NFL

Dante Fowler promete não se meter mais em problemas extracampo

(Crédito: Instagram/reprodução)

Dante Fowler, defensive end do Jacksonville Jaguers, afirmou que a sua recente prisão pela acusação de agressão não é uma indicação de um problema de falta de maturidade e ele prometeu se manter longe de problemas adicionais.

Na primeira vez em que falou em público desde que foi detido em 18 de julho, em St. Petersburg, Flórida, o jogador de 22 anos se desculpou com a organização e afirmou que para vice-presidente de operações de futebol Tom Coughlin que ele quer ser um exemplo.

“Eu só quero deixar as pessoas saberem que eu não sou assim como pessoa. Eu sou uma pessoa melhor do que isso e isso não vai acontecer novamente”, afirmou Fowler. “Eu me desculpei com Tom e com a organização. Não posso fazer que a organização tenha essa imagem e nos colocar em situações como essa. Não somos assim. Não é assim que somos como equipe. Tivemos uma boa conversa e eu disse a eles que nada mais vai acontecer”.

O treinador Doug Marrone, que se encontrou com o jogador de linha defensiva, não revelou o que conversou com Fowler e declarou que a punição que irá ser aplicada será tratada internamente.

“Sempre que algo assim acontece, não importa quem seja, você fica desapontado”, disse o head coach. “Para mim, é um pouco maior do que isso. Eu acredito que representamos algo a mais do que a organização. Nós representamos um esporte, a liga, então acho preocupante quando essas cosias acontecem independentemente de quem for”.

Segundo declaração do Departamento de Polícia de St. Petersburg, Fowler foi preso no dia 18 de julho após bater em um homem, tirar seus óculos e pisar neles, e jogar sua sacola de comprar no lago. O comunicado afirma que o incidente aconteceu após a vítima ter feito um comentário sobre a condução do defensive end no estacionamento de um complexo de apartamentos.

“No final do dia, tudo poderia ter sido diferente. Eu poderia ter (adotado) a abordagem correta. Eu tomei uma abordagem errada e eu percebi que estou errado por isso. Como eu disse, isso não vai acontecer novamente”.

Este foi o terceiro incidente extracampo de Fowler em 17 meses. Ele também foi preso em Miami Beach em março de 2016 e acusado de agressão contra um policial e resistir à prisão sem violência. As acusações foram retiradas em dezembro do ano passado depois dele completar o programa de intervenção pré-julgamento.

Um mês antes disso, um vídeo da ‘TMZ’ aparentemente mostra Fowler arbitrando uma briga entre sua namorada e a mãe de seu filho. NFL investigou o assunto, mas o jogador não foi disciplinado. Ele publicou uma declaração se desculpando por suas ações. Além disso, o atleta de 22 anos foi citado por dez violações em andamento em quatro municípios da Flórida.

Apesar disso, a terceira escolha geral do draft de 2015 afirma que ele não tem problema de maturidade. “É apenas uma coisa que se aprende e cresce. Eu sou um profissional. Eu apenas tenho que ser uma pessoa melhor e perceber quem eu sou e fazer isso. Maturidade não é um problema. Eu realmente estou crescendo muito, especialmente com a nova estrutura (de comanda dos Jaguars). Estou começando a me esculpir como pessoa que eu quero ser, o profissional que eu quero ser”.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top