NFL

Drew Brees: mais uma vez eu estou aqui, escrevendo para você

Drew Brees, quarterback do New Orleans Saints

Poderia ser apenas mais uma vitória das mais de 160 que você nos deu. Poderia ser apenas mais alguns lances mágicos com os quais você não cansa de nos encantar. Mas foi muito mais, Drew Brees.

Neste Monday Night Football que encerrou a semana 15 da temporada 2019 da National Football League, você conseguiu fazer uma vitória por 34 a 7 sobre o Indianapolis Colts ficar totalmente em segundo plano. Um triunfo que veio fácil (porque você fez ser fácil, claro). Abrir 34 a 0 e só ceder um TD no final.

Uma atuação magistral.

Confira o Dois Homens em Conflito passando a limpo a semana da NFL

E a campanha de 11-3 então?! A gente quase se esqueceu disso. Deixa a nossa briga pela campanha #1 da Conferência Nacional (NFC) para as duas semanas finais. Nada disso importa.

Vamos ignorar tudo mais que aconteceu no Mercedes-Benz Superdome nesta noite de 16 de dezembro de 2019. Não teve punt bloqueado, não teve Jacoby Brissett, não teve nada além de você, monstro…

Cara, 541 passes para touchdown na carreira? Sério?

Você deixou esse tal de Peyton Manning para trás. Só um QB fraquinho como ele, não é mesmo? (ironia).

Tom Brady ainda está na briga contigo e ele mesmo te parabenizou e aceitou o desafio de seguir na sua cola. Mas, sabe, não importa o que aconteça. Você é O CARA.

E, como tudo que te envolve tem que ser mais do que especial, você ainda adicionou algumas cerejas no bolo. 29 passes certos de 30. 96,7% dos lançamentos completados. Novo recorde da NFL para um jogo.

Recorde pessoal de 22 passes completados em sequência e 12 de 12 passes lançados para Michael Thomas. Bem nas mãos do seu recebedor preferido.

Você só pode estar de brincadeira, né?

Em outubro do ano passado, sr. Drew Christopher Brees, você me fez ficar com os olhos marejados. Se não se lembra, eu deixo aqui o texto. Foi também em um MNF, contra o Washington Redskins, na semana 5. Manning também ficou para trás e você ultrapassou o ‘testudo’ em jardas lançadas na carreira.

Isso serve para te dar um pouco mais da dimensão do quanto você é fantástico? Pensa nisso!

Quer mais? Eu tenho: 10 anos depois da conquista do Super Bowl XLIV sobre o Indianapolis Colts de… Peyton Manning.

Meu ídolo, isso é coisa que só você é capaz de fazer.

O mais impressionante é que, no mês que vem, o senhor completa 41 anos. Eu sei que você tem ainda muita lenha para queimar e quero ver você desfilando essas habilidades por muito mais tempo.

Me dói só de imaginar o dia da sua aposentadoria. Mas, calma, não vamos pensar nisso agora. Vamos pensar na noite que foi sua. Apenas sua. No que você acabou de realizar.

Você ainda está com 75,8% de passes certos nesta temporada. Se terminasse hoje, você também estabeleceria mais um recorde.

Record Books deveriam agora se chamar Record Brees. Porque você é de outro planeta, lenda!

Siga me encantando (e toda a Who Dat Nation). Esperamos vê-lo no dia 2 de fevereiro de 2020 no Hard Rock Stadium. E, se você não estiver lá, azar do Super Bowl LIV.

Só ele tem a perder…

PS: E, ao final desta espécie de carta, eu prefiro deixar este deus que usa o #9 falar. A palavra é sua, ídolo:

“Foi especial, tudo sobre esta noite. Eu não sei como eles os escolhem, certo? ‘Monday Night Football’, estamos jogando contra os Colts, o time contra o qual vencemos o Super Bowl há 10 anos, então todo o Super Bowl XLIV está de volta para o 10º aniversário e, obviamente, transmissão em rede nacional, grande jogo. E, agora, esse recorde na balança também.

Isso meio que faz você balançar a cabeça, algo como ‘tá de brincadeira?’. Eu não tenho certeza de como chegamos aqui. Isso meio que faz toda a sua vida e carreira passar em flash diante dos seus olhos, porque eu nunca pensei que teria chance de fazer parte de algo assim”.

Comments
To Top