NFL

Danny Amendola: Adam Gase é “um dos caras” e Bill Belichick é como um “diretor”

Danny Amendola, wide receiver do Miami Dolphins

(Crédito: Instagram/reprodução)

Danny Amendola já passou toda a offseason se aclimatando no Miami Dolphins, seu novo time, e parece que ele já tem um bom conhecimento do ambiente. Inclusive do técnico Adam Gase.

E o wide receiver foi só elogios ao seu novo comandante, aproveitando também para dar uma cutucada em Bill Belichick, head coach do New England Patriots, onde Amendola jogou de 2013 a 2017.

“O Coach Gase é um dos caras. Ele é nosso líder, ele é nosso head coach, mas ele também é nosso garoto. É legal, é revigorante ter esse tipo de relacionamento com um técnico, algo que eu não tinha há muito tempo. (…) De volta a New England, é quase como se você tivesse um diretor e uma sala de diretoria e mer*** assim; de um jeito bom e ruim também”, falou Amendola no podcast Comeback SZN, apresentado pelo ‘Barstool Sports’.

Ao fazer a comparação entre Gase e Belichick, Amendola assegurou que tem respeito por todos os seus ex-treinadores – chamando Belichick de um dos melhores de todos os tempos.

Entretanto, o wideout não escondeu a empolgação com sua situação atual. Amendola assinou um contrato de US$ 12 milhões com os Dolphins em março, na primeira semana da free agency.

Na entrevista, com Kayce Smith e também com participação de Erik Burkhardt, agente de Amendola, foram tratados assuntos como o rápido relacionamento que Amendola desenvolveu com Gase, suas principais memórias no New England Patriots, o clima interno na franquia de Foxborough e a ida de Malcolm Butler para o banco de reservas no Super Bowl LII, entre outros tópicos.

Em abril, Danny Amendola não mediu palavras ao falar sobre o fato de Butler ter ficado de fora da última decisão da NFL. E ele reiterou esses sentimentos no podcast, dizendo que “é algo que provavelmente eu nunca vou entender”.

Comments
To Top