NFL

Em prol da emoção, NFL estuda extra point de 43 jardas de distância

(Crédito: divulgação)

(Crédito: divulgação)

O extra point foi um assunto frequentemente em pauta neste início de inter-temporada da NFL e a discussão vem de longe. No último mês de janeiro, o comissário da NFL Roger Goodell chegou a declarar que a liga estava analisando a possibilidade de eliminar os chutes extras depois dos touchdowns, também conhecidos pela sigla PAT. Mas, agora, outra proposta está parecendo mais real.

Uma maneira que está sendo estudada para adicionar emoção ao lance” é aumentar a distância de chute. E segundo o site NFL.com, a liga está em estágios iniciais para discutir o recuo do chute da linha de duas jardas para a de 25, o que mudaria a distância do chute de atuais 20 jardas para 43 jardas.

De acordo com um membro do Comitê de Competição da NFL, que falou ao site oficial da liga, “ainda não há um consenso, mas podemos experimentar na pré-temporada”. Entretanto, o próprio membro do comitê afirmou que a proposta ainda não chegou em estágio de ser colocado em prática.

Para elucidar o quanto os extra points são ‘automáticos’ nas condições atuais, os kickers chutaram 1.267 deles na temporada 2013 e acertaram (PASMEM!) 1.262, ou seja, 99,6% foram convertidos. Dos cinco chutes errados, aliás, quatro deles foram bloqueados, ou seja, apenas um kicker errou de fato o extra point e ele foi Blair Walsh, do Minnesota Vikings, que na semana 9, em duelo contra o Dallas Cowboys, errou o chute na derrota do seu time para os texanos por 27 a 23.

Para os chutes entre 40 e 49 jardas, os kickers tiveram um aproveitamento, no geral, de 83%, mas poucos kickers especificamente ficaram perto deste aproveitamento. Vários chutadores acertaram menos de 75% das tentativas desta distância.

Comments
To Top