NFL

Em doação a colégio para compra de uniformes, RGIII surpreende crianças

(Crédito: Cleveland Browns/divulgação)

(Crédito: Cleveland Browns/divulgação)

Depois de três anos de muitos altos de baixos no Washington Redskins, Robert Griffin III agora é jogador do Cleveland Browns e ele ainda está no período de aclimatação em relação à nova cidade/equipe. Porém, o quarterback parece estar logo se inserindo na nova comunidade e, na última terça-feira (3), ele fez parte de uma ação muito legal promovida pela franquia.

Ao lado do offensive tackle Cameron Erving, seu companheiro de equipe, Griffin participou de um evento de doação de US$ 25 mil para a North Ridgeville High School, dinheiro esse destinado para a compra de novos capacetes e uniformes de futebol americano. E o quarterback posou como uma estátua e pregou uma peça nas crianças.

“Primeira vez que eu fui um manequim”, declarou o signal caller, que ficou em pé com o corpo rígido e em silêncio, com o uniforme completo, segurando uma bola de futebol americano. “Vamos apenas dizer que foi realmente difícil não respirar por tanto tempo, mas foi divertido. As crianças estavam realmente empolgadas, eu tive medo de dar uma cabeçada em uma criança que estava tão perto. O objetivo era assustá-los, mas eu não queria atingir a criança na cabeça com o capacete. Isso provavelmente teria arruinado a surpresa”, observou.

RGIII, que assinou um contrato de dois anos de duração, com valor de US$ 15 milhões com os Browns nesta offseason, expressou seu contentamento em participar da campanha de doação do time para a compra de novos equipamentos e para promover treinamentos para os treinadores focados no quesito da segurança.

“Sempre que podemos tomar medidas para tornar o esporte mais seguro e prolongar a longevidade dos jogadores, isso é um passo que temos que tomar. Todos sabemos que é um esporte muito perigoso, mas se podemos torná-lo mais seguro e manter as crianças lá se divertindo, é isso que queremos fazer”, falou Robert Griffin III.

Atualmente com 26 anos de idade, o jogador é uma das esperanças do Cleveland Browns para 2016, já que a organização vem, há muito tempo, buscando um quarterback para liderar a equipe. Mas Griffin não tem posto garantido para ser titular na próxima temporada.

Na terceira rodada do draft, os Browns selecionaram o quarterback Cody Kessler, de Southern California, e Sashi Brown, vice-presidente de operações do time de Cleveland, afirmou depois do draft que o calouro terá a chance de competir com RGIII.

E o veterano sabe que terá que conquistar a vaga no time principal.

“Eu nunca tive nada ganho em minha vida, então esta situação não será diferente”, frisou.

Robert Griffin, que afirma estar empolgado para trabalhar com Kessler, também não esquece das outras lideranças entre os QBs, que conta no grupo com o experiente Josh McCown.

“Eu definitivamente não sou o veterano no vestiário, esse é Josh (McCown), mas eu tenho pregado para os caras que o mais forte que formos na sala de quarterbacks, mais forte este time vai ser. Cody vai chegar aqui e ele estará competindo com todos nós, mas no final das contas temos que ajudá-lo a descobrir o que é ser um quarterback profissional na NFL, ajudá-lo a aprender o ataque e entrar na velocidade. E o melhor cara vai ficar com a vaga”, observou.

“A organização fez um grande trabalho em trazer competidores, trazendo caras que nós, como líderes, vamos ter que dar a forma, moldar e mostrar-lhes o jeito do Cleveland Browns. E isso não significa o jeito antigo do Cleveland Browns ou o que aconteceu no passado, isso significa o que o técnico (Hue) Jackson e Sashi estabeleceram e colocaram para nossas expectativas”, finalizou.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top