NFL

Denver Broncos acerta troca por Joe Flacco; negociação só será oficializada em março

Joe Flacco, quarterback do Baltimore Ravens

O Denver Broncos continua na sua luta para achar um quarterback pós-Peyton Manning. O nome que John Elway encontrou não deve empolgar muitos torcedores. A franquia do Colorado acertou com o Baltimore Ravens uma troca que levará Joe Flacco para Denver.

A informação é de Adam Schefter, da ‘ESPN’ americana. A troca não poderá ser oficializada antes do dia 13 de março, quando vira o calendário do ano da NFL.

Mesmo assim Schefter já apurou que a compensação será uma escolha no Draft nas rodadas intermediárias. Os Broncos têm duas escolhas de quarta rodada no próximo Draft: a própria e uma conquistada na negociação que levou Demaryius Thomas para o Houston Texans.

Curiosamente, essa escolha faz sentido por algumas razões. Gary Kubiak, executivo nos Broncos, foi o coordenador ofensivo dos Ravens por um ano (2014) e teve bons momentos com o camisa 5 como seu líder em campo. Vic Fangio, novo head coach da franquia, também trabalhou em Baltimore por um ano e com certeza aprovou o nome de Flacco.

E o quarterback estava disponível depois de ter perdido a posição para Lamar Jackson na metade final da temporada regular e playoffs. Entre os nomes que estarão no mercado – Nick Foles, Ryan Tannehill, Tyrod Taylor e Blake Bortles – dá para olhar para Foles e Flacco e esperar desempenho em momentos difíceis.

Além disso, Joe Flacco é o responsável por uma jogada inacreditável na casa dos Broncos. No Divisional Round dos playoffs de 2012, ele achou Jacoby Jones para um TD incrível de 70 jardas que mandou o jogo para a prorrogação contra Manning e companhia. A partida acabou com os Ravens triunfando em uma dupla-prorrogação. Ele ganharia o Super Bowl logo depois, tendo uma pós-temporada incrível.

Só falei bem até agora, não é? Agora vem a parte ruim.

Desde essa campanha que até agora é difícil de explicar, Flacco ganhou um contrato de US$ 124 milhões e não justificou nem metade disso, com anos seguidos de ataques completamente estagnados. Claro, não foi culpa só dele, mas seu jogo caiu a olhos vistos e os Ravens subiram de rendimento claramente com a titularidade de Jackson, mesmo com o QB calouro ainda sendo verde.

Se Case Keenum não foi resposta em 2018, em mais um ano decepcionante em Denver, dificilmente Flacco vai trazer a empolgação de volta.

 

Comments
To Top