NFL

Derek Carr: pior parte da recuperação foi esperar para voltar a jogar

Derek Carr, quarterback do Oakland Raiders

(Crédito: Instagram/reprodução)

O quarterback Derek Carr fraturou a fíbula no ano passado e viu as chances do Oakland Raiders nos playoffs irem por água abaixo, contudo essa não foi a parte mais difícil da lesão para o jogador de 26 anos. Para o camisa 4, o mais difícil foi esperar para fazer o primeiro treino com bola.

“A parte mais difícil foi fazer a primeira repetição, porque a última que você se lembra foi tipo: ‘snap, eu quebrei e perna’”, comentou Carr depois do minicamp obrigatório. “Mas, assim que o snap foi feito, foi uma bênção. De qualquer forma, tudo foi embora”.

“Agora eu só estou jogando de novo, mas lidando com isso, acho que foi a pior parte. . . lidar com isso durante toda a recuperação. Era como ‘cara, quando eu vou poder ser capaz de fazer isso de novo?’ Parecia que nunca voltaria a acontecer”.

Em vez disso, o signal caller participou de todas as atividades de offseason dos Raiders, desde o programa de offseason, passando pelas OTAs e pelo minicamp.

Enquanto Derek Carr mostrou que voltar a jogar era sua maior preocupação por causa dos possíveis fantasmas do passado, os fãs certamente querem saber quando ele irá assinar um contrato de extensão monstruoso. Contudo o quarterback não falou sobre esse assunto e evitou perguntas sobre uma renovação contratual, com ohavia indicado anteriormente.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top