NFL

Descontente, Bruce Arians aguarda explicação da NFL sobre FG bloqueado

Bruce Arians, técnico do Arizona Cardinals

(Crédito: Twitter/reprodução)

O Sunday Night Football foi maluco. E, na prorrogação, os kickers Chandler Catanzaro e Steven Hauschka erraram field goals para seus times que acabaram selando o empate por 6 a 6 entre Arizona Cardinals e Seattle Seahawks, no University of Phoenix Stadium. Porém, antes disso, um lance que poderia ter desequilibrado o jogo ocorreu.

Com 13min25s restando no segundo quarto, o linebacker Bobby Wagner, dos Seahawks, pulou por cima do long-snapper Aaron Brewer, dos Cardinals, e bloqueou uma tentativa de field goal de 39 jardas de Hauschka, que poderia ter colocado os primeiros três pontos no placar naquele momento.

E Bruce Arians contesta o lance, afirmando que Wagner tocou em Brewer, o que teria violado a Regra 9, Artigo 3, Item 2 do livro de regras da NFL, que protege snappers de defensores que se alinham dentro da largura das ombreiras do snapper.

“Ele tocou nele. Vocês viram. Vocês viram? Ele tocou nele? Sim, claro. Pareceu isso para mim, mas não foi marcado dessa maneira, o mesmo com a última (tentativa de field goal na prorrogação). Ele, definitivamente, tocou nele. Eu tenho certeza que vou falar com a liga e vamos receber algum tipo de explicação que é uma completa m****, normal”, falou o técnico dos Cardinals, claramente inconformado.

Logo depois da jogada, Dean Blandino, vice-presidente de arbitragem da NFL, utilizou seu Twitter para afirmar que o lance foi legal.

“Em #SEAvsAZ você tem que cair em cima do jogador para ser falta. O bloqueio foi legal”, escreveu.

Inicialmente, Bruce Arians achou aos os árbitros marcaram que Wagner não tocou em Brewer, então ele lançou a bandeira vermelha de desafio dentro de campo. Porém, como o lance não era passível de revisão, o Arizona Cardinals foi punido com a perda de um pedido de tempo.

Após o jogo, Bobby Wagner disse que viu no vídeo que Brewer se abaixou muito para fazer o snap e alegou que não tocou no adversário.

“Eu não toquei nele. Então eu sei que foi bom. Eu não senti como se tivesse tocado nele. Eu sei que passei por ele, então eu peguei o chute”, afirmou.

Brewer, em contrapartida, falou que sentiu “algo” em suas costas durante a jogada e falou isso aos árbitros, que responderam que a penalidade para ‘alavancagem’ só poderia ser marcada se o defensor dos Seahawks tivesse pisado em alguém.

“Eu não sei se era ele ou algo, mas eu senti algo nas costas. Senti algo”, falou o long-snapper.

O field goal bloqueado de Catanzaro manteve o placar em 0 a 0, mas o kicker dos Cards fez um field goal de 46 jardas na reta final do segundo período que deixou o placar em 3 a 0. No final do tempo regulamentar, Hauschka acertou um de 40 jardas e empatou o jogo, forçando a prorrogação.

No tempo extra, cada kicker acertou um field goal, levando o placar para 6 a 6. Porém, quando cada time só precisava pontuar para vencer, cada kicker errou um chute decisivo, de forma impressionante, e o empate persistiu até o final.

Catanzaro errou o seu com 3min26s remanescentes no overtime, um de 24 jardas, mas ele quer deixar isso no passado.

“Eu sei que eu faço aquele chute 999.999 de cada um milhão de vezes. É complicado, mas não importa como, eu tenho que superar isso o mais rapidamente possível”, falou o camisa 7.

Bruce Arians foi duro em suas declarações.

“Ele é um profissional. Isso não é colegial. Você é pago para fazê-lo”, falou o head coach.

Após o erro de Catanzaro, com 11 segundos restantes na prorrogação, foi a vez de Hauschka perder uma chance incrível, a sua de 28 jardas, e completar o show de horrores em Phoenix.

“É decepcionante. Nós trabalhamos duro para acertar esses chutes durante toda a temporada. É decepcionante que aquele não foi bom. Eu sinto que deixei o time para baixo”, frisou o camisa 4. “É simplesmente uma jogada infeliz e me sinto mal com isso. Mas nós vamos crescer e nos fortalecer. Eu serei um kicker melhor depois disso”, completou.

O técnico Pete Carroll, do Seattle Seahawks, defendeu o seu atleta.

“Ele vem acertando chutes para nós durante anos. Eu o amo, e ele é nosso cara”, afirmou.

Comments
NFL, NBA e MLB. Notícias, relatos e colunas. E uma pitada de humor de tiozão. Contato: [email protected]
Copyright © 2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18


Jogue com responsabilidade


To Top