NFL

Dee Ford agradece Andy Reid por ajudá-lo a superar penalidade contra os Pats

Dee Ford, linebacker do Kansas City Chiefs

(Crédito: Twitter/reprodução)

Dee Ford, outside linebacker do Kansas City Chiefs, ainda está no processo de se recuperar da derrota por 37 a 31 par ao New England Patriots na final da AFC, principalmente por causa da penalidade de offiside que cometeu e anulou uma interceptação que mudaria o resultado do jogo. Ao seu lado, o head coach Andy Reid está lhe ajudando.

“Ele me disse: ‘não pensa sobre isso. Temos que seguir em frente. Todos nós poderíamos estar milímetros melhor, sabe?’ Isso foi grande. Essa foi uma grande declaração. ‘Todos nós poderíamos ter sido milímetros melhores’”, declarou o jogador de 27 anos que está prestes a ir para a free agency.

A penalidade ocorreu com 54 segundos no relógio e a equipe do Missouri vencendo por 28 a 24. Com a interceptação, os Chiefs provavelmente correriam com a bola até o fim da partida. No entanto, a falta permitiu Rex Burkhead anotar dois touchdown terrestres, incluindo o da vitória na prorrogação.

“No final do dia, aprecio (o que Reid fez) e isso servirá como motivação para mim, especialmente indo para a próxima temporada. É assim que eu lido com a situação: melhorar. Sabemos o gosto de chegar até aqui. Todos nós sabemos o que é preciso no próximo ano”, comentou Ford, que, de certa forma, minimizou o lance.

“Já passei por muitas coisas piores. Não estou tentando reduzir essa (penalidade), mas eu já passei por coisas piores. Isso partiu meu coração. Mas, para me preservar, você tem que aceitar, tirar do seu coração e seguir em frente”, completou.

Comments
To Top