NFL

DeShone Kizer é mandado ao banco por Hue Jackson; Kevin Hogan entra

DeShone Kizer, quarterback do Cleveland Browns

(Crédito: Twitter/reprodução)

O Cleveland Browns mandou o quarterback calouro DeShone Kizer para o banco de reservas depois de uma primeira metade de jogo contra o New York Jets em que a franquia de Ohio não marcou um ponto sequer. O jogo terminou com vitória nova-iorquina por 17 a 14.

O time disse oficialmente que a decisão de tirar o signal caller de campo não teve a ver com lesão.

Com a saída de Kizer, Kevin Hogan assumiu o comando do ataque dos Browns e liderou o time à primeira liderança de placar nesta temporada. Após o time ir ao vestiário perdendo por 3 a 0, Hogan conectou passe de 21 jardas com o tight end calouro David Njoku e anotou o primeiro touchdowns dos Browns nos primeiros minutos do terceiro quarto, deixando o placar em 7 a 3.

A primeira vez em que os Browns ficaram à frente no placar nesta temporada se deu após 275 minutos e 37 segundos de tempo de jogo em 2017.

Hogan fechou a partida com 16 passes certos de 19 para 194 jardas, dois touchdowns e uma interceptação.

Na primeira metade de jogo contra os Jets, Kizer acertou oito passes de 17 para 87 jardas e uma interceptação, além de ter corrido seis vezes para 29 jardas. O jovem QB também esteve envolvido em dois turnovers na red zone.

Primeiramente, em uma situação de terceira para o goal na linha de três jardas, ele e o running back Isaiah Crowell não foram bem em um pitch em uma option play e o New York Jets recuperou o fumble. Posteriormente, o safety Marcus Maye, da franquia nova-iorquina, apareceu à frente do tight end Seth DeValve em um lançamento em terceira descida na linha de goal e fez a interceptação.

Esses turnovers foram o quarto e o quinto para os Browns na red zone nesta temporada, sendo essa a pior marca da NFL. Kizer também sofreu quatro interceptações na red zone em 2017, também a maior marca da liga.

O desempenho pífio do camisa 7 levou o técnico Hue Jackson a perder a paciência e tentar dar uma animada na equipe com a mudança.

Contudo, a decisão não deixa de ser surpreendente, depois que Jackson insistiu que ficaria com Kizer através de todos os altos e baixos quando o técnico nomeou o calouro como titular para a temporada 2017.

Na semana 2, durante a derrota por 24 a 10 para o Baltimore Ravens, Hogan entrou brevemente no lugar de Kizer depois que o calouro sofreu uma enxaqueca, e também substituiu Kizer no final da derrota para o Cincinnati Bengals, mas Jackson ressaltou após a partida que Kizer ainda era o quarterback titular do time.

Comments
To Top