NFL

Donald Penn é suspeito em caso de violência doméstica e está sendo investigado

Donald Penn, offensive tackle do Oakland Raiders

(Crédito: Twitter/reprodução)

O left tackle Donald Penn, do Oakland Raiders, é um suspeito em um caso de violência doméstica, como confirmou o Departamento de Polícia de Los Angeles (LAPD) nesta segunda-feira (30).

O jogador de 35 anos de idade supostamente bateu na bunda de sua esposa, derramou uma bebida sobre sua cabeça e agarrou seu punho, segundo o ‘TMZ’.

A detetive Meghan Aguilar, oficial de relações públicas do LAPD, afirmou que os policiais responderam a um chamado de rádio às 21h (horário local) do último domingo (29), ouviram o relato e entregaram aos detetives da região.

Quando os policiais chegaram à residência, Penn já havia deixado o local, afirmou Aguilar.

Posteriormente nesta segunda, o ‘TMZ’ noticiou que Penn e sua esposa, Dominique, emitiram um comunicado oficial por meio de seu de sua representante, Denise White, contestando qualquer relato de disputa física.

“Houve um desentendimento verbal, não houve altercação física. Os dois estão no meio de um divórcio e é um momento difícil para ambas as partes”, afirmou o comunicado.

Mark Davis, proprietário do Oakland Raiders, afirmou que tem uma política de violência doméstica. Davis não pode ser contatado para fazer comentário.

Penn, que está se recuperando de uma cirurgia Lisfranc em seu pé direito, depois de se lesionar na semana 15 da temporada passada.

Ele assinou uma extensão de contrato de dois anos, com valor de US$ 21 milhões, após boicotar o training camp no ano passado.

Os Raiders selecionaram dois offensive tackles no draft deste ano: Kolton Miller, de UCLA, na primeira rodada do draft, e Brandon Parker, de North Carolina A&T, na terceira rodada.

Penn publicou no Twitter as palavras “MAIS MOTIVAÇÃO” depois que os Raiders selecionaram Miller na última quinta (26), aparentemente para disputar a posição de left tackle. Penn apagou o tweet posteriormente.

Comments
To Top