NFL

Dez Bryant deixa treino dos Saints com suspeita de ruptura no tendão de Aquiles

Dez Bryant, wide receiver do New Orleans Saints

(Crédito: Twitter/reprodução)

O New Orleans Saints nem conseguiu curtir seu recém-adquirido wide receiver e já parece que não poderá contar com ele pelo restante da temporada. Dez Bryant sofreu uma ruptura no tendão de Aquiles durante treino desta sexta-feira (9) e está vendo seu ano acabar.

A informação foi dada em primeira mão pelos jornalistas Ian Rapoport e Tom Pelissero, da ‘NFL Network’.

Bryant foi ajudado a sair de campo depois de se lesionar e passou por uma ressonância magnética. Ele vai buscar uma segunda opinião sobre a lesão depois do exame, como acrescenta Rapoport.

O jornalista Adam Schefter, da ‘ESPN’ norte-americana, o teste no Aquiles de Bryant é considerado uma mera “formalidade”, já que os médicos já diagnosticaram inicialmente a contusão como ruptura.

A lesão deve tirar Bryant das atividades por oito meses, o que o coloca em condições de, potencialmente, estar pronto para o training camp de 2019, quando ele novamente será um free agent.

Jane Slater, também da ‘NFL Network’, apurou com fontes que Bryant estava saindo de uma rota de rotina na atividade quando a contusão ocorreu.

Dez Bryant publicou uma mensagem em seu Twitter horas depois de a notícia da lesão vir à tona.

“As coisas estavam começando a esquentar para mim… Eu não vou questionar o homem lá de cima… este é o teste final… obrigado a todos pelas orações”, escreveu na rede social.

Bryant assinou contrato de um ano com os Saints neste meio de semana e fez seu primeiro treino na última quinta.

O wideout de 30 anos de idade estava disponível no mercado desde que foi dispensado pelo Dallas Cowboys em abril, onde ele ia receber US$ 12,5 milhões na temporada 2018.

Antes da lesão, o técnico Sean Payton havia se recusado a falar se Bryant ia estrear já neste final de semana, em partida contra o Cincinnati Bengals. Contudo, segundo o jornalista Tom Pelissero, a expectativa era a de que ele não fosse jogar ainda para estrear na semana que vem contra o Philadelphia Eagles.

Questionado sobre como Bryant estava parecendo nos treinos, Payton disse: “bem. Quero dizer, ouçam, há muito que ele está aprendendo, muita coisa acontecendo. Apenas o colocando na velocidade o mais rapidamente possível”.

Sem Bryant, os Saints devem buscar o wide receiver Brandon Marshall, que também fez testa na organização da Louisiana nesta semana e impressionou o time.

O New Orleans Saints colocou o wide receiver Cameron Meredith na injured reserve nesta quinta, depois de também colocar Ted Ginn Jr. na IR no mês passado.

Devido aos desfalques no corpo de WRs, os Saints estão buscando opções para reforçar o grupo além de Michael Thomas, wide receiver número 1 do ataque comandado pelo quarterback Drew Brees.

A lesão grave é um golpe tremendo nas pretensões de Bryant de ressurgir na NFL. O wideout passou a maior parte do ano sem assinar com ninguém na expectativa de encontrar o lugar ideal.

Depois de visitar Baltimore Ravens e Cleveland Browns, saindo sem assinar contrato, Bryant viu nos Saints a oportunidade perfeita de tentar disputar um Super Bowl, fazendo parte de um ataque talentoso com Brees, Thomas, Alvin Kamara e Mark Ingram, entre outros grandes nomes.

“Por um lado, quem não gostaria de jogar com Drew Brees? Sem menosprezar ninguém, mas um cara como Drew Brees. Como eu disse, você tem um cara como Michael Thomas, (Benjamin) Watson, Alvin Kamara, Mark Ingram – você tem esses tipos de caras – pequenos GOATs (melhores de todos os tempos) por aqui”, declarou Bryant aos jornalistas, na última quinta.

Comments
To Top