NFL

Eli Manning vai para o banco e Geno Smith será titular do New York Giants

Geno Smith, quarterback do New York Giants

(Crédito: Instagram/reprodução)

O New York Giants está mandando Eli Manning para o banco de reservas e Geno Smith será o quarterback titular do time nesta semana, contra o Oakland Raiders.

O anúncio foi feito pelo técnico Ben McAdoo nesta terça-feira (28) e o head coach também afirmou que o calouro Davis Webb também vai atuar ainda nesta temporada 2017, possivelmente já nesta semana.

“Geno será titular nesta semana. Ao longo dos últimos cinco jogos, vamos dar uma olhada em Geno, e também daremos uma oportunidade a Davis”, declarou o treinador, em comunicado oficial.

Com a notícia, chega ao fim a sequência de 210 jogos de Manning como titular dos Giants, segunda maior sequência por um quarterback na história da National Football League, atrás apenas das 297 partidas consecutivas de Brett Favre.

Eli Manning foi titular em todos os jogos da franquia de Nova York desde 2004, quando ele assumiu o posto no lugar do veterano Kurt Warner durante sua temporada de calouro na NFL.

No Quinto Quarto Expresso #36 desta terça, Eli Manning foi assunto:

Na nota oficial, os Giants, que estão com campanha pífia de duas vitórias e nove derrotas em 2017 e já foram eliminados da briga por uma vaga nos playoffs, disseram que Manning recebeu a chance de ser titular para manter a sequência, mas ele declinou a opção.

“Meu sentimento é que se você quer utilizar os outros caras, utilize-os. Ser titular apenas para manter a sequência e sabendo que você não vai terminar o jogo e ter uma chance de ganhar é inútil para mim, e isso mancha a sequência. Como sempre estou, eu estarei pronto para jogar se e quando eu for necessário. Eu vou ajudar Geno e Davis a se preparar para jogar o melhor que puderem”, falou Eli.

Na temporada 2017, em 11 jogos como titular, Eli Manning acertou 62,5% de seus passes para 2.411 jardas, 14 touchdowns e sete interceptações. Seu desempenho tem sido um dos piores dos últimos cinco anos e muitas dúvidas sobre seu futuro começam a ser levantadas, já que o signal caller está prestes a completar 37 anos de idade em janeiro.

Os Giants sofreram com lesões neste ano e o desempenho ofensivo tem sido pífio, com o time tendo o segundo pior ataque da NFL, com média de apenas 15,6 pontos por partida.

A decisão de avaliar os outros quarterbacks foi tomada pensando no futuro do time.

“Esta não é uma declaração sobre nada além de que somos 2-9, e temos que fazer o que é melhor para a organização seguindo em frente, e isso significa avaliar cada posição. Eu disse a Eli nesta manhã que uma organização não poderia pedir mais em relação a um franchise quarterback. Ele tem sido isso e mais. Ninguém sabe o que o futuro reserva, mas agora, isso é o que achamos que é melhor para a franquia”, observou o general manager Jerry Reese.

Agora vale começarmos a questionar se Manning jogou seus últimos snaps com a camisa do time que ele comandou por 14 temporadas até agora e com quem conquistou dois títulos de Super Bowl. Com possíveis mudanças de técnico e dirigente na offseason, visto que McAdoo e Reese estão balançando em seus cargos, não devemos saber a resposta antes de março ou abril de 2018.

McAdoo disse aos jornalistas nesta terça que “esse não é o fim de Eli em Nova York” e que Manning estará no elenco ativo neste domingo para ser reserva de Smith.

O técnico também observou: “isso não tem nada a ver com o meu futuro. É o que é melhor para a organização seguindo em frente”.

Eli Manning falou com a imprensa, visivelmente emocionado, e foi questionado se esse foi o dia mais complicado que ele passou desde que chegou aos Giants, o signal caller respondeu: “está entre eles”.

“É difícil. Foi um dia duro para lidar com isso”, observou.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top