NFL

Miami Dolphins coloca Xavien Howard na injured reserve; veja boletim de lesões

Xavien Howard, cornerback do Miami Dolphins

O Miami Dolphins está colocando o cornerback Xavien Howard na injured reserve e ele não deve atuar mais na temporada 2019 da National Football League. A ‘NFL Network’ deu a notícia em primeira mão.

Howard passou por uma ressonância magnética em seu joelho nesta terça-feira (29), horas depois de agravar uma lesão durante a derrota para o Pittsburgh Steelers por 27 a 14 no Monday Night Football. O defensive back perdeu os dois jogos anteriores dos Dolphins devido ao problema.

Os Dolphins não anunciaram imediatamente que Howard estava indo para a IR, mas o técnico Brian Flores expressou empatia ao cornerback.

“É lamentável. Ele é obviamente um dos nossos melhores jogadores. Você nunca quer ver alguém se machucar ou lidar com essas coisas. Ele é um garoto durão. Tenho certeza que ele vai se recuperar e dar a volta por cima”, frisou Flores.

Howard caminhou no vestiário durante o pós-jogo mancando visivelmente e utilizando uma braçadeira no joelho. O cornerback expressou otimismo de que a lesão não era séria.

Agora, o camisa 25 terá uma offseason mais extensa para fazer sua reabilitação e se preparar para a temporada 2020.

O Miami Dolphins, atualmente com campanha pífia de 0-7, está em modo de reconstrução total e deve ter uma free agency e um draft bastante agressivos no ano que vem.

Howard, que assinou uma extensão de contrato de cinco anos, com valor de US$ 75,25 milhões, em maio deste ano, vem lidando com lesões no joelho ao longo de sua carreira profissional no futebol americano. O CB fez várias artroscopias e cirurgias no joelho, incluindo uma operação para reparar uma ruptura no menisco em dezembro do ano passado.

Apesar disso, Flores não demonstrou enorme preocupação em relação a isso.

“Lesões são parte do jogo. Então, eu acho que não há muita preocupação do meu ponto de vista. Ele é jovem. Ele é forte. O futebol americano é muito importante para ele. As pessoas se machucam e lidam com lesões ano após ano e elas jogam e têm carreiras de sucesso. Não estou preocupado demais”, ressaltou o head coach.

Xavien Howard é um dos melhores cornerbacks em toda a liga, sendo muito conhecido por sua habilidade na marcação homem a homem e também por conseguir muitas interceptações. Ele foi um dos líderes da NFL em interceptações em 2018, ficando empatado com sete no topo.

Os Dolphins também anunciaram a chegada do cornerback Xavier Crawford, recentemente dispensado pelo Houston Texans, e a dispensa do tight end Nick O’Leary.

Confira mais notícias de lesões ao redor da NFL nesta terça (29):

– No Los Angeles Rams, o técnico Sean McVay disse nesta terça que o wide receiver Brandin Cooks ia se consultar com um especialista em Pittsburgh depois de sofrer a segunda concussão neste mês.

McVay disse que Cooks está “se sentindo bem”, mas que há preocupação em relação à frequência em que as concussões estão ocorrendo, seguidas pela rapidez com que o WR se sente sem sintomas.

“O mais importante é Brandin Cooks, o ser humano, agora”, falou o head coach. “Não necessariamente o jogador de futebol americano”, observou.

Cooks foi colocado no protocolo de concussão depois de uma derrota para o Seattle Seahawks, na semana 5, mas foi liberado para jogar na semana 6. Ele também foi colocado no protocolo neste último domingo, na semana 8, durante o jogo contra o Cincinnati Bengals em que ele pareceu se envolver em uma colisão de capacete contra capacete no primeiro quarto.

Recebedor que está em sua sexta temporada como profissional, Cooks sofreu três concussões conhecidas antes desta atual temporada.

Neste ano, Cooks fez 27 recepções para 402 jardas e um touchdown em oito partidas com a camisa dos Rams.

– O Denver Broncos pode ficar sem Joe Flacco por mais do que um mês. O jornalista Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, apurou nesta terça que Flacco está recebendo uma segunda opinião em relação à sua lesão no pescoço, mas que, baseado nos exames iniciais, ele pode ficar afastado por um período entre cinco e seis semanas.

Rapoport acrescentou que cirurgia é improvável e que a carreira profissional de Flacco não está ameaçada.

O técnico Vic Fangio anunciou na segunda que Flacco estava fora do jogo da semana 9 contra o Cleveland Browns devido à contusão no pescoço. O descarte imediato de Flacco para iniciar a partida desta semana já deu indícios de que a recuperação seria mais longa.

Brandon Allen, que nunca atuou em uma jogada sequer em um jogo de temporada regular na NFL, será o titular da franquia do Colorado neste próximo final de semana.

– O Jacksonville Jaguars está colocando o wide receiver Marqise Lee na injured reserve devido a uma lesão no ombro sofrida durante a vitória sobre o New York Jets, neste último final de semana. Essa notícia significa o fim da temporada de Lee e, potencialmente, o término de sua passagem pela franquia da Flórida.órida.

Segundo Tom Pelissero, da ‘NFL Network’, Lee deve passar por cirurgia para reparar uma ruptura no lambrum.

Desde que assinou um contrato de quatro anos, com valor de US$ 34 milhões (US$ 16,5 milhões garantidos), em março de 2018, Lee disputou apenas seis jogos, todos nesta temporada. Ele fez apenas três recepções para 18 jardas.

O wideout perdeu toda a temporada 2018 da NFL depois de sofrer uma grave lesão no joelho durante a pré-temporada. Ele rompeu o ligamento cruzado anterior, o ligamento colateral medial e o ligamento cruzado posterior do joelho esquerdo quando o safety Damontae Kazee, do Atlanta Falcons, o atingiu nas pernas no terceiro jogo da preseason.

Para assumir a vaga de Lee no elenco, os Jags promoveram o cornerback Tae Hayes, um calouro não draftado.

– No Pittsburgh Steelers, o status do running back James Conner segue nebuloso. O jogador machucou o ombro durante a vitória por 27 a 14 sobre o Miami Dolphins, no Monday Night Football. O técnico Mike Tomlin disse à imprensa que o jogador ainda estava sendo examinado.

O head coach ainda frisou que o plano atual para Conner, que somou 145 jardas contra os Dolphins, sua melhor marca na temporada, é treinar de maneira limitada no começo da semana de trabalhos.

Conner sofreu uma lesão na junta acromioclavicular no final do jogo e foi visto usando tipoia após a partida.

Em outras notícias do DM dos Steelers, Tomlin disse que o center Maurkice Pouncey (panturrilha), o defensive tackle Dan McCullers (tornozelo) e o running back Benny Snell (joelho) também devem trabalhar de forma limitada nesta semana. O guard Ramon Foster está no protocolo de concussão.

– Vindo de uma semana de folga, o Dallas Cowboys teve o wide receiver Amari Cooper (tornozelo/quadríceps), o linebacker Leighton Vander Esch (pescoço), o defensive end Robert Quinn (costelas), e os tackles La’el Collins (joelho) e Tyron Smith (tornozelo) à disposição para o treino, como disse o técnico Jason Garrett à imprensa.

Houve três ausências: Cam Fleming (panturrilha), Trysten Hill e Antwaun Woods. As ausências destes dois últimos foram por uma razão não especificada.

Já o defensive lineman Michael Bennett, adquirido em troca com os Patriots na bye week, treinou com os Cowboys pela primeira vez.

– O Seattle Seahawks anunciou nesta terça que colocou o center Justin Britt na injured reserve. Britt sofreu uma lesão no ligamento cruzado anterior do joelho no domingo. Em uma decisão correspondente, o time promoveu o guard Jordan Roos do elenco de treinamento (practice squad).

– No Oakland Raiders, o center Rodney Hudson não será colocado na injured reserve devido a uma lesão na perna, mas deve ficar afastado por um tempo, segundo Ian Rapoport, da ‘NFL Network’.

– No San Francisco 49ers, os running backs Matt Breida (tornozelo) e Raheem Mostert (joelho) foram listados como não-participantes do treino no relatório de lesões desta terça.

– No Arizona Cardinals, os running backs David Johnson (tornozelo) e Chase Edmonds (músculo posterior da coxa), e o linebacker Haason Reddick (joelho) não treinaram nesta terça.

Comments
To Top