disputou em Cincinnati em 2019. Ele teve uma passagem breve de oito jogos pelo Arizona Cardinals em 2018 e atuou quatro jogos com a camisa do Minnesota Vikings em 2016. O tackle passou todo o restante de sua carreira nos Bengals, time que o selecionou com a sexta escolha geral do draft de 2009.

– O Tennessee Titans decidiu não substituir o recém-aposentado coordenador defensivo Dean Pees em 2020.

A franquia de Nashville anunciou nesta quinta que finalizou sua comissão técnica para a próxima temporada sem um coordenador defensivo. E a adição final é o assistente veterano Jim Haslett, que chega para ser o treinador de inside linebackers dos Titans.

Haslett trabalhou pela última vez no Cincinnati Bengals como treinador de linebackers entre 2016 e 2018. Ele é um assistente técnico na NFL desde 1993 e teve vários empregos como coordenador defensivo, incluindo New Orleans Saints (1996), Pittsburgh Steelers (1997 a 1999), St. Louis Rams (2006 a 2008) e Washington Redskins (2010 a 2014). Ele também foi head coach dos Saints de 2000 a 2005 e trabalhou como head coach interino dos Rams em 2008.

Comments
To Top