NFL

Demaryius Thomas agradece a Barack Obama por ‘perdão’ a sua mãe

(Crédito: Denver Broncos/divulgação)

(Crédito: Denver Broncos/divulgação)

Todos os jogadores do Denver Broncos, de certa forma, sentiram-se agradecidos ao presidente Barack Obama por tê-los recebido na Casa Branca, na tradicional visita dos campeões do Super Bowl. Porém, o wide receiver teve ainda mais motivos para pedir obrigado ao chefe de Estado.

Isso porque Katina Smith, mãe de Demaryius, teve sua pena comutada em julho de 2015 por Obama, como uma condenada não-violenta por tráfico.

Smith recebeu uma pena de 20 anos em 2000, por fazer parte de uma operação de distribuição de cocaína, e serviu 15 anos na prisão até ter o restante de sua pena perdoada pelo presidente dos Estados Unidos.

“Eu conversei com ele por um segundo. Eu disse a ele: ‘obrigado por ajudar a minha família’. Nós falamos sobre minha mãe e também falamos sobre minha vó”, falou Demaryius.

Minnie Pearl Thomas, avó do wide receiver, que tinha duas condenações prévias relacionadas às drogas, está servindo duas penas de prisão perpétua por liderar a operação.

Demaryius Thomas também deu uma carta de agradecimento a Barack Obama, entregue ao presidente por um funcionário do Denver Broncos.

Em fevereiro, Katina Smith conseguiu compareceu ao Super Bowl 50 e viu seu filho ajudar o Denver Broncos a derrotar o Carolina Panthers por 24 a 10 e ficar com o título da temporada 2015 da National Football League.

A mãe de Demaryius Thomas só conseguiu ver seu filho jogando profissionalmente em janeiro deste ano, quando os Broncos enfrentaram os Steelers, em confronto da rodada de divisão da Conferência Americana (AFC), e o quarterback Peyton Manning, dos Broncos, até chegou a dar uma bola do jogo ao recebedor para ele dá-la de presente à mãe.

Em julho do ano passado, Barack Obama se pronunciou sobre penas muito pesadas para esses tipos de crime.

“Esses homens e mulheres não são criminosos perigosos, mas a esmagadora maioria foi condenada por, pelo menos, 20 anos; 14 deles foram condenados à prisão perpétua por crimes de drogas não-violentos, então as punições deles não se encaixam no crime. Eu acredito que, em seu coração, os Estados Unidos são uma nação de segundas chances e eu acredito que essas pessoas mereceu uma segunda chance”, falou o presidente na ocasião.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top