NFL

Derwin James sofre fratura no pé e está fora por tempo indeterminado; veja boletim

Derwin James, safety do Los Angeles Chargers

O safety Derwin James, do Los Angeles Chargers, sofreu uma lesão no pé na última quinta e ficará fora do time por tempo indeterminado, como anunciou a franquia californiana nesta sexta-feira (16).

James foi diagnosticado com uma fratura por estresse no quinto metatarso do pé direito, segundo a organização, e continuará a ser examinado. Os Chargers ainda não determinaram um curso de tratamento.

Segundo Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, o camisa 33 ficará afastado por um tempo significativo, ainda que não se saiba quanto ainda.

O técnico Anthony Lynn disse aos repórteres que não há prazo para James retornar e que espera que o safety jogue em 2019, ainda que o head coach não tenha dado nenhuma certeza. Lynn ainda não descartou uma cirurgia ou uma ida para a injured reserve para o defensor.

“Vamos sentir muita falta dele. Mas somos um time. Temos um bom time e temos caras que vão dar conta do recado, e ficaremos bem”, falou o treinador.

O defensive back foi visto com uma bota protetora em seu pé direito nesta sexta, durante a realização do segundo treinamento conjunto da equipe contra o New Orleans Saints. As duas equipes se enfrentam neste domingo, em jogo válido pela semana 2 da pré-temporada.

James não havia perdido um treino sequer no training camp até agora e atuou em 11 snaps defensivos durante o primeiro confronto de Los Angeles na pré-temporada, na semana passada, contra o Arizona Cardinals.

Um All-Pro originário da Universidade de Florida State (FSU), Derwin James atuou em todos os 16 jogos dos Chargers na temporada regular de 2018. Ele liderou o time em tackles, com 105, além de ter somado 3,5 sacks, três interceptações e 15 passes defendidos.

Selecionado na primeira rodada do draft do ano passado, com a 17ª escolha geral, ele foi selecionado tanto para o All-Pro quanto para o Pro Bowl em sua temporada de calouro.

Enquanto James está afastado, Adrian Phillips fez trabalhos com os titulares na função de strong safety.

Também nesta sexta, Lynn disse aos repórteres que o wide receiver Keenan Allen, que vem sofrendo com dores no joelho, também está lidando com uma contusão no tornozelo.

Confira mais notícias de lesões e outras movimentações ao redor da NFL nesta sexta (16):

– O linebacker titular Avery Williamson, do New York Jets, rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho direito durante o jogo da última quinta contra o Atlanta Falcons e está fora da temporada 2019. A informação foi confirmada por Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, e pela ‘ESPN’ norte-americana.

Williamson liderou o time com 120 tackles na temporada 2018 e atuou em 99,3% dos snaps defensivos dos Jets, quarta maior porcentagem por um linebacker em toda a NFL na temporada passada.

O camisa 54 foi titular em 59 jogos consecutivos, sequência que começou na semana 7 da temporada 2015, o que representa a terceira maior série entre linebackers em atividade e a maior para um inside linebacker.

Williamson ia ser titular ao lado de C.J. Mosley, maior contratação dos Jets na offseason. Agora, Neville Hewitt ou Anthony Wint vão assumir o posto de titular, ao menos por enquanto.

– No Dallas Cowboys, o wide receiver Amari Cooper não treinou devido a uma lesão muscular no calcanhar, como apurou o jornalista Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, na tarde desta sexta.

Trabalhando para voltar em breve, Cooper não foi descartado para a pré-temporada, como acrescenta Rapoport. Os Cowboys ainda têm mais três jogos remanescentes na preseason, a começar por este sábado contra o Los Angeles Rams, no Havaí. E o wide receiver viajou com seus companheiros.

– No Detroit Lions, o defensive end Ezekiel Ansah está lidando com uma nova lesão na virilha, como disse o técnico Pete Carroll à imprensa nesta sexta. O head coach caracterizou isso como um pequeno contratempo, mas o pass rusher sofreu uma contusão na virilha nos treinos há quatro dias. Mesmo que não seja algo grave, Ziggy precisará de um tempo para voltar.

Vale lembrar que Ziggy Ansah foi para a injured reserve em 2018, devido a uma contusão no ombro, e ele está trabalhando para voltar.

– No Arizona Cardinals, deve demorar um tempo para que o cornerback Robert Alford faça seu primeiro jogo de temporada regular com a camisa da franquia. Um dia depois de o técnico Kliff Kingsbury afirmar que o defensive back perderia um bom tempo de temporada regular, o jornalista Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, trouxe mais detalhes sobre a lesão.

Alford sofreu uma fratura na tíbia e irá para a injured reserve, podendo retornar apenas na segunda metade da temporada 2019. Rapoport ainda acrescentou que esse cronograma é para um cenário otimista.

Robert Alford atuou pelo Atlanta Falcons em suas primeiras seis temporadas e foi dispensado em fevereiro pelo time. Então, pouco depois, ele assinou um contrato de três anos, com valor de cerca de US$ 24 milhões, com a organização de Glendale.

– No Atlanta Falcons, o safety Damontae Kazee será avaliado dia a dia depois de sofrer uma lesão na costela, segundo Ian Rapoport, da ‘NFL Network’. Kazee não sofreu fratura.

– No Jacksonville Jaguars, o running back Alfred Blue sofreu uma entorse no tornozelo, de acordo com Ian Rapoport, da ‘NFL Network’.

– O Tennessee Titans anunciou a contratação do outside linebacker Josh Smith e a dispensa do outside linebacker James Folston.

– No Indianapolis Colts, o wide receiver Daurice Fountain recebeu alta do hospital nesta sexta, como disse o técnico Frank Reich, e ele vai passar por cirurgia depois de fraturar e deslocar seu tornozelo no treino da última quinta.

– O Baltimore Ravens anunciou que fechou com o linebacker Donald Payne. Ele vestiu a camisa do Jacksonville Jaguars nas duas últimas temporadas.

Brett Toth, ex-offensive tackle de Army, recebeu uma dispensa militar nesta sexta e, agora, vai assinar um contrato de três anos para jogar no Philadelphia Eagles. A informação foi confirmada pelo agente do atleta ao jornalista Adam Schefter, da ‘ESPN’.

– O San Francisco 49ers fechou com o cornerback Quinten Rollins, que assinou um contrato de um ano, como anunciou o time. Em uma decisão correspondente, a equipe dispensou o cornerback lesionado Greg Mabin.

– O Cincinnati Bengals colocou o guard Christian Westerman na lista de isentos/deixou o time. O offensive lineman de 26 anos de idade decidiu se aposentar. Ele foi selecionado na quinta rodada do draft de 2016 e foi titular em dois dos 16 jogos que disputou com a camisa da franquia de Ohio.

Comments
To Top