NFL

Elway afirma que Paxton Lynch estará pronto mais cedo do que muitos imaginam

(Crédito: Instagram/reprodução)

(Crédito: Instagram/reprodução)

O Denver Broncos acertou uma troca no final da primeira rodada do draft e apostou todas as suas fichas no quarterback Paxton Lynch, da Universidade de Memphis, que chega para ser lapidado e, quem sabe, se tornar o líder de ataque do futuro da organização. E, ao ser selecionado, o calouro frisou que ainda tem coisas para desenvolver em seu jogo no futebol americano profissional. Porém, segundo John Elway, o desenvolvimento do signal caller promete ser promissor.

“Vai acontecer amanhã? Provavelmente não, mas você nunca sabe quando pode acontecer. Nós achamos que ele vai ficar pronto mais rápido do que muitas pessoas imaginam”, declarou o general manager, em entrevista concedida à rádio ‘Denver Sports 760’, nesta sexta-feira (6).

Lynch é considerado um jovem com boa envergadura e um braço poderoso, o que faz olheiros o compararem a nomes como Cam Newton, do Carolina Panthers, Marcus Mariota, do Tennessee Titans, e Ben Roethlisberger, do Pittsburgh Steelers.

Assim, como frisa John Elway, ele deve ser uma boa peça para o ataque montado pelo técnico Gary Kubiak.

“Ele é um jovem com tremenda habilidade atlética. Ele tem um braço forte, pode fazer todos os lançamentos, é esperto e é um cara que pode se encaixar neste ataque muito bem”, elogiou o dirigente, que já foi um excelente quarterback na NFL e sabe do que está falando.

Para o começo da temporada, parece mais do que certo que o Denver Broncos vai apostar em Mark Sanchez, adquirido em troca com o Philadelphia Eagles, para ser o titular do ataque, visto que ele é um quarterback experiente, com passagem por New York Jets e Eagles em suas sete temporadas na NFL até agora. Porém, se Sanchez bobear, Lynch estará mais do que disposto a entrar em campo e demonstrar serviço.

A outra opção de quarterback à disposição no elenco é o bastante inexperiente Trevor Siemian, que jamais fez um passe em um duelo de temporada regular, depois de ser selecionado na sétima rodada do draft de 2015. Ou seja, a briga é mesmo entre Mark Sanchez e Paxton Lynch.

Para um time que vem de um título de Super Bowl e que perdeu Peyton Manning para a aposentadoria e Brock Osweiler para o Houston Texans, ter Sanchez e Lynch no elenco parece algo muito positivo neste momento.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popular

NFL, NBA MMA e MLB. Notícias, relatos e colunas. E uma pitada de humor de tiozão. Contato: contact@quintoquartobr.com
Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright © 2015 The Mag Theme. Theme by MVP Themes, powered by Wordpress.

To Top