NFL

De contrato novo, Jimmy Garoppolo diz: “queremos um desfile como Philly teve”

Jimmy Garoppolo, quarterback do San Francisco 49ers, em sua entrevista coletiva pós-novo contrato

(Crédito: Twitter/reprodução)

Um dia depois de assinar o atual maior contrato da história da National Football League em termos de faturamento anual, Jimmy Garoppolo concedeu uma entrevista coletiva ao lado do general manager John Lynch e do técnico principal Kyle Shanahan.

Juntos, os três fizeram questão de deixar absolutamente claro que a união será de longo prazo na franquia californiana.

“Estou realmente feliz com o jeito como funcionou e estou contente por estar aqui agora (…) Nós queremos um desfile como Philly (Philadelphia Eagles) teve um e esse é nosso objetivo aqui”, declarou o multimilionário quarterback de 26 anos de idade.

Responsável por liderar as negociações do contrato de cinco anos, com valor total de US$ 137,5 milhões, Lynch observou que não tinha razão para enrolar demais para finalizar o acerto.

“O que eu tentei fazer foi continuar a pressionar o botão. Ei, ele quer estar aqui e nós o queremos aqui, vamos fazer isso. Por que esperar?”, pontuou o GM.

O San Francisco 49ers adquiriu Garoppolo em troca com o New England Patriots no ano passado. Com isso, os Niners receberam o QB sob o último ano de seu contrato de calouro, mas a organização tinha a opção de aplicar a franchise tag nesta offseason antes de selar um contrato de longa duração.

Porém, apesar da opção, Lynch e Shanahan frisaram que esse não era o plano, sobretudo depois que o camisa 10 mudou o ataque da franquia da água para o vinho na reta final da temporada 2017, vencendo todos os cinco jogos que fez como titular.

“Nós ficamos convencidos de que tínhamos isso como uma opção, mas não queríamos usar isso”, falou Lynch sobre a franchise tag. “Nós queríamos fazer Jimmy ser um 49er por um bom, bom tempo. Você tem que ter alguma fé para isso? Com certeza, mas ele conquistou essa fé que temos nele”, ressaltou o executivo.

E se os Niners estavam sedentos para assegurar o promissor signal caller por um grande período de tempo, Jimmy G também não queria vestir outra camisa a partir de 2018.

“Eu sabia que queria estar aqui, era apenas uma questão de resolver tudo e acho que fizemos isso de maneira bastante rápida nesta offseason. Estou entusiasmado que isso foi feito tão rapidamente e, agora, é um momento animador”, frisou o QB.

Ainda que o contrato de Garoppolo assuste pela grande quantia total para um acordo de um quarterback que só tem sete jogos como titular em sua carreira na NFL até agora, a estrutura do acordo é bem interessante para os dois lados.

Garoppolo vai faturar US$ 48,7 milhões logo na assinatura e o impacto no teto salarial cai de US$ 37 milhões em 2018 para apenas US$ 19,9 milhões no segundo ano. A queda de impacto no salary cap, além de apenas US$ 7,5 milhões garantidos no segundo ano, sendo esse o restante do dinheiro garantido no acordo, também dá aos Niners a chance de rescindir o contrato antes do terceiro ano caso o casamento não seja o esperado.

Mas, realmente, não é isto o que está parecendo. Porém, como as coisas são muito voláteis na NFL, é normal que San Francisco tome certa precaução.

Agora, contudo, é hora apenas de pensar em todo o otimismo e alegria pós-contrato. E Garoppolo fez questão de enfatizar diversas vezes durante a coletiva que deseja permanecer nos Niners.

“Eu acho que, como eu disse, desde o primeiro dia que eu cheguei aqui, meus companheiros de equipe, a comissão técnica, me receberam muito bem. É um pouco raro em um vestiário da NFL. Há muitos tipos diferentes de personalidades. Eles terem me aceitado tão rápido facilitou minha vida”, falou. “Então, conforme a temporada se desenrolou, foi uma decisão fácil”, prosseguiu.

E a meta agora como o quarterback do presente e futuro dos 49ers é única.

“Nós temos um objetivo em mente – que é ir ao Super Bowl e vencê-lo”, assegurou Garoppolo.

Agora, Lynch terá a missão de trazer peças para formar um bom elenco ao redor de Garoppolo, enquanto San Francisco continua sua reconstrução.

– Kyle Shanahan sobre Jimmy Garoppolo

Assim como Lynch e o próprio quarterback, o head coach Kyle Shanahan deixou claro sua visão de que pretende que Garoppolo seja o QB dos Niners por muito tempo. E o técnico foi questionado sobre quando ele identificou que Jimmy G era o franchise quarterback que a equipe californiana estava procurando.

“Alguns jogos dentro do planejamento, quando conseguimos Jimmy, nós sabíamos exatamente como nos sentimos em relação a isso. Mas como estávamos como time naquele momento e Jimmy naquela situação, eu achei que seria difícil para ele entrar lá e realmente ter tempo suficiente para mostrar a nós e ele mesmo um acordo com o qual ele ficaria confortável”, afirmou o head coach. “Nós não pensamos muito nisso, porque sempre tivemos (a opção da) franchise tag e nós sabíamos que Jimmy era um cara que queríamos muito aqui. Quando ele teve a oportunidade e como ele foi titular contra Chicago, Houston, Tennessee, Jacksonville, Rams, cada semana ele ficou melhor. Quanto mais Jimmy esteve aqui, mais confortável ele estava, melhor ele jogou, os caras que estavam ao redor jogaram melhor. Acho que nosso time ficou mais ajustado”, prosseguiu.

“Quando você consegue estar com o cara por tanto tempo e tem aquele sucesso, o cara é o mesmo a cada dia, você tem uma melhor ideia de como ele seria no longo prazo, como ele seria com um monte de dinheiro e coisas assim. Acho que John (Lynch) meio que falou sobre isso. Tudo começa com talento, mas quando se trata disso, o caráter e quem ele é como homem, é tudo. Vocês falam sobre o que faz times vencerem, o equilíbrio na NFL, e há alguns times que são mais talentosos do que outros, mas não há uma grande diferente entre o número 1 e o número 32. É mais sobre como você responde às lesões, quão ajustado seu time se torna, o que os caras passam pelo ano. Nós fomos um time mais ajustado no final do ano do que no começo do ano. Nós estávamos mais saudáveis no final do ano do que no começo. Jimmy jogou em um nível muito alto e acho que tudo isso pesou para nosso time vencer”, finalizou Shanahan.

Comments
To Top