NFL

Em meio a problemas com WRs, Green Bay Packers promove Max McCaffrey

Max McCaffrey, wide receiver do Green Bay Packers

(Crédito: Twitter/reprodução)

Com muitos problemas relacionados à posição de wide receiver, o Green Bay Packers adotou um plano de contingência e promoveu Max McCaffrey do elenco de treino (practice squad) neste sábado (21), como anunciou o time.

Os wide receivers Jordy Nelson (costelas/doença), Davante Adams (tornozelo) e Geronimo Allison (músculo posterior da coxa) ainda não tiveram suas condições definidas para o confronto contra o Atlanta Falcons e o técnico Mike McCarthy indicou que os recebedores serão examinados pouco antes do duelo válido pela final da Conferência Nacional (NFC).

Nelson, Adams e Allison, que não treinaram na sexta (20), foram oficialmente listados como questionáveis para o compromisso deste domingo (22), que vale vaga no Super Bowl LI.

Dos três, apenas Jordy Nelson participou das atividades nesta semana, ainda que ele não estivesse usando equipamento completo como o restante de seus companheiros.

Para abrir espaço no elenco para McCaffrey, os Packers colocaram o center JC Tretter na injured reserve. Tretter não atua desde o dia 30 de outubro, quando ele sofreu uma contusão no joelho contra os Falcons, em jogo da temporada regular. O jogador de linha ofensiva teve um contratempo nesta semana e passou por cirurgia na última terça (17).

Max McCaffrey, que está atualmente com 22 anos de idade, é filho do ex-wide receiver Ed McCaffrey e irmão mais velho de Christian McCaffrey, running back que é projetado para ser escolhido na primeira rodada do draft.

Max McCaffrey assinou com os Packers no dia 20 de dezembro, entrando no elenco de treinamento, depois de entrar na National Football League como agente livre não-draftado, quando o Oakland Raiders o contratou no dia 10 de maio. Ele é originário de Duke e ainda não entrou em campo em um jogo oficial da NFL.

Neblina pesada obriga Green Bay Packers a alterar voo

O voo fretado do Green Bay Packers para Atlanta, para o jogo deste domingo (22) contra o Atlanta Falcons, não conseguiu decolar do Aeroporto Internacional Austin Strabel, de Green Bay, devido à neblina pesada. Assim, o time de Wisconsin foi forçado a viajar pouco mais de 200 quilômetros até Milwaukee para decolar, segundo informações da ‘ESPN’ norte-americana.

Os Packers deixariam Green Bay inicialmente às 14h (horário local), mas todos os voos comerciais que iam sair da cidade e da região de Appleton à tarde foram cancelados devido ao contratempo climático.

Depois de aguardarem por quase duas horas, os Packers decidiram ir de ônibus até o Aeroporto Internacional General Mitchell, em Milwaukee, onde o avião do time decolou. Assim, a chegada em Atlanta será bem mais tarde e está prevista para depois das 22h (de Brasília).

A final da Conferência Nacional (NFC) entre Atlanta Falcons e Green Bay Packers está marcado para 18h05 (de Brasília) deste domingo e, logo na sequência, às 21h40, será realizado a final da Conferência Americana (AFC) entre New England Patriots e Pittsburgh Steelers. Os dois classificados vão se enfrentar no Super Bowl LI, no dia 5 de fevereiro.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top