NFL

DeSean Jackson passará por cirurgia em músculo abdominal; veja boletim de lesões

DeSean Jackson, wide receiver da Philadelphia Eagles

O wide receiver DeSean Jackson, do Philadelphia Eagles, fará um procedimento cirúrgico para reparar um músculo abdominal rompido. A operação será realizada nesta terça-feira (5).

O anúncio foi feito pela franquia da Pensilvânia nesta segunda.

A cirurgia será realizada pelo Dr. William Myers, como disse Bobby McCrae, representante do atleta, ao jornalista Tim McManus, da ‘ESPN’ norte-americana.

Jackson voltou a lesionar seu abdômen na vitória de domingo sobre o Chicago Bears. Querendo retornar o mais rápido possível, o recebedor inicialmente se recusou a passar por cirurgia depois de sofrer uma distensão abdominal de grau 2 na semana 2 da temporada 2019, em partida contra o Atlanta Falcons.

O camisa 10 retornou aos gramados neste domingo, após perder seis jogos, mas apenas conseguiu atuar por uma série ofensiva antes de voltar a lesionar o local.

E exames realizados nesta segunda revelaram que agora houve uma ruptura completa no músculo abdominal.

O tempo de recuperação deve ser de seis semanas, pelo menos, e isso coloca a continuidade da temporada 2019 de Jackson sob risco. Assim, há uma boa probabilidade de o wideout ir para a injured reserve, o que basicamente encerraria sua participação neste campeonato.

“Eu coloquei toda minha paixão nisso… Não me importo se alguém duvida disso”, escreveu Jackson, em uma postagem no Instagram, acrescentando que ele voltará “mais forte do que nunca”.

Duas vezes selecionado ao Pro Bowl, Jackson foi trazido de volta pelos Eagles em uma troca acertada na offseason com o Tampa Bay Buccaneers. Mas ele participou de apenas três jogos em 2019, totalizando nove recepções para 159 jardas e dois touchdowns.

Selecionado pelos Eagles na segunda rodada do draft de 2008, com a 49ª escolha geral, ele é um dos queridinhos da torcida do time da Filadélfia.

Confira mais notícias de lesões ao redor da NFL nesta segunda (4):

– No Indianapolis Colts, boas notícias. O quarterback titular Jacoby Brissett sofreu uma entorse no ligamento colateral medial durante a derrota por 26 a 24 para o Pittsburgh Steelers, neste domingo, como disse o técnico Frank Reich em uma teleconferência nesta segunda.

Os Colts estão “otimistas” de que Brissett poderá jogar no domingo contra o Miami Dolphins, em jogo válido pela semana 10.

“Eu fiquei um pouco encorajado, mas vamos ver como as coisas se desenrolam”, falou Reich, de acordo com Stephen Holder, do ‘The Athletic’.

O diagnóstico não chega a ser uma surpresa, já que a franquia de Indiana suspeitava depois do jogo que a contusão no joelho de Brissett era menos grave.

Brissett sofreu a lesão no segundo quarto, quando o guard Quenton Nelson foi empurrado para trás e atingiu o QB. O signal caller da franquia de Indiana permaneceu no chão por alguns minutos antes de sair trotando até a lateral mancando visivelmente.

Antes da lesão, Brissett acertou quatro passes de cinco para 59 jardas e passou muito tempo na tenda médica antes de recolocar seu capacete e permanecer assistindo ao jogo da lateral. Ainda que Brissett não tenha sido oficialmente descartado para o restante da partida, Reich frisou que seria necessário um “cenário raro” para o QB voltar. Mas isso não se concretizou.

O veterano Brian Hoyer, contratado pelos Colts após a aposentadoria de Andrew Luck, substituiu Brissett e fechou a partida com 17 passes certos de 26 para 168 jardas, três touchdowns e uma interceptação (retornada para TD pelos Steelers).

– No Miami Dolphins, o wide receiver Preston Williams sofreu uma lesão grave no joelho durante a vitória de domingo sobre o New York Jets e está fora do restante da temporada 2019. A informação foi confirmada pelo técnico Brian Flores.

Uma ressonância magnética nesta segunda confirmou uma ruptura no ligamento cruzado anterior, como disse uma fonte ao jornalista Cameron Wolfe, da ‘ESPN’. O recebedor perderá boa parte da offseason do ano que vem, enquanto passa pelo processo de reabilitação, mas o objetivo é que ele esteja pronto para a temporada 2020.

O recebedor, um calouro não draftado, estava tendo uma boa temporada 2019, liderando o time com 428 jardas recebidas em 32 recepções e três touchdowns. Williams está em quarto entre todos os calouros da liga em jardas recebidas, atrás apenas de D.K. Metcalf, Terry McLaurin e A.J. Brown.

– No Carolina Panthers, Cam Newton segue afastado e Kyle Allen continuará a ser titular nesta semana. Newton continua a se reabilitar de uma lesão no pé que tem o mantido afastado desde a semana 2.

“Eu não tenho nada a acrescentar. (…) Eu não sei quem está falando. Mas nós não estamos. Eu sei disso”, falou Rivera, lacônico.

O jornalista Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, noticiou mais cedo nesta segunda que ainda não há prazo para o retorno de Newton. É possível que o problema no pé o leve para a injured reserve, o que encerraria uma temporada perdida para o ex-MVP da NFL.

– No New York Jets, o técnico Adam Gase disse que o running back Le’Veon Bell passou por uma ressonância magnética no joelho e o time está aguardando os resultados. O RB teve 25 toques na bola neste domingo, durante a derrota para o Miami Dolphins, sendo esta a sua segunda maior marca nesta temporada 2019.

– No Seattle Seahawks, o técnico Pete Carroll confirmou que o wide receiver Josh Gordon (joelho) foi liberado para treinar e fará isso nesta semana. Carroll também disse que o time planeja esperar e ver como Gordon se encaixa antes de inseri-lo completamente no plano de jogo.

– O Los Angeles Rams anunciou que o wide receiver Brandin Cooks (concussão) teve seu status atualizado para ‘dia a dia’ e o linebacker Clay Matthews (fratura na mandíbula) deve retornar aos treinos nesta semana.

Cooks se lesionou no começo do jogo da semana 8 contra o Cincinnati Bengals e foi sua segunda concussão na temporada (a primeira foi na semana 5 contra o Seattle Seahawks). Já Matthews não joga desde que se lesionou na semana 5. Os Rams enfrentam o Pittsburgh Steelers na semana 10 depois de folgar nesta última semana.

– No Tennessee Titans, o técnico Mike Vrabel disse que é possível que o cornerback Malcolm Butler (punho) perca o restante da temporada 2019. O jornalista Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, apurou neste domingo que Butler fraturou o punho durante a derrota do time para o Carolina Panthers.

– No Tampa Bay Buccaneers, o técnico Bruce Arians disse que espera que o tight end O.J. Howard retorne nesta semana, depois de o atleta perder os últimos dois jogos com uma contusão no músculo posterior da coxa.

– No Minnesota Vikings, o técnico Mike Zimmer foi evasivo ao ser questionado quando o wide receiver Adam Thielen poderá retornar de sua lesão no músculo posterior da coxa. “Quando o médico disser que ele está pronto para jogar, ele estará pronto”, disse o head coach aos repórteres.

– No Oakland Raiders, o técnico Jon Gruden disse que o offensive tackle Trent Brown (joelho) e o cornerback Daryl Worley (tendão de Aquiles) iam passar por ressonância magnética nesta segunda, enquanto que o defensive end Arden Key parece ter sofrido uma fratura no pé.

– O Dallas Cowboys anunciou os seguintes inativos para o Monday Night Football contra o New York Giants: os wide receivers Cedrick Wilson e Devin Smith, o linebacker Leighton Vander Esch, o defensive end Joe Jackson, o offensive lineman Adam Redmond, o tackle Cameron Fleming e o defensive tackle Trysten Hill.

Durante a vitória sobre o MNF sobre o NY Giants, o safety Jeff Heath saiu do jogo com uma lesão na perna sofrida no terceiro quarto.

– O New York Giants anunciou os seguintes inativos para o Monday Night Football contra o Dallas Cowboys: o wide receiver Sterling Shepard (concussão), o quarterback Alex Tanney, o offensive tackle Eric Smith, o offensive lineman Chad Slade, o outside linebacker Chris Peace, o linebacker Devonte Downs e o defensive lineman R.J. McIntosh.

Comments
To Top