NFL

David Andrews é hospitalizado com coágulos nos pulmões; veja mais movimentações na NFL

David Andrews, center do New England Patriots

O center David Andrews, do New England Patriots, foi hospitalizado com coágulos de sangue nos pulmões e sua temporada 2019 está sob risco. A informação foi dada em primeira mão pelo site ‘The Athletic’, e foi confirmada por Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, e Mike Reiss, da ‘ESPN’ norte-americana.

Um dos capitães do time entrando em sua quinta temporada na National Football League, Andrews atuou em 28 snaps ofensivos na vitória sobre o Carolina Panthers, em jogo válido pela semana 3 da pré-temporada, na última quinta. Apesar disso, ele não esteve presente nos treinos nos últimos dois dias.

Andrews se tornou titular em tempo integram em 2016 e desenvolveu um grande entrosamento com o quarterback Tom Brady, sendo também um grande líder.

Ao lado dos guards titulares Joe Thuney e Shaq Mason, Andrews fez com que o interior da linha ofensiva dos Pats fosse um dos grandes pontos fortes da franquia de Foxborough.

Atualmente com 27 anos de idade, Andrews já atuou em 60 jogos de temporada regular na liga, sendo 57 como titular, além de nove jogos de playoffs como titular.

Originário da Universidade da Geórgia, ele chegou ao time como free agent não draftado em 2015 e foi titular em cada um dos últimos três Super Bowls disputados por New England.

Os principais reservas dos Pats para a posição são Ted Karras (45 jogos na carreira, cinco como titular) e James Ferentz (23 jogos, nenhum como titular), ambos em seu quarto ano na NFL.

Confira mais novidades ao redor da NFL nesta segunda (26):

– Após a surpreendente aposentadoria de Andrew Luck, o técnico Frank Reich, do Indianapolis Colts, falou sobre a perda de seu quarterback titular e declarou que sua equipe está pronta para superar essa perda enorme.

Reich conversou com seu time nesta segunda sobre a aposentadoria de Luck e fez questão de ressaltar que sua equipe não está perdida sem o capitão da franquia.

“Nesta manhã, conversamos sobre o paradoxo da palavra. Por exemplo, todos fazem uma contribuição única a essa equipe, ainda que todos sejam substituíveis. Podemos amar profundamente, respeitar e cuidar de cada indivíduo, mas a equipe deve vir em primeiro lugar; portanto, quando se tratou da aposentadoria de Luck, esse paradoxo da palavra me ajuda, pode nos ajudar a entender o que está acontecendo”, disse um calmo e confiante head coach. “Por um lado, podemos respeitar e honrar o jogador e companheiro de equipe que Andrew é e foi. Mas, ao mesmo tempo, podemos compartilhar uma empolgação e entusiasmo pela equipe que temos seguindo em frente e pela jornada que temos. Por fim, não se trata de quão bom é um jogador. Não. Trata-se de como somos bons, como time”, frisou.

Em outras notícias dos Colts, o cornerback Kenny Moore está com uma fratura no polegar, mas deve estar de volta para a semana 1, de acordo com Tom Pelissero, da ‘NFL Network’. A franquia de Indiana dispensou o safety Matthias Farley, que passou três temporadas no time e foi titular em 2017.

– O Kansas City Chiefs chegou a um acordo de contrato com o quarterback veterano Matt Moore, segundo uma fonte confirmou ao jornalista Adam Teicher, da ‘ESPN’. A chegada do signal caller se dá depois que a franquia descobriu que Chad Henne precisará passar por cirurgia em seu tornozelo direito fraturado.

Moore, que não disputa um jogo na NFL desde 2017, quando estava no Miami Dolphins, será o principal reserva de Patrick Mahomes.

Atualmente com 35 anos de idade, Moore atuou dez temporadas pelos Dolphins e pelo Carolina Panthers, sendo titular em 30 jogos e lançando para 45 touchdowns e 36 interceptações. Ele não disputou a temporada 2018 da NFL.

Os Chiefs possuem dois QBs em desenvolvimento no elenco, Chase Litton e Kyle Shurmur, mas a equipe não sente que algum deles já está pronto para ser titular na NFL.

Em outra notícia dos Chiefs, a equipe do Missouri perdeu o defensive end reserva Breeland Speaks por um período extenso, já que ele passará por cirurgia para resolver uma entorse no ligamento colateral medial e um dano no menisco do joelho direito. Já o wide receiver Marcus Kemp rompeu o ligamento cruzado anterior e o ligamento colateral medial do joelho.

– No Tennessee Titans, o running back Dion Lewis foi multado em pouco mais de US$ 28 mil por uma pancada desnecessária dada no dia 17 de agosto, em jogo de pré-temporada. No incidente, Lewis abaixou o capacete.

– O Arizona Cardinals anunciou a contratação do defensive tackle veterano Clinton McDonald. Esta será a 10ª temporada de McDonald, sendo que ele atuou em 2018 com a camisa do Oakland Raiders, somando 31 tackles totais, dois sacks e quatro tackles para perda de jardas em 15 jogos.

– O Detroit Lions planeja fechar com o running back Justin Stockton, que passou parte da pré-temporada no time. Em decisão correspondente, o wide receiver Deontez Alexander está sendo dispensado.

Os Lions também anunciaram que o linebacker Steve Longa foi ativado na lista de jogadores sem condições físicas de desempenhar (PUP list).

– O Miami Dolphins está dispensando o offensive lineman Will Holden, selecionado na quinta rodada do draft de 2017 pelo Arizona Cardinals.

– O Denver Broncos anunciou que dispensou o defensive lineman Zach Kerr, o linebacker veterano Dekoda Watson e o wide receiver Nick Williams.

– No Carolina Panthers, o quarterback Cam Newton (entorse no pé) trabalho separadamente com os preparadores durante o treino desta segunda. Ele seguiu sem uma bota protetora, mas não se vestiu para participação regular nas atividades.

– No Minnesota Vikings, o cornerback Holton Hill foi multado em pouco mais de US$ 10 mil por uma pancada capacete contra capacete dada no quarterback Paxton Lynch, do Seattle Seahawks, durante a semana 2 da pré-temporada. A informação é de Tom Pelissero, da ‘NFL Network’.

– No Tampa Bay Buccaneers, o wide receiver Mike Evans (perna) retornou aos treinos nesta segunda, de acordo com informações do jornal ‘Tampa Bay Times’.

– No Atlanta Falcons, o técnico Dan Quinn disse que o offensive tackle Kaleb McGary (coração) pareceu bem em seu retorno aos treinos. Ainda não se sabe se ele vai atuar contra o Jacksonville Jaguars, no último compromisso do time na pré-temporada.

– No Los Angeles Rams, o linebacker Troy Reeder foi multado em pouco mais de US$ 10 mil por uma pancada desnecessária dada em jogo contra o Dallas Cowboys, no dia 17 de agosto.

– No Cleveland Browns, o wide receiver Odell Beckham, que tem sido limitado devido a uma lesão no quadril, participou de atividades coletivas pela primeira vez desde 6 de agosto.

– No Washington Redskins, o técnico Jay Gruden disse que o running back Bryce Love vai abrir a temporada na lista de jogadores sem condições físicas de desempenhar (PUP list).

– No Buffalo Bills, os offensive linemen Mitch Morse e Conor McDermott, e o cornerback Cam Lewis seguem no protocolo de concussão.

– No Seattle Seahawks, houve boas notícias sobre a condição do wide receiver David Moore (úmero), segundo Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, que deu uma atualização importante. O técnico Pete Carroll confirmou no início do dia que Moore se machucou durante o treino de domingo.

“O promissor WR David Moore, dos Seahawks, que tem uma fratura pequena no seu úmero, recebeu sua segunda opinião e não deve ser colocado na Injured Reserve, segundo fontes. Notícia surpreendentemente positiva. Ele vai perder o começo da temporada, mas deve voltar mais cedo ou mais tarde”, escreveu Rapoport no Twitter.

– No New Orleans Saints, o defensive lineman Sheldon Rankins (ruptura no tendão de Aquiles) foi ativado da lista de jogadores sem condições físicas de desempenhar (PUP list) nesta segunda, como disse o técnico Sean Payton aos repórteres. Não há prazo para seu retorno aos jogos.

– O New York Jets anunciou duas movimentações: o safety Santos Ramirez está chegando ao time e, em uma decisão correspondente, a equipe está dispensando o cornerback Dee Delaney.

– No Green Bay Packers, o linebacker Oren Burks não vai precisar de cirurgia em sua lesão no músculo peitoral e deve voltar ainda nesta temporada, segundo Ian Rapoport, da ‘NFL Network’. A ausência de Burks deve ser no curto prazo e ele pode não precisar ir para a injured reserve.

Também na franquia de Wisconsin, o também linebacker Rashan Gary retornou aos treinos nesta segunda depois de ser levado ao vestiário com uma aparente lesão durante o jogo de pré-temporada da última quinta.

– No San Francisco 49ers, o tight end George Kittle retornou aos treinos nesta segunda depois de perder os últimos dois compromissos de pré-temporada com uma lesão na panturrilha. O center Weston Richburg está fora da lista de jogadores sem condições físicas de desempenhar (PUP list) e retornou às atividades.

– No Dallas Cowboys, o cornerback Byron Jones foi retirado da lista de jogadores sem condições físicas de desempenhar (PUP list) nesta segunda e voltou aos treinos. Jones perdeu todo o training camp até agora enquanto se recupera de uma cirurgia no quadril realizada nesta offseason.

Também nos Cowboys, o defensive end Taco Charlton está lidando com uma lesão no tornozelo e não treinou. O tackle titular Tyron Smith e o right guard Zack Martin estão lidando com lesões nas costas.

– O Houston Texans colocou o running back Lamar Miller na injured reserve depois de ele sofrer uma ruptura no ligamento cruzado anterior do joelho.

O técnico Bill O’Brien disse que, embora qualquer adição ao elenco seja possível, ele atualmente gosta de seu backfield ofensivo, com Duke Johnson como provável titular.

“Eu acho que, se você olhar para nossa situação de running backs agora, temos uma boa situação. Eu acho que adicionar Duke Johnson foi uma boa decisão. Ele tem sido bom na sala de reuniões, no treino, atitude muito profissional. Vamos ver o que acontece. Tudo pode acontecer”, ressaltou o head coach.

Comments
To Top