NFL

Delicia Cordon, ex-namorada de LeSean McCoy, afirma que continua lutando por justiça

LeSean McCoy, running back do Buffalo Bills

(Crédito: Twitter/reprodução)

Delicia Cordon, ex-namorada do running back LeSean McCoy, disse em comunicado divulgado no seu Instagram nesta sexta-feira que continua lutando pela “justiça a ser feita” um mês após uma invasão em 10 de julho em que foi espancada e teve suas joias roubadas.

Na declaração, que acredita-se ser o primeiro comentário público de Cordon desde o incidente, ela agradeceu aos que estavam “argumentando em (sua) defesa contra os indivíduos mais ignorantes de todos os tempos”.

O jogador do Buffalo Bills é o dono da casa suburbana de Atlanta, onde Cordon estava morando no momento do incidente. Ela disse ao 911 que acreditava que McCoy poderia ter armado o ataque porque ele tinha pedido para ela devolver as joias.

Tanya Mitchell Graham, advogada de Cordon, mais tarde esclareceu que Cordon suspeitava que o tailback desempenhou um papel na invasão domiciliar, mas não o acusou diretamente.

A polícia não nomeou nenhum suspeito no caso. Um porta-voz do gabinete do promotor distrital de condado de Fulton não respondeu a um pedido de comentário nesta sexta-feira.

A NFL declarou no mês passado que o assunto estava sob revisão, mas que o status de LeSean McCoy não havia mudado. Já Kim Peluga, proprietário do Buffalo Bills, se disse surpreso por não escutar nada sobre os investigadores do caso.

Comments
To Top