NFL

Draft 2016 – opções de quinto ano de contrato: quais foram exercidas e quais não

Jared Goff, quarterback do Los Angeles Rams

O Los Angeles Rams (Crédito: Twitter/reprodução)

A National Football League é uma liga de muitos procedimentos em termos contratuais. E o prazo final de 3 de maio para os times exercerem a opção pelo quinto ano do contrato de calouro de seus jogadores selecionados na primeira rodada do draft de 2016 está se aproximando.

Como o Quinto Quarto adora listas (afinal elas são ótimas e mantêm todos informados sobre o que está rolando em um só lugar), resolvemos criar mais uma para que você, fã da bola oval, possa monitorar a situação contratual dos 31 selecionados na rodada inicial do draft há três anos.

Mas não são 32 escolhas na primeira rodada? Você está totalmente certo, mas lembre-se que a escolha de primeira rodada do New England Patriots em 2016 foi anulada como punição pelo escândalo Deflategate.

Desde a véspera de Ano Novo, os times da NFL já receberam permissão para estender os contratos de qualquer jogador selecionado na primeira rodada em 2016 ou exercer as opções pelo quinto ano de seus contratos.

Esta janela para exercer a opção termina no dia 3 de maio, uma semana após o início do draft de 2019 da NFL.

Confira os status das opções de quinto ano de contrato para os selecionados na primeira rodada do draft de 2016 (vamos atualizando conforme novidades saírem):

  1. Jared Goff (QB – Los Angeles Rams): o Los Angeles Rams anunciou no dia 23 de abril que exerceu a opção pelo quinto ano de contrato do seu quarterback, em uma decisão mais do que óbvia, e o signal caller terá vínculo com a organização até a temporada 2020 da NFL.
  2. Carson Wentz (QB – Philadelphia Eagles): o Philadelphia Eagles anunciou no dia 29 de abril que exerceu a opção pelo quinto ano do contrato do quarterback.
  3. Joey Bosa (DE – Los Angeles Chargers): o Los Angeles Chargers exerceu a opção de quinto ano do contrato de calouro de Bosa no dia 23 de abril e o pass rusher vai seguir na organização pelo menos até a temporada 2020 da NFL, segundo Ian Rapoport, da ‘NFL Network’. A decisão é óbvia, já que Bosa se tornou uma peça central na defesa do L.A. Chargers nas últimas três temporadas.
  4. Ezekiel Elliott (RB – Dallas Cowboys): Stephen Jones, vice-presidente executivo dos Cowboys, disse que o time “obviamente” vai exercer a opção de quinto ano no contrato de Zeke Elliott. E, no dia 24 de abril, a franquia oficializou a decisão.
  5. Jalen Ramsey (CB – Jacksonville Jaguars): o Jacksonville Jaguars exerceu a opção pelo quinto ano de contrato do cornerback no dia 25 de abril.
  6. Ronnie Stanley (OT – Baltimore Ravens): o Baltimore Ravens exerceu a opção pelo quinto ano de contrato do offensive tackle no dia 23 de abril, segundo informações de Ian Rapoport, da ‘NFL Network’. O time anunciou a decisão logo depois.
  7. DeForest Buckner (DE – San Francisco 49ers): os Niners exerceram a opção no contrato do pass rusher no dia 24 de abril, como anunciou a organização californiana.
  8. Jack Conklin (OT – Tennessee Titans): o Tennessee Titans optou por não exercer a opção pelo quinto ano de contrato do offensive tackle, como noticiou o jornalista Mike Garafolo, da ‘NFL Network’.
  9. Leonard Floyd (LB – Chicago Bears): o Chicago Bears exerceu a opção pelo quinto ano de contrato do linebacker no dia 1º de maio, como noticiou o jornalista Mike Garafolo, da ‘NFL Network’. Segundo a NFLPA, Floyd vai faturar um salário-base de US$ 13,2 milhões em 2020, um aumento considerável em relação aos US$ 720 mil que o defensor vai ganhar em 2019.
  10. Eli Apple (CB – New York Giants): o New York Giants trocou Apple com o New Orleans Saints em outubro do ano passado. E os Saints optaram por não exercer a opção pelo quinto ano de contrato do cornerback, o que significa que ele terá que provar à franquia da Louisiana em 2019 que merece um novo contrato. Apple ia faturar US$ 13 milhões em 2020 sob a opção.
  11. Vernon Hargreaves (CB – Tampa Bay Buccaneers): o Tampa Bay Buccaneers exerceu a opção pelo quinto ano de contrato do cornerback, como anunciou a franquia da Flórida no dia 24 de abril.
  12. Sheldon Rankins (DT – New Orleans Saints): o New Orleans Saints exerceu a opção pelo quinto ano de contrato do defensive tackle no dia 24 de abril, como apurou o jornalista Ian Rapoport, da ‘NFL Network’.
  13. Laremy Tunsil (OT – Miami Dolphins): opção exercida. O Miami Dolphins exerceu a opção pelo quinto ano no dia 18 de abril, como anunciou a equipe. Tunsil vai faturar, aproximadamente, US$ 12,5 milhões em 2019, segundo o site especializado Spotrac.
  14. Karl Joseph (S – Oakland Raiders): o Oakland Raiders não está exercendo a opção pelo quinto ano de contrato do safety, como apurou o jornalista Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, na noite do dia 2 de maio.
  15. Corey Coleman (WR – Cleveland Browns): o Cleveland Browns trocou Coleman com o Buffalo Bills em agosto do ano passado. Desde então, o wideout já passou por Bills, New England Patriots e New York Giants. O atleta assinou uma proposta de um ano de duração com os Giants em março.
  16. Taylor Decker (OT – Detroit Lions): o Detroit Lions anunciou no dia 29 de abril que exerceu a opção pelo quinto ano de contrato do offensive tackle.
  17. Keanu Neal (S – Atlanta Falcons): o Atlanta Falcons exerceu a opção pelo quinto ano de contrato do safety no dia 24 de abril, como anunciou a franquia.
  18. Ryan Kelly (C – Indianapolis Colts): o general manager Chris Ballard, do Indianapolis Colts, disse no dia 27 de abril que os Colts vão exercer a opção pelo quinto ano de contrato do center.
  19. Shaq Lawson (DE – Buffalo Bills): o Buffalo Bills decidiu não exercer a opção pelo quinto ano de contrato do defensive end, segundo o jornalista Mike Garafolo, da ‘NFL Network’.
  20. Darron Lee (LB – New York Jets): o New York Jets optou por não exercer a opção pelo quinto ano de contrato do linebacker, segundo Mike Garafolo, da ‘NFL Network’.
  21. Will Fuller (WR – Houston Texans): o Houston Texans está exercendo a opção pelo quinto ano de contrato do wide receiver, como confirmou o general manager Brian Gaine no dia 26 de abril.
  22. Josh Doctson (WR – Washington Redskins): o Washington Redskins não vai exercer a opção pelo quinto ano de contrato do wide receivers, como apurou o jornalista Mike Garafolo, da ‘NFL Network’.
  23. Laquon Treadwell (WR – Minnesota Vikings): o Minnesota Vikings optou por não exercer a opção pelo quinto ano de contrato do recebedor, como anunciou a franquia.
  24. William Jackson (CB – Cincinnati Bengals): o Cincinnati Bengals exerceu a opção pelo quinto ano de contrato no dia 24 de abril, como foi oficializado pela organização.
  25. Artie Burns (CB – Pittsburgh Steelers): o Pittsburgh Steelers resolveu não exercer a opção pelo quinto ano de contrato do cornerback, segundo Tom Pelissero, da ‘NFL Network’.
  26. Paxton Lynch (QB – Denver Broncos): o quarterback foi dispensado pelos Broncos em setembro. Ele assinou um contrato de reserva/futuro com o Seattle Seahawks em janeiro.
  27. Kenny Clark (DT – Green Bay Packers): o Green Bay Packers exerceu a opção pelo quinto ano de contrato do defensive tackle, como apurou o jornalista Mike Garafolo, da ‘NFL Network’.
  28. Joshua Garnett (G – San Francisco 49ers): o San Francisco 49ers não exerceu a opção pelo quinto ano de contrato do offensive guard, de acordo com Tom Pelissero, da ‘NFL Network’.
  29. Robert Nkemdiche (DT – Arizona Cardinals): o Arizona Cardinals optou por não exercer a opção pelo quinto ano de contrato do defensive tackle, segundo Tom Pelissero, da ‘NFL Network’.
  30. Vernon Butler (DT – Carolina Panthers): o Carolina Panthers não exerceu a opção pelo quinto ano de contrato do defensive tackle, como anunciou a franquia da Carolina do Norte.
  31. Germain Ifedi (OT – Seattle Seahawks): o Seattle Seahawks não exerceu a opção pelo quinto ano de contrato do offensive tackle, segundo informações de Mike Garafolo, da ‘NFL Network’.
Comments
To Top