NFL

Drew Brees sofre lesão na mão direita contra Rams; veja boletim de lesões

Drew Brees, quarterback do New Orleans Saints

O quarterback Drew Brees, do New Orleans Saints, saiu depois da segunda campanha ofensiva do time no jogo contra o Los Angeles Rams depois de sofrer uma lesão na mão direita.

O camisa 9 dos Saints foi visto tendo seu punho direito e mão enfaixados na lateral do campo. Brees machucou a mão em uma colisão com o pass rusher Aaron Donald. O dedo do QB colidiu com seu próprio capacete.

O New Orleans Saints listou Brees como questionável para retornar logo após a lesão. Mas ele não voltou.

“Eu realmente não sei neste momento”, disse Brees aos repórteres após a partida. “Há tanta coisa que você pode fazer além de apenas um médico olhar para isso na lateral. Eu vou ver um especialista em mãos e obter sua opinião e veremos quais os próximos passos”, frisou o QB, sem esconder sua preocupação.

Os Saints viajaram na noite deste domingo para Seattle, onde vão treinar durante toda a semana na Universidade de Washington antes do jogo da semana que vem contra o Seattle Seahawks, segundo Steve Wyche, da ‘NFL Network’. Não se sabe se Brees fez a viagem com o time, devido aos seus planos de ver um especialista.

“Sim, estou preocupado. Estou esperando que não seja significativo”, pontuou Brees. “(…) Estou esperando pelo melhor e me preparando para quaisquer que sejam os próximos passos segundo a avaliação”, analisou.

O técnico Sean Payton falou aos jornalistas que Brees estava sentindo dores na mão enquanto tentava lançar bolas e acrescentou: “nós vamos dar uma atualização para vocês quando chegar a hora”.

Antes de sair do gramado, Brees tomou várias pancadas, incluindo a de Donald que acabou levando à lesão. Ele acertou três passes de cinco para 38 jardas e uma interceptação antes da lesão.

O quarterback Teddy Bridgewater assumiu o ataque dos Saints depois da contusão do titular.

Confira mais notícias de lesões neste domingo (15) de semana 2:

– O Pittsburgh Steelers teve grandes problemas durante a derrota para o Seattle Seahawks. O quarterback Ben Roethlisberger sofreu uma lesão no braço direito durante a primeira metade de jogo. Big Ben machucou o cotovelo direito e não retornou.

Big Ben acertou oito passes de 15 para 75 jardas antes de sair do jogo. Não se sabe ainda qual a gravidade da lesão.

E não parou por aí. O running back titular James Conner saiu mancando de campo e foi para a tenda médica. Ele não retornou devido a uma lesão no joelho.

O técnico Mike Tomlin não trouxe atualizações em relação às condições de Roethlisberger e Conner após a partida.

O jornalista Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, apurou que Big Ben passará por uma ressonância magnética na segunda para que a extensão da contusão seja conhecida.

Outras lesões nos Steelers neste domingo foram com: linebacker Vince Williams (músculo posterior da coxa), o safety Sean Davis (ombro) e o linebacker Anthony Chickillo (fascite plantar).

– No San Francisco 49ers, o left tackle Joe Staley foi retirado de campo contra o Cincinnati Bengals depois de sofrer uma lesão na perna e não voltou. O técnico Kyle Shanahan disse após a vitória que Staley sofreu uma fratura na fíbula. A lesão pode não encerrar a temporada de Staley, mas o time saberá mais detalhes nesta segunda.

– No Arizona Cardinals, o running back David Johnson saiu do jogo depois de um quarto de jogo devido a uma lesão no punho sofrida durante a derrota para o Baltimore Ravens.

– No New England Patriots, o offensive tackle Isaiah Wynn não retornou depois de uma lesão no pé sofrida durante a vitória contra o Miami Dolphins.

– No Washington Redskins, o tight end Vernon Davis sofreu uma lesão no olho contra o Dallas Cowboys. Ele iniciou a partida no lugar de Jordan Reed, descartado por concussão.

– No Dallas Cowboys, o defensive tackle Antwaun Woods sofreu uma lesão no joelho esquerdo durante a vitória sobre o Washington Redskins.

Também nos Cowboys, o wide receiver Michael Gallup precisará passar por uma ressonância magnética no joelho, segundo Calvin Watkins, do ‘Dallas News’.

– No Indianapolis Colts, o cornerback Pierre Desir sofreu uma lesão no joelho contra o Tennessee Titans.

– No Cincinnati Bengals, o guard Michael Jordan foi descartado depois de sofrer uma lesão no joelho esquerdo contra o San Francisco 49ers.

– O quarterback Sam Darnold, que será desfalque do New York Jets no Monday Night Football contra o Cleveland Browns, já disse ao time que “já está se sentindo melhor” em sua recuperação de uma mononucleose e o melhor cenário é o retorno do signal caller na semana 5. A informação é de Chris Mortensen, da ‘ESPN’.

A data de retorno é a mais otimista, mas o técnico Adam Gase disse nesta última semana que era uma boa coisa que seu time tivesse uma bye week na semana 4.

– O quarterback Nick Foles, do Jacksonville Jaguars, que fraturou a clavícula na semana 1 contra o Kansas City Chiefs, teve uma placa e parafusos utilizados para consertar a clavícula e assegurar sua saúde no longo prazo.

– No Los Angeles Rams, o pass rusher Aaron Donald saiu por um tempo do jogo contra o New Orleans Saints com uma lesão nas costas. Ele foi visto andando até o vestiário no começo do segundo quarto e, rapidamente, foi listado como questionável para voltar. Mas o melhor defensor da liga retornou ao jogo no final do segundo quarto.

Também nos Rams, o tight end Tyler Higbee (peito) e o right guard Austin Blythe (tornozelo) se lesionaram durante o duelo contra o New Orleans Saints e foram descartados para o restante da partida.

– No Philadelphia Eagles, o tight end Dallas Goedert (panturrilha), o wide receiver Alshon Jeffery (panturrilha), o running back Corey Clement (ombro), o defensive tackle Tim Jernigan (pé) e o wide receiver DeSean Jackson (virilha) sofreram lesões durante a derrota para o Atlanta Falcons no Sunday Night Football. Jernigan foi visto após a partida usando uma bota protetora.

– No Atlanta Falcons, o right tackle Kaleb McGary foi levado ao vestiário depois de sofrer uma lesão no joelho durante o segundo quarto da vitória sobre o Philadelphia Eagles. Ele posteriormente retornou no último quarto.

Comments
To Top