NFL

Em duelo apertado, Atlanta Falcons derrota o Tampa Bay Buccaneers no MNF

Matt Ryan, quarterback do Tampa Bay Buccaneers

(Crédito: Instagram/reprodução)

Quem esperava uma vitória mais tranquila do Atlanta Falcons (como era o meu caso) se enganou totalmente. Em um Monday Night Football que fechou a semana 15 do futebol americano, o time mais forte prevaleceu, mas o Tampa Bay Buccaneers complicou as coisas em seus domínios. No final, vitória dos Falcons pelo placar de 24 a 21.

Com o resultado, os Falcons sobem para 9-5 e seguem firmes na disputa por uma vaga nos playoffs da Conferência Nacional (NFC). De quebra, os representantes da Geórgia eliminam o Green Bay Packers da disputa por uma vaga na pós-temporada. Já os Buccaneers, eliminados da briga, caem para 4-10 no campeonato.

O quarterback Matt Ryan não teve uma atuação de encher os olhos, mas não comprometeu, acertando 17 passes de 31 para 212 jardas e um touchdown. O maior destaque ofensivo dos Falcons foi o running back Devonta Freeman, que correu 22 vezes para 126 jardas e um touchdown, além de fazer cinco recepções para 68 jardas.

Do lado dos Bucs, o quarterback Jameis Winston teve excelente atuação, acertando 27 passes de 35 para 299 jardas e três touchdowns, mas isso não foi o suficiente para evitar a derrota. Mike Evans foi a principal arma ofensiva, fazendo cinco recepções para 79 jardas e um TD.

O jogo no Raymond James Stadium começou movimentado e o primeiro quarto teve um touchdown para cada lado.

O Atlanta Falcons abriu o placar em uma conexão de seis jardas com Justin Hardy e o placar foi para 7 a 0 depois do extra point. Os Bucs responderam a 1min52s para o término da primeira etapa, em passe de 30 jardas de Jameis Winston para O.J. Howard, deixando o placar em 7 a 7.

Na campanha ofensiva seguinte, Devonta Freeman correu com a bola perto da end zone, mas sofreu um fumble. Por sorte, a bola foi recuperada por Levine Toilolo e o touchdown dos Falcons foi confirmado.

Os Bucs encaixaram um drive longo em seguida, mas ele terminou com um grande anticlímax, já que o running back Peyton Barber sofreu um fumble a cinco jardas da end zone e a bola foi recuperada por Atlanta.

No final do segundo quarto, os Falcons acertaram um field goal de 57 jardas com Matt Bryant e a folga subiu para 17 a 7.

Tampa Bay anotou mais um TD no terceiro quarto, em belíssimo passe de Winston para Mike Evans. A conexão de 42 jardas fez a desvantagem cair para 17 a 14.

Os Falcons tiveram a chance de ampliar a vantagem novamente a 1min22s do final, mas o field goal de 33 jardas chutado por Matt Bryant foi bloqueado pelos especialistas dos Bucs.

No começo do último quarto, os Falcons abriram 10 pontos de vantagem (24 a 14), com touchdown de Devonta Freeman em corrida de 32 jardas, deixando o adversário em situação complicada.

Os Bucs buscaram o TD na sequência, a 4min07s do final, quando Winston encontrou Adam Humphries desmarcado e acertou um passe de 16 jardas para deixar o jogo em 24 a 21.

Os Falcons conseguiram gastar bastante relógio com uma primeira descida no drive seguinte, mas a defesa dos Bucs conseguiu forçar o punt.

O ataque de Tampa Bay pegou a bola novamente com um minuto restando e, com bons passes de Winston, o time chegou até a linha de 36 jardas do campo de ataque. Já em zona de field goal, os anfitriões mandaram o kicker Patrick Murray a campo, mas ele errou a tentativa de 54 jardas e frustrou a reação do time da Flórida. Vitória suada dos Falcons confirmada.

Na semana 16, a penúltima da temporada regular, o Atlanta Falcons enfrenta o New Orleans Saints, fora de casa, na véspera de Natal, às 16h (de Brasília). No mesmo horário, o Tampa Bay Buccaneers pega o Carolina Panthers, também longe de seus domínios.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top