NFL

Devin Smith, dos Jets, fratura costelas e fica fora por até seis semanas; veja manchetes deste final de semana

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– Devin Smith, wide receiver do New York Jets, sofre fratura nas costelas e ficará afastado por um período entre quatro e seis semanas: o novato sofreu a contusão na última sexta (31) e ficará afastado da maior parte do training camp da equipe; de acordo com Albert Breer, do NFL Media, o recebedor também sofreu uma perfuração no pulmão, mas a lesão é pequena. A condição do jogador para a abertura da temporada, no dia 13 de setembro, é “duvidosa”.

– Mike Maccagnan, general manager do New York Jets, declara apoio a Sheldon Richardson, depois da detenção e suspensão do defensive end, mas é evasivo em relação ao futuro do atleta na equipe: “neste momento, vamos ver como ele progride. Não se trata de palavras agora, tem a ver com ações e não ações no campo de futebol americano. É como ele lida consigo mesmo”, disse o dirigente.

– Sam Bradford treina na equipe titular do Philadelphia Eagles neste domingo (2): “não temos nenhuma restrição com ele”, disse o técnico Chip Kelly, frisando que o quarterback foi liberado pelo departamento médico e que deve estar preparado para iniciar o primeiro jogo de pré-temporada do time.

– Jimmy Haslam, proprietário do Cleveland Browns, afirma que a campanha do time em 2015 não vai determinar o futuro do técnico Mike Pettine e do general manager Ray Farmer na franquia: “não vamos detonar as coisas, ok? Acho que estamos no caminho certo, então não vamos explodir as coisas. Entendo por que as pessoas podem fazer perguntas depois de alguns solavancos na estrada nos primeiros anos, mas acho que estamos colocando em prática uma boa base”, disse o dono da franquia.

– Defensive end Michael Johnson, do Cincinnati Bengals, torce o ligamento colateral medial em treinamento, mas técnico Marvin Lewis expressa seu otimismo em relação ao jogador evitar uma lesão mais grave: segundo Josina Anderson, da ESPN norte-americana, uma fonte disse que “Mike estará bom em algumas poucas semanas”.

– Muhammad Wilkerson, defensive end do New York Jets, sofre lesão na perna e deixa treino da equipe neste domingo, mas técnico Todd Bowles não acha que a contusão é muito séria: Jets estão de folga nesta segunda-feira.

– Billy Winn,dos Brown, é diagnosticado com entorse no tornozelo: na manhã do último sábado (1), o defensive end descobriu a lesão na perna direita, que pode prejudicar bastante a defesa do Cleveland Browns em 2015.

– Houston Texans tem prazo para o retorno de Jadeveon Clowney: Bill O’Brien, técnico da franquia, revelou no domingo que a expectativa do time é que o linebacker retona suas atividades até o próximo dia 17 de agosto (ou seja, antes do início da temporada regular).

– Hall Of Fame da NFL anuncia entrevista de Sydney Seau: em comunicado liberado no último sábado, o evento anunciou que Sudney, a filha do finado jogador Junior Seau, irá dar entrevista após a revelação do busco em homenagem a seu pai.

– Redskins planeja retornar mais a bola em 2015: de acordo com Ian Rapoport, repórter na NFL Media, a escolha de Matt Jones no draft mostra eu, apesar de RGIII ainda ser o roso da franquia, o retorno da bola ainda será maior prioridade da franquia.

– LeGarrette Blount reotma treinos do New England Patiots: neste sábado, o running back dos Pats saiu da lista de lesionados do time e voltou a treinar com a franquia. Depois de falharnos testes de condicionamento físico, ele se mostrou pronto para voltar.

– Joseph Randle defende colega de equipe do Dallas Cowboys Steven Jackson: “ele está em casa assistindo. Nós apenas estamos tentando melhorar”, disse o running back neste sábado.

–  Richie Incognito será titular no ataque dos Bills em 2015: depois de sair queimado do Miami Dolphins com o escândalo de bullying, ele tem papel de destaque garantido pelo técnico Rex Ryan.

Comments
To Top