NFL

Em sua apresentação, Vance Joseph prevê briga “aberta” pela vaga de QB dos Broncos

Vance Joseph, técnico do Denver Broncos

(Crédito: Twitter/reprodução)

Um dia depois de ser anunciado como novo técnico do Denver Broncos, Vance Joseph foi apresentado de maneira oficial nesta quinta-feira (12) e John Elway, vice-presidente executivo de operações e general manager da franquia, não escondeu sua empolgação com a chegada do profissional.

Ao apresentar o 16º técnico da história dos Broncos, o dirigente brincou com os jornalistas e falou: “vou dizer isso, ele é muito inteligente. Ele é um ex-quarterback”.

Elway, que também foi um grande QB na NFL, vê em Joseph um técnico preparado para substituir o agora aposentado Gary Kubiak e levar o time de volta ao Super Bowl.

“Depois do choque de saída de Gary e de olhar para frente tentando substituí-lo, eu vou ser completamente honesto com vocês: eu não poderia estar mais feliz com a chance de ocupar a vaga de Gary com Vance Joseph”, observou. “Foi muito importante encontrar alguém que se encaixasse não cultura que temos (…) e é por isso que eu acredito que ele é o ajuste perfeito para nós”, completou.

Confira o convite de Paulo Mancha para o Curso All-Star, organizado pelo QQ

Vance Joseph com certeza está contente com tanta confiança sendo depositada nele e não escondeu sua felicidade com o novo emprego.

“É um grande lugar, uma grande cidade para trabalhar, é um lugar especial porque só pensa em vencer. Esse é o meu objetivo aqui: vencer”, declarou o técnico de 44 anos de idade, que foi jogador da Universidade do Colorado e, portanto, conhece bem a região.

John Elway, que acredita em um rápido retorno da franquia aos playoffs, depois de terminar a temporada 2016 com 9-7 e ficar fora da pós-temporada pela primeira vez desde 2010, estava buscando um jovem técnico com capacidade de motivar e se relacionar bem com os jogadores. E ele encontrou isso em Joseph, que tem habilidade para liderar uma grande organização.

O novo head coach, inclusive, chegou a ser entrevistado pelos Broncos no início de 2015, logo após a saída de John Fox, e só não foi contratado porque Gary Kubiak ficou à disposição e foi a opção da franquia na época.

“Estou animado e orgulhoso por ser o próximo técnico dos Broncos. Obviamente, nosso padrão é vencer campeonatos, mas não podemos ignorar o trabalho. Este trabalho não será uma reconstrução, é uma reinicialização”, pontuou.

Vance Joseph chega a Denver depois de ser o coordenador defensivo do Miami Dolphins em 2016. A experiência do novo head coach dos Broncos na defesa é muito grande, mas ele sabe que a equipe precisa achar um quarterback para o futuro se quiser ter sucesso.

“Vai ser uma competição aberta”, falou Joseph, referindo-se à briga entre Trevor Siemian, titular nesta última temporada, e Paxton Lynch, selecionado na primeira rodada do draft de 2016. “Eu assisti Trevor – obviamente ele tem mais experiência”, prosseguiu.

Joseph chamou Siemian de “inteligente, rápido com a bola”, ressaltando que ele é confiável. Apesar disso, o novo comandante não se esqueceu do tamanho e capacidade atlética de Lynch, elogiando seus dois quarterbacks, sendo “ambos jovens e capazes”.

Ao ser questionado sobre qual esquema ofensivo ele prefere, Vance Joseph foi simples em sua resposta.

“Eu quero um ataque que esteja atacando”, frisou. “Quando você joga (contra) um ataque que está atacando, isso faz você ser cuidadoso com suas chamadas (defensivas). Eu quero um ataque com muita confiança, com up-tempo (agilidade) e com chance de marcar pontos”, completou.

Mesmo com o background defensivo de Joseph, Elway demonstrou estar confiante com a capacidade do novo head coach de fazer grandes coisas ofensivamente.

“Vocês podem achar que ele só conhece o lado defensivo, mas ele está ciente do que precisamos fazer no lado ofensivo também. Eu acho que é por isso que a combinação é incrível”, ressaltou o general manager.

Uma das questões das quais Joseph se esquivou nesta quinta foi sobre o futuro de Wade Phillips, coordenador defensivo cujo contrato está chegando ao fim e que pode fechar com outra franquia. O novo técnico deixou claro que Phillips é um “agente livre” e está liberado para encontrar um novo emprego, mas também se referiu à lenda defensiva como um de seus “pais no futebol americano”, alguém com quem mantém contato constante.

Um dos candidatos ao cargo de coordenador defensivo é Joe Woods, treinador de secundária do Denver Broncos.

Vance Joseph confirmou que pretende entrevistar Bill Musgrave, ex-coordenador ofensivo do Oakland Raiders, e Mike McCoy, ex-técnico principal do San Diego Chargers e ex-coordenador ofensivo do Denver Broncos. Ambos serão pesquisados para o cargo de coordenador ofensivo da franquia do Colorado e, segundo Joseph, ele busca um cara que ajuste o esquema aos jogadores e não o contrário.

Comments
NFL, NBA e MLB. Notícias, relatos e colunas. E uma pitada de humor de tiozão. Contato: [email protected]
Copyright © 2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18


Jogue com responsabilidade


To Top