NFL

Derek Carr tem fratura no processo transverso e ficará fora por semanas

Derek Carr, quarterback do Oakland Raiders

(Crédito: Instagram/reprodução)

A temporada 2017 que já não começou muito boa para o Oakland Raiders deve ficar ainda pior. Isso porque o quarterback Derek Carr sofreu uma fratura no processo transverso, nas costas, e precisará ficar fora por alguns jogos.

O técnico Jack Del Rio disse que a contusão de Carr “pode ser tão curta quanto duas semanas, mas pode ser mais longa”. O head coach adicionou que o signal caller pode ficar fora até por seis semanas.

Carr se lesionou em um sack no final do terceiro quarto da derrota dos Raiders para o Denver Broncos por 16 a 10, no último domingo (1), e não retornou para o jogo.

Depois de ser derrubado de forma estranha pelo defensive end Adam Gotsis, dos Broncos, Carr levou as mãos para a região da lombar e ficou caído no chão. Após vários minutos, ele foi ajudado a se levantar e saiu caminhando lentamente do gramado.

Após ser examinado na tenda médica localizada na lateral do campo, ele foi levado ao vestiário da franquia californiana.

“Dor”, falou Carr no último domingo, descrevendo o que sentiu quando caiu. “Minhas costas não estavam muito boas”, completou.

Vale lembrar que essa lesão foi a mesma sofrida por Tony Romo, então quarterback do Dallas Cowboys, em 2014 e que complicou bastante a temporada do jogador.

Com Carr afastado, EJ Manuel será o quarterback titular de Oakland no jogo de domingo (8) contra o Baltimore Ravens.

EJ Manuel assumiu o posto de Carr no restante do duelo contra os Broncos e acertou 11 passes de 17 para 106 jardas e uma interceptação, esta sofrida na reta final do jogo quando os Raiders tinham a chance de buscar a vitória de virada em caso de touchdown.

Já Derek Carr, antes de sair contundido, acertou 10 passes de 18 para 143 jardas e um touchdown.

Comments
To Top