NFL

Em noite Chris Johnson, Cardinals vencem Ravens e ampliam liderança na NFC Oeste

chris johnson_cardinals_ravens

(Crédito: Reprodução/Instagram)

Foi um Monday Night Football de poucas emoções até a última campanha. Os chutes errados e as bizarras chamadas da arbitragem se destacaram mais do que o jogo em si. Mas deu a lógica. Nesta segunda-feira (26), o Arizona Cardinals (5-2) fez valer o mando e venceu o Baltimore Ravens (1-6) por 26 a 18 no University of Phoenix Stadium.

Carson Palmer (20/29, 275 jardas, 2 TDs) fez mais um jogo consistente comandando o ataque dos Cardinals e abusando dos passes longos, mas Chris Johnson foi o grande destaque da noite com 122 jardas e 1 TD. Joe Flacco (26/40, 252 jardas, 1 TD, 1 INT) tentou responder do outro lado, mas o ataque dos Ravens produziu muito pouco e teve 6 campanhas encerradas em punt, além de uma interceptação e um fumble.

Mais do que os belos passes de Palmer, certamente o duelo ficará marcado por dois erros grotescos da arbitragem. Durante o primeiro tempo, quando os Ravens ainda estavam no jogo, os oficiais não viram o linha ofensiva John Urschel se declarar elegível para receber passe. Quando Flacco procurou o o camisa 64 para o passe, os árbitros apontaram a falta de illegal formation, fadando a campanha dos Ravens a terminar em um field goal.

Já no segundo tempo, os árbitros colocaram na própria conta metade das jardas corridas pelo RB Chris Johnson. Após ser agarrado na linha de scrimmage, Johnson foi parado pela defesa dos Ravens, mas acabou caindo em cima do defensor. Obviamente sem conseguir avançar, o que obrigaria os oficiais a parar a jogada, não tocou o chão. Sem apito dos árbitros, o corredor levantou-se e disparou por mais de 60 jardas, colocando os Cardinals em posição privilegiada dentro da redzone.

Chandler Catanzaro, kicker de Arizona, tentou compensar o apito amigo, errando um chute logo na primeira campanha e, no último quarto, desperdiçando o extra point que colocaria sua equipe em vantagem de três posses de bola.

O duelo ainda ameaçou aumentar as expectativas de um final disputado quando os Ravens bloquearam um punt, recuperaram a bola na linha de uma jarda e anotaram o touchdown. Na posse que tiveram para tentar o two-minute drill, Baltimore chegou a linha de 4 jardas do campo ofensivo, Flacco lembrou o QB de 2012 até que… foi interceptado por Tony Jefferson na endzone. Fim de jogo e mais uma decepção de quarto quarto para o torcedor dos Ravens.

Na semana 8 da temporada regular da NFL, o Arizona Cardinals tem compromisso marcado contra o Cleveland Brows, no Ohio. Já o Baltimore Ravens volta a Maryland para receber o San Diego Chargers e tentar a primeira vitória em casa no ano.

Resumo pontuação por pontuação:

Cardinals x Ravens

0 a 3 – 1Q – a 5min30s do final – FG – Justin Tucker acerta chute de 44 jardas.

7 a 3 – 1Q – a 3min59s do final – TD  – Chris Johnson corre pela esquerda para anotar touchdown de 26 jardas. Extra point é bom.

7 a 10 – 2Q – a 3min54s do final – TD – Justin Forsett recebe passe de 14 jardas de Joe Flacco e anota.

14 a 10 – 2Q – a 1min01 do final – TD – Michael Floyd recebe passe curto para touchdown de 3 jardas.

17 a 10 – 3Q – a 9m50s do final – FG – Chandler Catanzaro acerta chute de 21 jardas.

20 a 10 – 3Q – a 2m31s do final – FG – Chandler Catanzaro acerta chute de 21 jardas.

26 a 10 – 4Q – a 8m08s do final – TD – John Brown recebe passe de 4 jardas para anotar o touchdown. Extra point não é bom.

26 a 18 – 4Q – a 4m40s do final – TD – Kyle Juszczyk recebe passe de 1 jarda de Joe Flacco para anotar o touchdown. Conversão de dois pontos é boa.

Comments
NFL, NBA e MLB. Notícias, relatos e colunas. E uma pitada de humor de tiozão. Contato: [email protected]
Copyright © 2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18


Jogue com responsabilidade


Copyright © 2015 The Mag Theme. Theme by MVP Themes, powered by Wordpress.

To Top